Início » Celular » Xiaomi prepara RAM virtual na MIUI para expandir memória do celular

Xiaomi prepara RAM virtual na MIUI para expandir memória do celular

MIUI, da Xiaomi, deve trazer ferramenta capaz de alocar parte do armazenamento do celular para dar um reforço na memória RAM

Bruno Gall De BlasiPor

A Xiaomi está trabalhando em um recurso para melhorar o desempenho de seus celulares. Segundo Kacper Skrzypek, também conhecido como kacskrz, nesta quarta-feira (28), a MIUI deve trazer uma função de RAM virtual, que aloca parte do armazenamento para expandir a memória. A função não está disponível aos usuários.

Xiaomi Poco X3 (imagem: Tecnoblog/Emerson Alecrim)

Xiaomi Poco X3 (imagem: Tecnoblog/Emerson Alecrim)

Xiaomi trabalha em recurso de RAM virtual para MIUI

Os detalhes da ferramenta foram encontrados nos arquivos internos do sistema. Conforme relatou Skrzypek em seu Twitter, o código da MIUI menciona uma função chamada “Extensão de memória” (em tradução livre). Ele também conseguiu habilitar o menu para controlar o recurso, que ainda não está funcionando no momento.

“Adicione 1 GB de RAM ocupando o armazenamento”, diz a descrição da função (a quantidade de RAM foi escolhida por Skrzypek para demonstrar em seus testes). “Use este recurso apenas quando houver espaço de armazenamento suficiente disponível em seu dispositivo”.

Xiaomi trabalha em recurso de RAM virtual para a MIUI (Imagem: Reprodução/Kacper Skrzypek/Twitter)

Xiaomi trabalha em recurso de RAM virtual para a MIUI (Imagem: Reprodução/Kacper Skrzypek/Twitter)

Ao que tudo indica, após ativar a extensão de memória, o sistema destina uma certa quantidade do armazenamento para a RAM. Isto pode beneficiar, por exemplo, o desempenho do celular, especialmente na multitarefa. Mas ainda não está claro quais são as implicações do recurso e quais celulares com a MIUI podem receber a novidade.

Outro mistério fica pelo lançamento da função ainda em desenvolvimento. Não se sabe quando e se a ferramenta, que já está disponível em smartphones da Oppo e Vivo, chegará aos celulares Xiaomi, Redmi e Poco com MIUI.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que Kacper Skrzypek antecipa detalhes sobre algum recurso ou lançamento da Xiaomi. No ano passado, ele falou sobre o gestos com toque na traseira de telefones da marca, como no iPhone. Skrzypek também revelou alguns detalhes sobre o Xiaomi Mi 11 Ultra antes do anúncio oficial.

Com informações: 91Mobiles e Kacper Skrzypek (Twitter)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Henrique Galli dos Santos (@chgsantos)

É impressão minha ou isso é a boa e velha memória swap?

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

O que acontece hoje é que a memória RAM e a ROM são empacotadas no mesmo pacote, mas são tratados isoladamente, não como uma memória unificada do sistema

O M1 tem tudo no mesmo SoC. Eles não estão dentro, mas ligados por “uma ponte”.