Início » Aplicativos e Software » Windows 10X, rival do Chrome OS, já teria sido cancelado pela Microsoft

Windows 10X, rival do Chrome OS, já teria sido cancelado pela Microsoft

Aparentemente, a Microsoft está voltando todos os seus esforços para o rejuvenescimento da versão completa do Windows 10

Ana Marques Por

O Windows 10X, alternativa da Microsoft ao Chrome OS, pode ter sido cancelado, segundo um relatório do site Petri publicado nesta sexta-feira (07). De acordo com o veículo, a empresa estaria focando os seus esforços no rejuvenescimento do Windows 10 e portanto, teria descartado o projeto, que já havia sido adiado algumas vezes.

Windows 10X (Imagem: divulgação/Microsoft)

Windows 10X (Imagem: divulgação/Microsoft)

Anunciado com o Surface Neo, o Windows 10X enfrentou uma estrada conturbada, e ganhou os holofotes mesmo sem ser lançado, já que muitos esperavam ansiosos por uma modernização do sistema. E também, é claro, houve vazamentos revelando os caminhos que a Microsoft estava trilhando em sua construção: documentos internos mostraram um novo menu Iniciar e mudanças no explorador de arquivos, aumentando as expectativas.

No início deste ano, até mesmo a interface semelhante à do Chrome OS apareceu na web, dando mais esperanças aos que acreditavam em um lançamento do sistema. Mas a verdade é que a tal renovação do Windows está prevista agora para acontecer com o Sun Valley, na versão completa.

Windows 10 pode incorporar tecnologias criadas para o 10X

O suposto cancelamento do Windows 10X nos tira algumas vantagens, como os requisitos de especificações mais baixos e atualizações mais rápidas. Mas há diversas outras coisas sendo adicionadas ao Windows 10, especialmente considerando a experiência do usuário.

O Sun Valley trará novos ícones, sons, fontes e diversas outras mudanças significativas, o que, em parte, explica por que a Microsoft não pode focar em outra versão do Windows agora.

Além disso, falamos de um mercado resistente que, no geral, não parece disposto a abrir mão do Windows 10 tradicional, que tem mais de 1,3 bilhão de usuários. Ainda há rumores sobre uma insatisfação do sistema, com feedbacks de clientes pouco alinhados ao produto. Tudo isso somado ao fato de que o Windows 10X estaria atrelado à compra de um novo computador pode torná-lo menos relevante frente às mudanças propostas pela empresa.

De todo modo, o cancelamento não é oficial até o momento. Resta esperar até que a Microsoft dê mais informações sobre o assunto, o que deve acontecer no próximo mês.

Com informações: Petri e Windows Central

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
17 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

E morreu!
Antes de nascer!

Brad da Silva (@Brad_da_Silva)

rs.
O que dizer dessa empresa?

Anderson Antonio Santos Costa (@Anderson_Antonio_San)

Vários fatores levaram ao cancelamento do Windows 10X, dentre eles a pandemia, o fracasso do Surface Duo, e a preferência dos consumidores pelo Windows 10 padrão. No hardware de chromebooks, o Windows 10 completo já roda tranquilo, apesar da memória interna baixa nos SSD.
O que a Microsoft deveria fazer com o Windows no futuro será dar um suporte à arquitetura ARM de modo mais sério. Acho que a médio e longo prazo processadores com está arquitetura serão mais comuns em notebooks e até mesmo em desktops, dado o sucesso do Apple M1.

João M. (@RonDamon)

MS é bem ruim msm, só vale 300 bilhões a mais que o Google e ambas valem mais de 1 tri heuhehuehu.

Jorge Luiz Machado (@Jorge_Luiz_Machado)

Roda bem mal né? Porque um windows com Celeron uma aba e um app aberto já trava o sistema todo, enquanto no ChromeOS o mesmo hadware tu abre diversos apps e umas dez abas e roda liso sem engasgo. A verdade é que a Microsoft tá desesperada para abocanhar os estudantes e usuários que estão migrando para o ChromeOS, mas sem os apps Android é difícil concorrer. Verdade seja dita, o W10 X nasceu morto já. Assim como o sistema cheio de bugs a cada atualização que é o W10 normal. Deixa só o ChromeOS rodar nativamente programas windows e tu vai ver qual sistema operacional será o predileto…

Hélio Márcio Filho (@heliommsfilho)

Qualquer tentativa de se criar um Windows mais moderno e enxuto que não rode os programas legados em Win32 não vai pra frente. Ou a Microsoft mantem uma camada de compatibilidade ou nada feito. Se realmente quiserem fazer algo que não rode programas Win32 é melhor chamar de outra coisa e não de Windows. Se chamando “Windows” sempre vai exister a expectativa de que tudo funcione.

André Noia (@Andre_Noia)

Rapaz, eu não vejo a médio prazo esse chute no balde do Windows por conta da mudança de arquitetura dos processadores como foi com a Apple no M1, mesmo porque o Windows é essencialmente corporativo.
Sou leigo no assunto, mas essa mudança não implica adaptar ou reescrever todos esses programas da época do Sarney que hoje as empresas rodam em seus parques? Para a Apple faz sentido essa revolução porque o público dela não é exatamente o corporativo raiz.
Eu trabalho em um tribunal e a nossa revolução foi a migração tardia do nosso maior fluxo de trabalho para uma interface web, o PJE. Mas, ainda há inúmeros sistemas auxiliares a essa tarefa principal (que não são do tribunal, mas de outra esfera de governo) que rodam em interfaces no esquema terminal de comando, sem qualquer previsão de mudança.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

Spoiler: todas fazem cancelamentos de produtos

Eu (@Keaton)

Lembro que a Microsoft tinha dito que o Windows 10 seria a versão definitiva do Windows. Então não foi uma surpresa eles cancelarem.
O Windows 10X era a solução para um problema que não existia… e a Microsoft não conseguiu criar o problema para vender essa solução.

O que eu queria mesmo era que a Microsoft finalmente lançasse um Windows ARM que prestasse… hahaha

Tori Niwikari (@Tori)

Se a Microsoft tivesse capacidade de criar um software estilo Rosetta, aí sim poderia ter um Windows 10XYZ.