Início » Jogos » Capcom quebra recorde de lucro graças a Resident Evil e Monster Hunter

Capcom quebra recorde de lucro graças a Resident Evil e Monster Hunter

Monster Hunter Rise e Resident Evil 3 Remake foram os jogos mais vendidos no último ano fiscal da Capcom

Murilo Tunholi Por

A Capcom bateu o recorde de lucro da empresa pela quarta vez seguida, segundo o relatório financeiro do último ano fiscal. No dia 31 de março de 2021, a desenvolvedora registrou receita líquida de 95,3 bilhões de ienes (cerca de R$ 4,6 bilhões), 16,8% a mais do que o lucro em março de 2020. De acordo com a produtora, os resultados foram positivos devido às vendas de Resident Evil 3 Remake e Monster Hunter Rise.

Monster Hunter Rise (Imagem: Divulgação/Capcom)

Monster Hunter Rise (Imagem: Divulgação/Capcom)

Além de jogos para consoles, a Capcom também tem bastante participação no mercado de máquinas de arcade, principalmente no Japão. Em 2021, o lucro dos fliperamas japoneses diminuiu em 18,4% e a receita operacional caiu 87,7% em comparação com o ano passado.

Mesmo com a crise no setor de fliperamas por conta da pandemia da COVID-19, a empresa ainda cresceu em receita operacional pelo oitavo ano consecutivo, registrando 34,6 bilhões de ienes (R$ 1,7 bilhão) — um aumento de 51,6% em relação ao mesmo período em 2020.

Monster Hunter Rise vendeu 4 milhões no último ano fiscal

No segmento de videogames, a Capcom lucrou 25,6% a mais do que no ano passado, faturando 75,2 bilhões de ienes (R$ 3,6 bilhões). Já a receita operacional cresceu 53,1% e atingiu 37 bilhões de ienes (R$ 1,8 bilhão). Como destaques, a empresa citou jogos das franquias Resident Evil e Monster Hunter.

Monster Hunter Rise, por exemplo, vendeu quatro milhões de cópias em todo mundo desde o lançamento, em 26 de março, até o final do ano fiscal da Capcom, no dia 31 de março. Em abril, o jogo havia vendido 5 milhões. Já Resident Evil 3 Remake vendeu 3,9 milhões de unidades desde que saiu, em 3 de abril de 2020.

A Capcom ainda destacou outros jogos que continuaram vendendo mesmo após o lançamento, como Monster Hunter World: Iceborne e Resident Evil 2 Remake. Como estratégia para o próximo ano, a empresa planeja apostar nas vendas contínuas e em novos títulos, como Resident Evil: Village.

Em 2022, a desenvolvedora espera aumentar o lucro em 4,9% para 100 bilhões de ienes (R$ 4,8 bilhões) e a receita operacional para 42 bilhões de ienes (R$ 2 bilhões).

Com informações: GamesIndustry.biz, IGN.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando