Início » Celular » Comparativo: Redmi Note 10, 10S ou 10 Pro; qual é a diferença?

Comparativo: Redmi Note 10, 10S ou 10 Pro; qual é a diferença?

Comparamos ficha técnica e os recursos dos smartphones da Xiaomi; descubra o que muda em cada modelo da linha Redmi Note 10

Ana Marques Por

Está em busca de um celular novo e esbarrou nos modelos da linha Redmi Note 10? No Brasil, distribuídos pela DL Eletrônicos, temos o modelo convencional e mais duas versões: o Redmi Note 10S e o Redmi Note 10 Pro. No exterior, há ainda o Redmi Note 10 Pro Max, que não foi oficializado por aqui. Mas o que de fato muda entre os smartphones da Xiaomi?

Comparamos as especificações, recursos de câmera, design e os preços dos celulares para te ajudar a descobrir qual é o melhor para o seu dia a dia. Acompanhe a seguir.

Comparativo: Redmi Note 10, 10S ou Pro (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Comparativo: Redmi Note 10, 10S ou Pro (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Ficha técnica – Redmi Note 10, 10S, 10 Pro e 10 Pro Max

Redmi Note 10 Redmi Note 10S Redmi Note 10 Pro
Lançamento no Brasil

Abril de 2021

Maio de 2021

Preço de lançamento a partir de R$ 2.200 a partir de R$ 2.799 a partir de R$ 3.299
Tela

AMOLED 6,43” Full HD+, 60 Hz

AMOLED 6,67” Full HD+, 120 Hz

Processador Qualcomm Snapdragon 678 (octa-core de até 2,2 GHz) MediaTek Helio G95 (octa-core de até 2,05 GHz) Qualcomm Snapdragon 732G (octa-core de até 2,3 GHz)
Memória RAM

4 GB

6 GB

Armazenamento

64 ou 128 GB (expansível via microSD de até 512 GB)

Câmera traseira 48 MP (f/1,8) + 8 MP (f/2,2) (ultrawide) + 2 MP (f/2,4) (profundidade) + 2 MP (f/2,4) (macro) 64 MP (f/1,8) + 8 MP (f/2,2) (ultrawide) + 2 MP (f/2,4) (profundidade) + 2 MP (f/2,4) (macro) 108 MP (f/1,9) + 8 MP (f/2,2) (ultrawide) + 5 MP (f/2,4) (telemacro) + 2 MP (f/2,4) (profundidade)
Filma em

Até 4K a 30 fps

Câmera frontal

13 MP (f/2,45)

16 MP (f/2,45)

Bateria

5.000 mAh carregamento rápido de 33 W

5.020 mAh, carregamento rápido de 33 W

Sistema operacional

Android 11

Conectividade

4G, 3G, Wi-Fi, Bluetooth 5.0

4G, 3G, Wi-Fi, Bluetooth 5.0 e NFC

Dimensões 160,46 x 74,5 x 8,29 mm 160,46 x 74,5 x 8,29 mm 164 x 76,5 x 8,1 mm
Peso

178,8 gramas

192 gramas

Cores cinza, verde e branco azul, cinza e branco bronze, azul e cinza

Tela e design: vantagem para o Redmi Note 10 Pro

Enquanto o Redmi Note 10 e o Redmi Note 10S têm telas iguais de 6,43 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização padrão (60 Hz), o Redmi Note 10 Pro sai na frente com um painel maior, de 6,67”, também Full HD+, mas com taxa de atualização de 120 Hz, o que na prática proporciona a sensação de maior fluidez gráfica. Em todos os modelos, trata-se de um display AMOLED, tecnologia de tela que oferece cores vivas e bons contrastes.

Xiaomi Redmi Note 10 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Xiaomi Redmi Note 10 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Em dimensões e peso, o Redmi Note 10 convencional também é igual ao Redmi Note 10S. Entretanto, as opções de cores são distintas: temos cinza, branco e verde no primeiro, e cinza, branco e azul no segundo. Já o Redmi Note 10 Pro é vendido em cinza, azul e bronze – a versão Pro é mais pesada e maior, devido à tela, que também cresce em relação aos outros dois aparelhos.

Os três modelos têm certificação IP53, contra poeira e respingos d’água. A Xiaomi alerta ainda que a resistência não é permanente e pode deteriorar-se naturalmente com o passar do tempo.

Hardware: um processador para cada modelo

Cada modelo deste comparativo tem um processador diferente. Dois deles usam chips da Qualcomm, o Redmi Note 10 (Snapdragon 678) e o Redmi Note 10 Pro (Snapdragon 732G).

Falando desses modelos primeiro: o “Pro” entrega a melhor performance com um processador voltado para jogos e que é mais eficiente energeticamente. O Redmi Note 10 Pro também tem maior quantidade de memória RAM (6 GB, contra 4 GB do modelo convencional). Desse modo, deve lidar melhor com multitarefa e apps em segundo plano.

Xiaomi Redmi Note 10 Pro (Imagem: Divulgação/DL Eletrônicos)

Xiaomi Redmi Note 10 Pro (Imagem: Divulgação/DL Eletrônicos)

O Redmi Note 10 convencional é mais indicado para quem não tem alta pretensão para jogos, mas quer um celular com desempenho decente para o dia a dia. Ainda assim, vale lembrar que o modelo consegue entregar uma boa performance com diversos títulos, como Free Fire e Call of Duty (contanto que os gráficos não estejam no máximo neste último).

Passando agora ao Redmi Note 10S, a Xiaomi apostou no processador Helio G95, modelo gamer da MediaTek presente também no Realme 7. Na prática, você deve conseguir executar qualquer jogo da Play Store sem problemas. Neste modelo, a memória RAM também é de 6 GB.

Todos os três aparelhos da linha Redmi Note 10 contam com versões em 64 GB ou 128 GB, e há possibilidade de expansão via microSD de até 512 GB. Em termos de conectividade, não há suporte a 5G em nenhum dos três, e somente os modelo 10S e 10 Pro contam com NFC.

Bateria: o suficiente para a maioria

Com 5.000 mAh, o Redmi Note 10 e o Redmi Note 10S devem entregar um dia inteiro de uso com folga para a maior parte das pessoas. Ambos contam com carregamento rápido de 33 W – o modelo convencional promete 50% de carga em apenas 25 minutos.

O Redmi Note 10 Pro não fica tão longe, com 5.020 mAh e carregamento rápido de 33 W. Vale lembrar que ele tem o chip mais econômico entre os três. Por outro lado, a tela com taxa de atualização de 120 Hz pode contribuir para maior consumo de energia.

Xiaomi Redmi Note 10S (Imagem: Divulgação/DL Eletrônicos)

Câmeras: Redmi Note Pro tem câmera de 108 MP

Nas câmeras temos algumas das principais diferenças entre os modelos. Começando pelo Redmi Note 10 convencional, há aqui uma câmera quádrupla mais simples, com sensor principal de 48 megapixels, o que já é bastante comum no segmento intermediário. As lentes auxiliares trazem sensores de 8 MP (ultrawide), 2 MP (profundidade) e os famigerados 2 MP para fotos macro (o que sabemos que, em geral, não retorna o melhor dos resultados).

No Redmi Note 10S, damos um salto com o sensor principal, que passa a 64 MP, enquanto as demais lentes e sensores continuam os mesmos do modelo convencional.

Por último, o Redmi Note 10 Pro chega aos 108 MP com o sensor principal, e tem também um upgrade na lente telemacro, que conta com 5 megapixels e promete fotos mais decentes neste modo. Inclusive, uma nota de rodapé é que o que diferenciava os modelos Pro e Pro Max na Índia era a tal câmera de 108 MP (por lá, ela pertencia ao Pro Max e, no Brasil, chegou com o modelo Pro).

Xiaomi Redmi Note 10 Pro (Imagem: Divulgação/DL Eletrônicos)

Para selfies, o upgrade está só no modelo mais caro. Enquanto o Redmi Note 10 e 10S contam com 13 MP na câmera frontal, o Redmi Note 10 Pro traz 16 megapixels e promete retratos mais bem definidos.

Todos os modelos filmam em até 4K a 30 fps com a câmera traseira e em até 1080p a 60 fps com a frontal.

Preço e disponibilidade: Redmi Note 10, 10S e 10 Pro

O Redmi Note 10 foi o primeiro a desembarcar no Brasil, silenciosamente, em abril de 2021. Já o Redmi Note 10S e o Redmi Note 10 Pro fizeram sua estreia no mercado nacional em maio. Veja os preços de lançamento de acordo com as configurações de memória na tabela a seguir:

Redmi Note 10 Redmi Note 10S Redmi Note 10 Pro
64 GB R$ 2.199,99 R$ 2.799 R$ 3.299
128 GB R$ 2.399,99 R$ 2.999 R$ 3.399

Com informações: Xiaomi (1, 2 e 3)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando