Início » Jogos » GTA 5 fica mais realista com aprendizado de máquina do Intel Labs

GTA 5 fica mais realista com aprendizado de máquina do Intel Labs

O método do Intel Labs usa gravações de estradas do mundo real para renderizar gráficos fotorrealistas dentro de GTA 5

Murilo Tunholi Por

Os pesquisadores Stephan Richter, Hassan Abu AlHaija e Vladlen Koltun, do Intel Labs, desenvolveram uma tecnologia que usa aprendizado de máquina para renderizar imagens fotorrealistas em jogos. Testado em GTA 5, o sistema melhorou os reflexos nos carros, as texturas das estradas e ainda aplicou uma iluminação parecida com a do mundo real nas áreas externas do game.

GTA 5, à esquerda, e método do Intel Labs, à direita (Imagem: Divulgação/Intel Labs)

GTA 5, à esquerda, e método do Intel Labs, à direita (Imagem: Divulgação/Intel Labs)

De acordo com os desenvolvedores do projeto, já existem técnicas que usam inteligência artificial para produzir gráficos realistas, porém as imagens ficam instáveis. Isso acontece devido ao atraso entre as filmagens usadas para treinar os algoritmos e a renderização das cenas dentro do jogo.

Para evitar esse atraso, a tecnologia do Intel Labs usa filmagens de estradas parecidas com as vistas na cidade de Los Santos, em GTA 5. O mecanismo ainda seleciona trechos com carros e pessoas semelhantes para produzir cenas ainda mais precisas e com taxas de quadros por segundo estáveis no game.

Assista, logo abaixo, ao vídeo intitulado “Melhorando o aprimoramento de fotorrealismo, do Intel Labs:

A tecnologia do Intel Labs ainda está em fase de testes
Esse método do Intel Labs ainda está longe de ser utilizado em um jogo inteiro. Por enquanto, só dá para aplicar os efeitos fotorrealistas em pequenos trechos nas estradas de GTA 5. Para conseguir resultados com boa qualidade é preciso usar um banco de filmagens gigante e diverso.

Em ambientes internos no jogo, por exemplo, seria necessário ter gravações de locais privados, como lojas e residências, para renderizar os gráficos fotorrealistas.

Além disso, o código de programação não está otimizado e exige muito processamento gráfico do computador para funcionar por poucos segundos. Para alcançar meio segundo de atraso no aprendizado de memória, o Intel Labs utilizou a GeForce RTX 3090, uma das placas de vídeo mais poderosas do mercado, até o momento.

Os detalhes sobre o funcionamento da tecnologia do Intel Labs e outras imagens do GTA 5 com o recurso estão no site oficial da pesquisa.

Com informações: Gizmodo, The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando