Início » Aplicativos e Software » WhatsApp volta a crescer mais rápido que Telegram e Signal somados

WhatsApp volta a crescer mais rápido que Telegram e Signal somados

WhatsApp teve 38 milhões de downloads em abril; Telegram e Signal acumularam 29 milhões de instalações, segundo consultoria

Bruno Gall De Blasi Por

O Telegram e o Signal dispararam no começo do ano após o WhatsApp revelar a sua nova política de privacidade. Mesmo com a polêmica, o mensageiro do Facebook voltou a crescer mais rápido que os dois aplicativos de mensagem nos dois últimos meses. É o que mostram os números da Sensor Tower apresentados nesta quinta-feira (13).

WhatsApp (Imagem: Haberlernet/Flickr)

WhatsApp (Imagem: Haberlernet/Flickr)

Os dados da consultoria se concentram em downloads únicos realizados por contas da App Store (iPhone) e Google Play Store (Android). Neste caso, o indicador não contabiliza atualizações e reinstalações. Também não são levadas em consideração as instalações em novos dispositivos a partir de contas existentes nas duas lojas.

O WhatsApp amargou uma queda anual de 43% no período entre janeiro e abril de 2021. O impacto surgiu logo após a aparição das novas regras de privacidade do app de mensagens, que rendeu críticas de usuários e de autoridades. Enquanto isso, mensageiros rivais, como Signal e Telegram, tiveram um crescimento notável.

Quantidade mensal de downloads do Signal e Telegram (Imagem: Reprodução/Sensor Tower)

Quantidade mensal de downloads do Signal e Telegram (Imagem: Reprodução/Sensor Tower)

Em janeiro, o Telegram e o Signal alcançaram a marca de 115 milhões de instalações juntos. O número é superior à quantidade de downloads do WhatsApp registrados no mesmo mês: 45 milhões. Depois, em fevereiro, a soma entre os dois apps foi de 47 milhões, enquanto o mensageiro do Facebook teve 43 milhões de novas instalações.

Em março, a ordem alterou. O WhatsApp teve 47 milhões de novas instalações. O Signal e Telegram alcançaram um total de 36 milhões de downloads. O acumulado entre os dois aplicativos voltou a cair em abril, quando registraram 29 milhões de instalações. O WhatsApp teve 38 milhões de novos downloads no mesmo período.

Vale lembrar que o número de instalações não é exatamente o mesmo número de usuários dos aplicativos.

Quantidade mensal de downloads do WhatsApp (Imagem: Reprodução/Sensor Tower)

Quantidade mensal de downloads do WhatsApp (Imagem: Reprodução/Sensor Tower)

Novas regras do WhatsApp entram em vigor em maio

Falta pouco para as novas regras do WhatsApp entrarem em vigor. Após ser adiada, a atualização da política de privacidade está prevista para ser aplicada a partir de 15 de maio de 2021. Antes, o prazo para declarar o aceite era até 8 de fevereiro de 2021.

Recentemente, a equipe do mensageiro esclareceu o que acontece caso uma pessoa não concorde com os novos termos. O WhatsApp afirmou que nenhuma conta será excluída depois do dia 15. Mas um lembrete será exibido no mensageiro a quem não deu o aceite. Depois, algumas limitações começarão a ser aplicadas gradualmente.

Com informações: Sensor Tower

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sérgio (@trovalds)

Falei disso tempo atrás quando o Facebook saiu com essa “novidade”. 99% de quem usa ia ir no “Concordo” sem ler e pronto.

João M. (@RonDamon)

Sim, o povo chora e 2 segundos depois já esqueceu, as empresas vão é começar a ignorar a minoria vocal.