Início » Celular » Qual é a melhor película para celular? [PET, vidro, gel, líquida]

Qual é a melhor película para celular? [PET, vidro, gel, líquida]

Está em dúvida sobre qual é a melhor película para celular? Veja tudo o que você precisa saber sobre modelos em vidro, PET, gel e líquidos

Ana Marques Por

Por mais resistente que o seu smartphone seja a quedas e arranhões, usar capinha e película é a melhor forma de evitar riscos e rachaduras acidentais no dia a dia. Mas entre os diversos tipos existentes no mercado, qual é a melhor película para celular? Reunimos o que você precisa saber sobre os protetores de tela feitos em vidro, gel, PET e até mesmo sobre as películas líquidas. Acompanhe nas linhas a seguir.

"Descubra

Tipos de película para celular

Película PET

O termo “PET” é referente a um polímero plástico (politereftalato de etila). Geralmente este material é encontrado em objetos como garrafas de refrigerante e outros recipientes para armazenar alimentos. A película PET costuma ser a mais barata, e também são as mais leves e finas.

Esse tipo de película oferece proteção mínima contra arranhões, mas a vantagem é que elas também são menos perceptíveis quando aplicadas à tela.

Película de vidro

Sem propriedades regenerativas, a película de vidro tem a vantagem de ser mais rígida e espessa, oferecendo maior proteção conta impactos. Entretanto, costumam ser mais perceptíveis, justamente por sua espessura maior.

Além disso, apesar de evitar que o painel do dispositivo sofra algum tipo de dano, elas podem ter a própria aparência facilmente desgastada em pouco tempo, e até rachar com quedas, o que pode levar muitos consumidores a desejarem realizar a troca com frequência.

Há ainda diversos tipos de película de vidro. Você provavelmente já ouviu falar em protetores de vidro temperado, película 3D e até 10D. Entenda melhor como eles funcionam:

  • Vidro temperado: no início, as películas de vidro simples eram mais frágeis. Tanto que foram gradualmente substituídas pelas de vidro temperado, mais comuns no mercado atualmente. Esse tipo de proteção oferece maior resistência contra impactos agudos.

    Película de vidro temperado (Imagem: Reprodução/ROCK)

    Película de vidro temperado (Imagem: Reprodução/ROCK)

  • Vidro 3D, 4D, 5D, 6D ou 10D: o diferencial desse tipo de película é que elas se adaptam melhor às telas e ao design do celular. A curvatura pode variar de acordo com o modelo e, além disso, todo o protetor basicamente imita a parte frontal do smartphone, inclusive nas partes de “queixo” e “testa”, trazendo essas bordas nas cores do design original. Essa construção ajuda a camuflar a película.Mas fique atento: o aumento dos números (3D, 4D, 5D…) nem sempre indica maior nível de proteção – apesar de a promessa geralmente ser essa, a robustez varia de acordo com a fabricante e o aumento dos números pode significar outras vantagens, como bordas em carbono ou em metal. Essas especificações variam de acordo com a marca, então, é sempre bom ver a avaliação de quem já usou ou procurar o review de um especialista.

    Película de vidro 3D (Imagem: Reprodução/Hmaston)

    Película de vidro 3D (Imagem: Reprodução/Hmaston)

Película de gel

Uma solução mais recente é a película de gel, que promete absorver tanto o impacto quanto uma película de vidro, apesar de ser mais fina. Elas também se ajustam melhor a telas com vidro 2.5D e bordas curvas, mas suas próprias bordas podem sofrer desgaste mais rapidamente. Uma desvantagem é seu preço, geralmente mais alto do que as películas de vidro temperado.

Película de gel (Imagem: Reprodução/WLXY)

Película de gel (Imagem: Reprodução/WLXY)

Película líquida

Esse tipo de película gerou polêmica há alguns anos por aparentemente tentar entregar um “efeito placebo” aos usuários. Há diversos testes no YouTube que comprovam que a película líquida da Nanofixit, marca mais popular a oferecer o produto, se valia da própria proteção Gorilla Glass de smartphones para vender uma proteção inexistente contra arranhões.

Além disso, por ser líquida e basicamente invisível quando aplicada, é difícil saber quando houve o desgaste completo do produto e estimar o momento para troca. Com base nessas informações, o melhor é fugir desse tipo de película.

Afinal, qual é o melhor modelo?

Bom, isso depende. Avaliando todas as informações acima, você deve ter percebido que algumas soluções podem funcionar melhor de acordo com o tipo de display. Se você tem um smartphone com tela curva, por exemplo, uma película de vidro temperado convencional deixará as bordas expostas, o que pode ser fatal para o painel em uma queda. Nesse caso, você pode optar por um modelo de vidro 3D (4D, 5D e assim por diante) ou uma película em gel.

Caso o seu telefone tenha tela plana, uma película de vidro temperado pode ser a melhor opção em termos de proteção e custo-benefício. Elas riscam com menor facilidade, se comparadas aos modelos em gel. Mas o ideal é que você possa comparar a sensação de toque de ambas antes de decidir.

A vantagem das películas em PET e vidro simples é o preço: algumas podem ser encontradas por apenas R$ 1. Mas lembre-se: o barato pode sair caro quando o assunto é a proteção do seu celular, portanto, são as menos indicadas.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando