Início » Telecomunicações » Grêmio segue outros times de futebol e lança operadora virtual

Grêmio segue outros times de futebol e lança operadora virtual

O Grêmio Cell é uma operadora móvel virtual que utiliza um terceiro para cobrança e atendimento, além da rede da TIM e Oi

André FogaçaPor

O Grêmio anunciou nesta sexta-feira (14) o lançamento de uma operadora de telefonia móvel virtual (MVNO) chamada Grêmio Cell, voltada para os torcedores do seu time e todos os outros quiserem. A empresa escolhida pelo clube para cuidar da operação é a Dry Company, que já oferece algo semelhante para diversos clubes de futebol, além de celebridades como cantores e até uma revista.

Grêmio Cell (Imagem: reprodução)

Grêmio Cell (Imagem: reprodução)

As MVNOs estão espalhadas pelo Brasil já faz algum tempo e a mais recente a entrar neste pacote de operadoras virtuais é o time de futebol Grêmio, em um movimento já percorrido por outros clubes de todos os cantos do país como o Santos, Botafogo, São Paulo, Ceará, Portuguesa, Cruzeiro, Corinthians, Fluminense e Palmeiras. A empresa responsável por organizar este trabalho também lista clientes como a agremiação Estação Primeira de Mangueira, a atriz Larissa Manoela, a revista Caras, a faculdade Faveni e até mesmo o funkeiro MC Kevin.

A Dry Company utiliza redes da TIM e também da Oi através da infraestrutura da Surf Telecom para compor a cobertura da rede móvel oferecida para todos os clientes. Para o cliente que escolher a Grêmio Cell, o acesso para mensagens de texto, fotos e chamadas de voz pelo WhatsApp não consomem o plano de dados e o mesmo acontece para as páginas do clube, Grêmio Play, Grêmio Rádio Umbro, Arena e sua loja oficial.

Estes são os planos oferecidos pelo Grêmio:

Pacote de internetLigaçõesValor mensal
1,5 GB60 minutosR$ 25
3 GB100 minutosR$ 30
5 GBLigações ilimitadasR$ 40
9 GBLigações ilimitadasR$ 50
15 GBLigações ilimitadasR$ 75

Grêmio só estampa o chip dentro do celular

Os pacotes e planos oferecidos para o Grêmio são os mesmos entregues para outras empresas que recorrem a Dry Company para gerenciar este negócio – seja um clube, faculdade, cantor ou revista. Ele funciona como uma mão gerenciando o consumidor do clube para a Surf Telecom, que utiliza as redes de outras duas operadoras. Este trabalho envolve a própria entrega da rede, indo até mesmo para cobrança e atendimento – na ponta, só muda o desenho no SIM card mesmo.

A operadora segue o mercado ao não interromper o acesso da internet quando a franquia contratada acaba, além de acumular minutos e o pacote de dados não consumido por completo para o mês seguinte. Não há taxas de deslocamento para ligações realizadas fora do estado do cliente, seja para telefone fixo ou móvel.

O cliente disposto a levar o clube do coração também dentro do SIM card no celular, smartphone ou tablet precisará comprar o chip no site da operadora móvel virtual, ou então nas lojas oficiais do time, além do estádio Arena em Porto Alegre (RS). Em um segundo momento a empresa também passará a comercializar o produto em lotéricas, bancas de revistas e redes de supermercados.

Com informações: Grêmio.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Everton Favretto (@evefavretto)

Como assim não aceita o Banrisul Banricompras do Grêmio pra comprar o chip!? HERESIA

Júnio Andrade (@Junio_Tk2)

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Se ainda essa Dry Company que tivesse o contrato de uso da rede direto das operadoras, mas é mais uma usando a Surf Telecom que já tá mais do que queimada no mercado pelos diversos problemas que teve. O mercado de operadoras virtuais basicamente se resume a Surf Telecom.