Início » Aplicativos e Software » iFood libera Pix como forma de pagamento em todo o Brasil

iFood libera Pix como forma de pagamento em todo o Brasil

O aplicativo do iFood entrega um código único para o pagamento ser finalizado dentro do app de uma instituição financeira

André Fogaça Por

O iFood anunciou nesta segunda-feira (17) que seus clientes poderão finalizar a compra da comida ou de mercado com mais uma alternativa: o Pix. A modalidade de pagamento é gerenciada pela Zoop, a mesma fintech responsável pela conta digital utilizada pela empresa para entregar o dinheiro para os comerciantes da plataforma.

iFood oferece Pix (Imagem: reprodução/iFood)

iFood oferece Pix (Imagem: reprodução/iFood)

A opção de Pix já entra como opção para praticamente qualquer endereço vendendo seus produtos dentro do iFood. “Para disponibilizar rapidamente o Pix para o iFood e outros clientes, desenvolvemos a tecnologia de integração da plataforma de pagamentos da Zoop com o sistema brasileiro de transferências instantâneas, criando um modelo eficiente, seguro e adequado às regras técnicas e regulatórias definidas pelo Banco Central”, comenta Alessandro Raposo, CMO da Zoop.

A novidade fica visível quando a sacola já está com os itens para o pedido, exatamente no mesmo local onde o cliente escolhe qual cartão será utilizado para o pagamento e até mesmo se ele passará no crédito ou débito. Neste local o logo do Pix é exibido e a compra é praticamente finalizada, mas ela ainda permanece suspensa até o final da transação.

iFood espera cinco minutos para receber o pagamento

Agora o cliente recebe o código do Pix e tem cinco minutos para copiar, colar no aplicativo da instituição financeira que será utilizada e finalizar o pagamento por lá. Apenas após a confirmação do dinheiro pelo iFood, o pedido realmente é entregue ao estabelecimento e entra na fila de preparo – ou de escolha, caso ele seja um mercado.

Se o pagamento não for confirmado ou simplesmente não acontecer dentro do tempo estipulado, que fica em um contador dentro do app do iFood, o pedido é cancelado de forma automática.

iFood oferece Pix (Imagem: reprodução/iFood)

iFood oferece Pix (Imagem: reprodução/iFood)

“O desenvolvimento do Pix em parceria com o iFood teve como principal objetivo oferecer uma nova opção de pagamento prática e conveniente. Para os clientes que preferem pagar pelo delivery de forma instantânea, o Pix será uma ótima alternativa, bem como também atenderá o público que não possui cartão de crédito ou não quer dispor de seu limite de compras”, diz Raposo.

“Para trazer uma boa experiência de pagamento para o usuário do app, a implementação do Pix junto ao iFood foi um processo colaborativo entre as equipes, em que a Zoop mobilizou seu conhecimento tecnológico e regulatório no setor para a construção de um produto que atendesse às expectativas da empresa”, complementa o executivo.

A chegada do Pix para estabelecimentos comerciais é uma das formas de popularizar este novo método de pagamentos e transferências, especialmente para pessoas sem um cartão de crédito ou débito em mãos. Algumas instituições já o utilizam para autenticar uma assinatura eletrônica ou mesmo pagar as compras no caixa do mercado.

A implementação do iFood não é a mesma utilizada pelo Pix Cobrança, que começou a ser liberado na semana passada. Neste segundo caso, o Banco Central utiliza este mesmo sistema para substituir pagamentos futuros, como os boletos e que podem ser explorados por fornecedores, lojistas, prestadores de serviços e até mesmo usuários, seja em pontos de venda físicos ou lojas virtuais.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

imhotep (@imhotep)

Certamente o cartão de crédito é mais prático do q alternar entre apps.
Mas fica de opção pra quem não tem cartão de crédito (vai poder continuar pagando no débito de qualquer forma).