Início » Cultura » Os filmes animados do Studio Ghibli em ordem de lançamento

Os filmes animados do Studio Ghibli em ordem de lançamento

Conheça a história da empresa e a ordem de lançamento das animações do Studio Ghibli para maratonar na Netflix

Paula Alves Por

Desde sua fundação em 1985, o Studio Ghibli se tornou uma referência como estúdio de animação. Com filmes vencedores em algumas das maiores premiações do mundo, suas produções conseguiram o feito de levar parte da cultura, costumes e visão oriental para o mundo ocidental. Para quem deseja conhecer melhor esse catálogo, contamos aqui um pouco da história da empresa e qual é a a ordem de lançamento das animações do Studio Ghibli para você maratonar.

10 animações do Studio Ghibli para assistir na Netflix / Netflix / Divulgação

O Serviço de Entregas da Kiki (Imagem: Divulgação / Netflix)

Como tudo começou

Ainda que o Studio Ghibli tenha sido fundado de fato em junho de 1985, sua história começou um ano antes, quando o cineasta Hayao Miyazaki lançou a animação Nausicaä do Vale do Vento, da qual ele foi escritor e diretor. Na época, mesmo já sendo um nome conhecido no cinema japonês, o sucesso do filme foi tão grande que a empolgação levou Hayao a se juntar a Isao Takahata (produtor do filme), Toshio Suzuki e Yasuyoshi Tokuma para que fundassem seu próprio estúdio de animação.

Hayao e Isao eram velhos conhecidos, já tendo trabalhado juntos em outros projetos, enquanto que Toshio e Yasuyoshi atuavam como produtores da empresa. Nascia assim o Studio Ghibli, que lançaria Castelo no Céu, seu primeiro filme oficial, em 1986. A boa recepção do filme, tanto por parte da crítica quanto do público, foi fundamental para que a empresa continuasse a apostar em tramas marcantes, que eram bastante ligadas a costumes e lendas orientais, mas que conseguiam contar suas histórias com um olhar universal.

Ao longo dos anos, mais 21 animações em longa-metragem foram lançadas pelo estúdio, muitas delas dirigidas pelo próprio Hayao Miyazaki, mas também por Isao Takahata e outros diretores japoneses. Quase todas foram feitas em animação 2D – nem sempre, no entanto, com técnicas tradicionais, como é o caso de O Conto da Princesa Kaguya – mas Aya e a Bruxa, seu filme mais recente, foi o primeiro do estúdio com CGI.

A Viagem de Chihiro

A Viagem de Chihiro (Imagem: Divulgação / Netflix)

As animações do Studio Ghibli

Muito se discute qual seria a melhor ordem para assistir as animações do Studio Ghibli. Ainda que muitas listas do gênero existam na internet, vê-los, no entanto, em sua ordem de lançamento é interessante para conferir as diferentes fases do estúdio.

Aqui embaixo, portanto, você confere todos esses títulos em ordem cronológica. E, para facilitar sua maratona, seus respectivos links para a Netflix, já que desde fevereiro de 2020 quase todo o seu catálogo foi adicionado à plataforma. Para essa lista, levamos em conta também a produção Nausicaä do Vale do Vento, que apesar de não ter sido feita originalmente pelo estúdio, foi somada a sua filmografia mais tarde.

Outras produções

Apesar de ter ficado internacionalmente famoso pelos seus filmes animados, o Studio Ghibli também produziu diversos comerciais para televisão, uma série com a Polygon Pictures, um videoclipe e 20 curta-metragens.

Entre esses curtas há títulos como Mei and the Baby Catbus (2003), sequência de Meu Amigo Totoro; Ghiblies (2000), que também ganhou uma sequência em curta-metragem em 2002; House Hunting (2006); Mr. Dough and the Egg Princess (2010) e Boro, a Lagarta (2018), sua mais recente produção do gênero.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando