Início » Jogos » Borderlands 3 terá suporte a cross-play, mas não no PS4 e PS5

Borderlands 3 terá suporte a cross-play, mas não no PS4 e PS5

Segundo o CEO da Gearbox, a publicadora 2K Games exigiu a remoção do cross-play de Borderlands 3 nos consoles da Sony

Murilo Tunholi Por

Borderlands 3 vai receber uma atualização com suporte a cross-play em todas as plataformas em breve, exceto no PS4 e PS5. A informação veio do próprio CEO da desenvolvedora Gearbox, Randy Pitchford, que comentou o caso no Twitter, nesta quinta-feira (27). Segundo Pitchford, a publicadora 2K Games exigiu a remoção do cross-play em consoles PlayStation. O CEO, porém, mas não revelou o motivo da decisão.

Borderlands 3 (Imagem: Divulgação/Gearbox)

Borderlands 3 (Imagem: Divulgação/Gearbox)

“Boas ou más notícias primeiro? Boa notícia: uma atualização para Borderlands 3 foi preparada para lançamento, incluindo suporte total a cross-play em todas as plataformas. Má notícia: Para termos certificação, a publicadora solicitou que o suporte a cross-play fosse removido nos consoles PlayStation.”, tweetou Pitchford.

Nenhuma das duas empresas explicou por que o cross-play foi retirado do PS4 e PS5. Acredita-se que a ordem tenha partido da Sony, já que a empresa não tem uma boa relação com a mecânica de juntar jogadores de várias plataformas em um só lugar.

A Sony acha que cross-play não é lucrativo para a empresa

As últimas audiências da guerra judicial entre Epic Games e Apple revelaram e-mails confidenciais trocados entre a criadora de Fortnite e a Sony. Nas mensagens, a Epic havia solicitado a ativação do cross-play do Battle Royale no PS4 e PS5, mas a japonesa negou o pedido.

Na época, o então diretor de relações com desenvolvedores, Gio Corsi, alegou que cross-play não era lucrativo e, por isso, não era interessante para a Sony. “Como você sabe, muitas empresas estão explorando essa ideia, mas nenhuma delas conseguiu explicar como o cross-play pode melhorar o negócio do PlayStation”, disse Corsi.

Algum tempo depois, a Sony liberou o recurso devido à pressão dos jogadores, mas passou a cobrar uma taxa para manter o serviço funcionando. De acordo com o CEO da Epic Games, Tim Sweeney, a japoensa é a única empresa dona de consoles que cobra uma quantia adicional para permitir o cross-play na plataforma.

Para a Sony, o cross-play poderia causar prejuízos a empresa, pois os usuários teriam a opção de jogar no PS4 ou PS5, mas comprar itens cosméticos em outras plataformas com preços menores. A taxa para liberar o cross-play foi criada para compensar esse possível prejuízo.

É provável que a Sony tenha cobrado a mesma quantia para liberar o cross-play de Borderlands 3 no PS4 e PS5. Para a empresa, é mais vantajoso fazer uma pessoa comprar um console novo para jogar com os amigos do que permitir partidas com usuários no Xbox ou PC de graça.

Com informações: The Verge, Forbes.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando