Início » Aplicativos e Software » Microsoft Edge insiste que usuários troquem Google por Bing

Microsoft Edge insiste que usuários troquem Google por Bing

A insistência do Edge oferece ajustes recomendados para o usuário e assim insere o Bing como buscador padrão para o browser

André Fogaça Por

O navegador Edge foi atualizado recentemente para a versão 91 e, dentro do pacote de novidades, está a insistência da Microsoft para que o usuário utilize o Bing como fonte padrão para as buscas realizadas dentro do aplicativo. O lembrete é exibido dentro da central de notificações nativa do próprio Windows 10 e só aparece se o Google é escolhido para as pesquisas.

Bing no Microsoft Edge no Windows 10 (Imagem: reprodução)

Bing no Microsoft Edge no Windows 10 (Imagem: reprodução)

O Microsoft Edge vem ganhando respeito ao passar dos anos, principalmente depois de ter adotado o Chromium como engine, permitindo até a instalação de extensões dentro do browser. Este cenário é tão positivo para o programa, que ele já ultrapassou o Firefox na lista de navegadores mais utilizados, ainda atrás do Google Chrome e do Safari, criado pela Apple.

Se por um lado o navegador deixou de ser tão odiado quanto o Internet Explorer, por outro ele ainda insiste em algumas atitudes mais agressivas. A mais recente delas é um lembrete para que o app utilize o Bing como fonte para pesquisas com termos inseridos dentro da barra de endereços.

A lista de reclamações de usuários envolve dois tipos de lembretes, sendo um dentro da área de notificações do próprio sistema operacional Windows 10 e outro em um pop-up no meio do Edge. O primeiro deles sugere o uso de ajustes recomendados para “desempenho de ponta, junto de privacidade e produtividade com a navegação pelo Microsoft Edge mais recente”.

Este tipo de ajuste recomendado pela gigante do software altera alguns detalhes do navegador, junto de colocar o Bing como buscador do Edge e o próprio programa como o browser padrão para o Windows 10. Já o segundo lembrete é exibido em um pop-up projetado no meio da interface, sugerindo basicamente a mesma coisa e com os mesmos efeitos.

Insistência no Bing para o Edge pode ser bug

O alerta deveria deixar de ser exibido quando o usuário clica na opção para não aplicar os ajustes, mas muitos relatam o reaparecimento do lembrete sempre que o Microsoft Edge é fechado e aberto novamente. Eu não consegui reproduzir este problema no browser do meu PC, enquanto o site Bleeping Computer encontrou essa insistência apenas quando o Bing não era o buscador padrão.

E com você? O Microsoft Edge está insistindo para colocar o Bing como buscador padrão do navegador?

Cominformações: Bleeping Computer, XDA-Developers e Windows Latest.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinicius Vicentini (@ViniciusHVC)

Essas desculpas de bug da Microsoft parece o governo falando que foram os hackers

@doorspaulo

Um bug bem conveniente…
Deve ser bug sim, claro.

Jardel (@Jardel)

Uso MS Edge e tenho esse problema. Não uso o Bing como provedor de pesquisa padrão. De início achei que era um bug da versão Dev do Win10, mas estou vendo que não.

Não vi em nenhuma parte dizendo que esse era o pronunciamento oficial da MS. Só li que essa era uma hipótese.

Leandro (@lth_leandro)

Eu migrei pro Edge faz algum tempo e gosto de desempenho.
Mas o Bing é bastante inconsistente nos resultados.

Marcus Vinícius (@deomkds)

Google tem práticas parecidas também. Se você usa qualquer coisa que não seja o Chrome, ele mostra um pop-up em todos os serviços (GMail, Drive, busca) recomendando a instalação do Chrome. Não adianta dizer não, o pop-up volta de tempos em tempos.
Não vejo problema contanto que eu tenha a opção de trocar e usar o que eu quiser como mecanismo de busca.

Pedro Henrique de Campos Xavier (@cidopina)

Eu troquei, mas foi pelo DuckDuckGo

Gustavo Guerra (@GustavoGuerra)

Talvez se o Bing passar a usar o motor de busca do Google, mais pessoas comecem a usar ele, assim como foi com Edge. kkkk

Marcos Rodrigues (@Marcos_Rodrigues)

Se você acessa o Google pelo Edge acontece a mesma coisa. Se o Google faz por que a Microsoft não deveria fazer?

Eduardo P. Gomez (@EduApps-CDG)

Falou tudo, a única coisa que o bing tem de bom é poder assistir aos vídeos direto da pesquisa, a interface é pobre e ultrapassada.

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Uma coisa é você ter um banner nos sites dos serviços do Google pedindo pra você baixar o Chrome, outra coisa é ter os mesmos banners pedindo para baixar o Edge nos sites da Microsoft e ainda ter que lidar com diversas pop-ups e notificações espalhadas em tudo quanto é canto do sistema operacional.

No meu computador eu não uso o Bing, nem o Microsoft Edge como buscador/navegador padrão e recentemente fui surpreendido pela mesma pop-up mencionada no artigo do Tecnoblog, aqui apareceu ao abrir um PDF pelo Edge. Fora isso, segue outros exemplos da Microsoft infernizando quem não usa o Edge como navegador padrão, não relacionados ao problema abordado na notícia:

Screenshots

Banner na pesquisa da barra de tarefas/menu Iniciar (não adianta fechar, ele sempre volta após um ou dois dias):
Barra de pesquisa967×810 282 KB

Banner no app Configurações, inclusive abrindo a popup da segunda imagem automaticamente em algumas ocasiões (não consegui identificar o critério):
App Configurações1432×867 92.5 KB App Configurações (popup)1432×868 88.2 KB

Posição de destaque no seletor de aplicativo padrão:
Abrir com...486×648 25.4 KB
(também é comum aparecer uma mensagem insistindo para testar o Edge nessa mesma janela se você clicar em qualquer outro programa que não seja ele)

Primeiro logon logo após instalar uma atualização de recursos (a mais irritante, pois abre em tela cheia):
Configurações recomendadas1305×864 96.5 KB
(diferente das outras, essa screenshot não é de minha autoria mas já apareceu exatamente a mesma tela aqui)

Outro ponto muito conveniente é em relação à regalias “exclusivas” do Microsoft Edge:

No Windows 10 os programas não podem mais fixar ícones na barra de tarefas sem intervenção do usuário, no entanto a restrição não se aplica ao instalador do Microsoft Edge, nem ao próprio navegador, que conseguem fazer isso automaticamente, tanto no fim da instalação quanto ao aceitar qualquer um dos banners ou pop-ups das screenshots anteriores.

O Windows 10 também passou a impedir que programas se definam automaticamente como padrão para abrir um tipo de arquivo ou protocolo, sem intervenção do usuário. Para mudar o navegador padrão, por exemplo, você tem que acessar manualmente o app Configurações e efetuar a troca você mesmo, Chrome, Firefox e cia. conseguem no máximo te direcionar para o local correto. Já o Microsoft Edge não possui essa restrição, fazendo a alteração automaticamente se você aceitar a pop-up ou banner.

Logo no lançamento do Windows 10 a Microsoft foi extremamente criticada por conta dessas práticas e senão me falha a memória foi até processada, aí baixaram a bola e pararam de encher o saco (isso no SO, os banners dentro dos sites permaneceram inalterados).

Com o novo Edge baseado no Chromium eles finalmente tem um navegador decente (coisa que não tinham há décadas), mas tinham que estragar adotando as mesmas práticas de sempre. Mais fácil fazer as pessoas odiarem o navegador ao invés de quererem dar uma chance…