Início » Telecomunicações » 4G da Claro é mais rápido e Vivo tem melhor sinal, diz estudo

4G da Claro é mais rápido e Vivo tem melhor sinal, diz estudo

Claro obteve melhor desempenho de download e upload no estudo da Tutela, mas TIM e Vivo têm maior cobertura 4G

Lucas Braga Por

A Tutela, empresa que faz medições de qualidade de internet, divulgou um estudo sobre as redes móveis brasileiras: a Claro oferece a melhor experiência, melhores velocidades de download e upload e menor ping, enquanto a Vivo conquistou o posto de melhor cobertura 4G.

Antenas de telecomunicações. Foto: Pixabay

Claro e Vivo tiveram melhores resultados nos testes da Tutela (Imagem: Pixabay)

O estudo da Tutela foi feito entre novembro de 2020 e abril de 2021, baseado em 29 milhões de medições automáticas em smartphones de usuários. Os resultados para cada operadora variam de acordo com o critério pesquisado.

Claro tem 4G mais veloz que Vivo, TIM e Oi

Na média de velocidade de download, a Claro ofereceu uma experiência superior a todas as concorrentes, com diferença de 22,4% para a Vivo, que ocupa o segundo lugar. O salto é ainda maior com a TIM (30,6%) e Oi (51,9%):

Operadora Velocidade de download Velocidade de upload
Claro 18,3 Mb/s 8,83 Mb/s
Vivo 14,2 Mb/s 7,05 Mb/s
TIM 12,7 Mb/s 7,03 Mb/s
Oi 8,8 Mb/s 5,42 Mb/s

O desempenho superior da Claro também é refletido nas métricas de upload, e a operadora alcançou média de 8,83 Mb/s. As concorrentes Vivo e TIM dividem a segunda posição, com 7,05 Mb/s e 7,03 Mb/s, respectivamente, enquanto a Oi aparece na lanterna com apenas 5,42 Mb/s.

Já na latência (ping), o resultado entre Claro, TIM e Vivo é bem parecido, com variação de apenas 0,6 ms entre a primeira e terceira colocada. A Oi tem o maior tempo de resposta, com média de 23,2 ms.

Operadora Latência média (ping)
Claro 17,9 ms
TIM 18 ms
Vivo 18,5 ms
Oi 23,2 ms

Vivo e TIM tem maior cobertura 4G que Claro

A Claro pode ter alcançado os melhores resultados de download, upload, ping e qualidade, mas ainda está atrás das suas principais concorrentes quando se trata de cobertura 4G:

Pontuação de cobertura 4G (Imagem: Reprodução/Tutela)

Pontuação de cobertura 4G (Imagem: Reprodução/Tutela)

Outra medição feita pela Tutela é a porcentagem do tempo de conexão em cada tecnologia móvel. Nesse indicador, a TIM se sobressai e os celulares da operadora passam 82,8% do tempo usando redes 4G, seguido por Claro (75,4%), Vivo (69,6%) e Oi (60,9%).

Operadora Conexão em 4G Conexão em 3G
TIM 82,8% 17,2%
Claro 75,4% 24,6%
Vivo 69,6% 30,4%
Oi 60,9% 39,1%

O desempenho mediano da Claro nos indicadores de cobertura é bem óbvio: enquanto a operadora chega com rede 4G em 2.884 município, a Vivo tem serviço de quarta geração em 3.839 cidades e a TIM tem a liderança, com 4.154 localidades atendidas.

Claro é a operadora com maior consistência e excelência

A Claro é a operadora que atingiu o melhor grau de excelência, e 70,1% das conexões medidas tiveram qualidade suficiente para streaming de vídeo em resolução 1080p, jogos online e videochamadas em HD. Já no quesito core, onde é medido houve um empate técnico com a Vivo, com diferença de 0,1 pontos percentuais:

Resultados de qualidade e consistência (Imagem: Reprodução/Tutela)

Resultados de qualidade e consistência (Imagem: Reprodução/Tutela)

Para o critério de qualidade de excelência, a Tutela exige velocidade mínima de download de 5 Mb/s e upload de 1,5 Mb/s, além de laência máxima de 50 ms, jitter de até 30 ms e até 1% de perda de pacotes.

Já no critério core, a Tutela considera a velocidade mínima de download de 1,5 Mb/s, upload de 500 kb/s, latência de até 100 ms, jitter máximo de 50 ms, e até de 5% de perda de pacotes.

O estudo completo está disponível no site da Tutela.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
12 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luiz C. Eudes Corrêa (@Eudes)

Pelo menos aqui no RJ, assim que passa da porta e entra num prédio/casa o sinal da Claro fica cai ou fica horrível.

Claro prioriza freqüência alta com bastante modulação pra entregar maior velocidade, porém qualquer coisa da interferência e o sinal oscila/cai

Na minha casa só teve sinal da Claro quando reativaram o site que era da Nextel, pois quando o desligaram os clientes foram pra vivo/TIM por terem ficado sem sinal da Nextel e a Claro não ter sinal na região.

Acho que a Claro têm medo de usar a B28, na minha varanda consigo esporadicamente um sinal LTE da B3 ou 3G na B1.

O B28 (700Mhz cujo sinal vai mais longe) da Claro é tão raro que até parece ser lenda urbana.

Coqueiro (@Coqueiro)

Frequência alta ou baixa não determina velocidada, o parâmetro correto é a largura de banda, quantos MHz a operadora tem disponível. Geralmente a Claro e Vivo possuem o dobro de largura de banda em relação a Tim e Oi, por isso conseguem entregar melhores velocidades. Em termos de velocidade tanto faz ter 20 MHz de banda na faixa dos 700 MHz ou em 2,5 GHz, a velocidade é a mesma.

A frequência baixa ou alta afeta o alcance e penetração do sinal.
Com uma frequência mais baixa o sinal vai mais longe e sofrme menos degradação no interior de estruturas. Isso faz com que sejam necessárias menos torres porém aumenta a concentração de usuários, como o alcance é maior terá mais usuários dividindo a mesma infraestrutura.
Nas frequências mais altas é necessário investir em mais torres para cobrir a mesma área mas tem o benefício de uma infraestrutura menos sobrecarregada. O alcance menor limita a quantidade de usuários por torre.

imhotep (@imhotep)

Pessoal, queria sugerir q nesses tópicos q falam da qualidade das redes, q vcs postassem as cidades de vcs.
Assim podemos saber onde se aplica o seu relato.

No meu caso, falo da realidade da cidade de São Paulo, onde todas as operadoras pegam bem, na maior parte do tempo. Tenho pequenos problemas de sombra com a Tim, q derrubam o 4G pra 3G, mas a Vivo segura bem o sinal 4G, assim como a Claro. Isso no meu endereço residencial.
Eu pego muita estrada, então acabo tendo uma percepção diferente das coisas. Na média, pra mim, a Vivo é a que me dá menos problemas.