Início » Gadgets » Google lança Pixel Buds A com vários recursos e preço menor que AirPods

Google lança Pixel Buds A com vários recursos e preço menor que AirPods

Para utilizar a tradução simultânea, o Pixel Buds A precisa de um Pixel ou então qualquer celular com ao menos o Android 6

André Fogaça Por

O Google anunciou nesta quinta-feira (3) o lançamento do Pixel Buds A, uma versão mais econômica do mesmo gadget anunciado no ano passado. O novo fone de ouvido completamente sem fios traz um design muito semelhante ao já utilizado pelo gigante das buscas em outros modelos, entrega tradução simultânea e consegue custar a metade dos Apple AirPods.

Google Pixel Buds A (Imagem: divulgação/Google)

Google Pixel Buds A (Imagem: divulgação/Google)

O mercado de fones de ouvido completamente sem fios conta com muitas opções para praticamente todo bolso. O Google está tão de olho nestas fatias, que resolveu trazer mais um destes produtos com o novo Pixel Buds A e colocar essa aposta em um patamar de preço 45% menor que o outro fone lançado pela empresa em 2020.

O sufixo A presente no nome deste fone de ouvido completamente sem fios é exatamente o mesmo utilizado pelo Google em alguns smartphones Pixel: uma versão menos poderosa de um outro produto competente e já presente no mercado.

Pixel Buds A não traz cancelamento ativo de ruído

Em dados, este novo Pixel Buds A traz um drive de 12 milímetros em cada fone de ouvido, prometendo entregar clareza tanto em frequências baixas, como nas mais altas. Mesmo sendo uma versão econômica, a empresa afirma ter alterado a forma como o produto é encaixado para que o som seja enviado com mais isolamento passivo, melhorando até mesmo os graves.

Google Pixel Buds A (Imagem: divulgação/Google)

Google Pixel Buds A (Imagem: divulgação/Google)

Outra alteração está na forma como cada lado do Pixel Buds A é conectado com o smartphone. No lugar de um enviar para o outro e este fazer a ponte com o celular, agora a conversa é independente e os dados trafegam para cada fone separadamente. O Google afirma que essa alteração ajuda na economia de bateria e também na estabilidade para o Bluetooth.

A autonomia de bateria é de cinco horas seguidas, com 4,8 cargas garantidas dentro do case. A recarga é rápida, entregando três horas de uso com o Pixel Buds guardado no estojo por 15 minutos.

Os novos fones trazem o mesmo mecanismo de adaptação para o áudio para o ambiente externo, subindo e descendo o volume para cada situação específica. Os microfones conseguem concentrar a captação de som da boca para conversas mais cristalinas e o Google Assistente está presente por aqui, entregando exatamente as mesmas funções dos outros Pixel Buds, com destaque para a tradução em tempo real.

Este último recurso está disponível em mais de 40 idiomas e exige um smartphone Pixel ou qualquer celular rodando ao menos o Android 6 Marshmallow. Para iniciar a tradução simultânea, o usuário precisa falar algo como “OK Google, me ajude a falar japonês”. Por fim, os dois lados contam com proteção IPX4, garantindo o uso durante o começo de uma chuva – tecnicamente a certificação promete a sobrevivência do produto quando água é borrifada em qualquer direção.

Quando e quanto?

O novo Pixel Buds A já está disponível para pré-venda nos Estados Unidos e também no Canadá, custando US$ 99. Este valor é US$ 81 menor que o Pixel Buds do ano passado e custa a metade de um AirPods com estojo capaz de receber energia por indução.

Não existe previsão de lançamento do Pixel Buds A no Brasil.

Com informações: Google.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Breno (@bbcbreno)

Muito bom! Cancelamento de ruído ativo é bem bom, mas pagando a metade do preço é melhor ainda!