Início » Celular » Comparativo: Moto G60 ou Galaxy A52; qual é o melhor?

Comparativo: Moto G60 ou Galaxy A52; qual é o melhor?

Em dúvida entre o Moto G60 e o Galaxy A52? Compare preço e ficha técnica dos celulares intermediários premium

Ana Marques Por

O Moto G60 e o Galaxy A52 são celulares da Motorola e da Samsung, respectivamente, e brigam no segmento de smartphones intermediários premium. Com lançamento no Brasil em abril de 2021, ambos os telefones devem agradar a quem busca desempenho fluido no dia a dia, com memória RAM de 6 GB, além de bastante espaço para arquivos, com 128 GB internos.

Entretanto, a ficha técnica dos aparelhos reserva algumas diferenças importantes em tela, processador e bateria. Antes de comprar, saiba o que muda entre o Moto G60 e o Galaxy A52.

Moto G60 vs Galaxy A52 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Moto G60 vs Galaxy A52 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Ficha técnica – Moto G60 vs Galaxy A52

Motorola Moto G60 Samsung Galaxy A52
Lançamento no Brasil

Abril de 2021

Preço de lançamento R$ 2.699 R$ 3.299
Tela IPS LCD 6,8 polegadas Full HD+, HDR10, taxa de atualização 120 Hz Super AMOLED de 6,5”, Full HD+, 90 Hz (ou 120 Hz no Galaxy A52 5G)
Processador Qualcomm Snapdragon 732G e GPU Adreno 618 Qualcomm Snapdragon 720G octa-core e GPU Adreno 618

(Galaxy A52 5G tem Snapdragon 750G e Adreno 619)

Memória RAM

6 GB

Armazenamento

128 GB, expansível via microSD

Câmera traseira
  • principal: 108 megapixels (f/1,9);
  • ultrawide e macro: 8 megapixels (f2,2);
  • profundidade: 2 megapixels;
  • Principal: 64 MP (f/1,8)
  • Ultrawide: 12 MP (f/2,2)
  • Macro: 5 MP (f/2,4)
  • Profundidade: 5 MP (f/2,4)
Câmera frontal

32 MP (f/2,2)

Bateria 6.000 mAh, carregamento rápido de 20 watts 4.500 mAh, carregamento rápido de 25 watts
Sistema operacional Android 11 Android 11, One UI 3.1
Conectividade 4G, Bluetooth 5.0, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, NFC, USB-C e entrada de 3,5 mm para fones de ouvido; 4G, Bluetooth 5.0, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, NFC, USB-C, 3,5 mm

(Galaxy A52 tem uma versão 5G disponível no Brasil)

Resistência à água Resistente a respingos Sim, IP67
Dimensões 169,6 x 75,9 x 9,8 mm 159,9 x 75,1 x 8,4 mm
Peso 220 gramas 189 gramas
Cores Azul e champagne Preto, azul, violeta e branco

(Galaxy A52 5G está disponível apenas em preto e violeta)

Tela e design

Na disputa por tela, o celular da Motorola entrega o maior painel, com 6,8 polegadas contra 6,5 polegadas do rival. Mas o Galaxy A52 proporciona a melhor experiência em cores e contrastes, com display Super AMOLED contra a tela IPS LCD do Moto G60.

Os dois têm resolução Full HD+ e elevam a taxa de atualização: são 120 Hz para o Moto G60 e 90 Hz para o Galaxy A52. Nos dois casos, o usuário poderá aproveitar uma sensação de suavidade em transições de apps e ao navegar pela interface do smartphone. A taxa de atualização elevada também é um prato cheio para jogos. No entanto, a diferença entre 120 Hz e 90 Hz é praticamente imperceptível.

O Galaxy A52 é vendido também em uma versão 5G. Neste caso, a tela é de 120 Hz, como no Moto G60.

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Em design e construção, o ponto vai para o Galaxy A52. Os dois celulares têm revestimento em plástico na traseira, e é claro que opções de cores e acabamento acabam sendo uma questão de gosto pessoal, mas o A52 supera o Moto G60 ao trazer um corpo resistente à água e à poeira (certificação IP67).

Além disso, o smartphone da Samsung é mais leve, enquanto o da Motorola é tão pesado que pode causar algum desconforto, especialmente após algumas horas de jogatina, como constatou o Darlan Helder em nosso review.

Desempenho e sistema operacional

Como já mencionei no início deste comparativo, o Galaxy A52 e o Moto G60 têm a mesma quantidade de memória RAM: 6 GB. Entretanto, eles contam com processadores diferentes – e é o celular da Motorola que sai na frente com um Snapdragon 732G, que apesar de usarem a mesma GPU Adreno 618, entrega performance melhor do que o Snapdragon 720G do A52, especialmente em jogos.

Nos testes práticos do Tecnoblog, foi possível rodar Asphalt 9, PUBG e Call of Duty com tranquilidade no Moto G60. Já o A52 deu sinais de engasgo e taxa de quadros inconstante ao rodar Asphalt 9 com gráficos no máximo – abaixo disso, mas ainda com qualidade gráfica alta, o modelo se saiu bem.

Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Nos aplicativos do dia a dia, como os de redes sociais e mensageiros, ambos trabalham com folga e não irão dar nenhuma dor de cabeça ao usuário (ou, ao menos, não tão cedo).

Se você estiver considerando ainda o Galaxy A52 5G, vale ressaltar que ele tem o chip Snapdragon 750G, com GPU Adreno 619, que promete desempenho 15% superior ao da Adreno 618.

O Moto G60 e o Galaxy A52 têm armazenamento de 128 GB, e você ainda pode expandir a memória via cartão microSD.

Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Android 11 é o sistema operacional de fábrica nos dois telefones, com a diferença de interfaces que você já deve conhecer: enquanto o Moto G60 mantém aquela experiência mais próxima do Android Puro, o Galaxy A52 traz a One UI 3.1, que apesar de trazer apps Samsung pré-instalados é bastante agradável, elegante e limpa.

A política de atualizações da Samsung tem sido incrivelmente superior à da Motorola, o que é algo relativamente recente. Enquanto o A52 vai receber atualizações de versão até o Android 14, o Moto G60 só tem garantia de chegar até o Android 12.

Câmeras

Nas câmeras, o Moto G60 tenta intimidar com o sensor principal de 108 megapixels. A lente principal tem tecnologia Ultra Pixel, que promete ser nove vezes mais sensível à luz, entregando fotos com mais detalhes. Na prática, as imagens têm cores vibrantes, com exposição quase sempre controlada, mas o celular tem certa dificuldade para lidar com aberrações cromáticas.

Já a lente principal do Galaxy A52 tem sensor de 64 megapixels que, com bastante iluminação, faz fotos com amplo alcance dinâmico, exposição equilibrada e ótima definição. Como é comum com as câmeras da Samsung, as cores aqui também são bastante saturadas, mas sem incomodar.

Veja alguns exemplos abaixo:

A lente ultrawide do Galaxy A52 acompanha sensor de 12 megapixels, enquanto o Moto G60 traz uma lente híbrida (ultrawide/macro) de 8 megapixels. No celular da Samsung, a qualidade da lente principal é mantida na de ângulo ultra aberto, com exceção da definição nas extremidades, que acaba ficando um pouco prejudicada. Já o aparelho da Motorola acaba ficando atrás em nitidez para a ultrawide.

No fim das contas, a lente híbrida traz ganhos para as fotos macro, que saem daqueles míseros 2 MP comum a muitos celulares de gama média, e tem resultados bons, ficando um pouco à frente do A52 e seus 5 MP.

O modo noturno é bom nos dois casos, considerando o segmento ao qual os smartphones pertencem. A Samsung acaba puxando mais a nitidez no pós-processamento, o que em alguns casos cria bordas duras em torno dos objetos, enquanto a Motorola se esforça para registros noturnos “mais naturais”, tentando minimizar ruídos e fantasmas causados por iluminação artificial.

Para selfies, ambos têm 32 megapixels e abertura de lente f/2,2, mas o Galaxy A52 acaba entregando melhores resultados. O Moto G60 encontra algumas dificuldades com modo retrato, entregando fotos estouradas em algumas situações.

Bateria e conectividade

No quesito bateria, é o telefone da Motorola que leva a melhor. Com 6.000 mAh, o Moto G60 provou ter uma autonomia excelente, mesmo com os 120 Hz ativados. Seu carregador de 20 watts permite recarga completa em pouco mais de 2 horas e o telefone pode certamente chegar ao segundo dia de uso com folga.

O Galaxy A52, por sua vez, tem “apenas” 4.500 mAh, mas também dá conta do recado com uma tela mais econômica. Dificilmente esse smartphone vai te deixar na mão no meio do dia (seria necessário uso muito intenso para isso).

Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Moto G60 é compatível com 4G, assim como o modelo convencional do Galaxy A52. Entretanto, a Samsung trouxe ao Brasil a versão 5G de seu intermediário, ainda que a quinta geração ainda esteja um pouco distante de se tornar realidade no país. De todo modo, se você quer um celular mais preparado para o futuro, o A52 é certamente a opção.

Ambos têm ainda NFC, para pagamentos por aproximação, Bluetooth 5.0, porta USB-C e entrada P2 (3,5 mm) para fones de ouvido.

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Preço e custo-benefício: afinal, Moto G60 ou Galaxy A52?

Lançado por R$ 2.699, o Moto G60 já é encontrado por a partir de 2.070 no varejo online. O Galaxy A52, por outro lado, chegou ao país por um preço mais alto: R$ 3.299, mas já é visto em promoções por R$ 1.899 – uma desvalorização maior que o coloca em uma situação de melhor custo-benefício para a maioria das pessoas.

Nesse cenário, o Moto G60 é indicado para quem precisa de maior poder de fogo e muita bateria, mas o A52 tem maior garantia de longevidade, resistência à água, além de uma tela melhor e câmeras muito boas, especialmente em selfies.

A versão 5G do Galaxy A52 é mais cara – na data de publicação deste artigo (junho de 2021), ela custava cerca de R$ 2.400 no comércio eletrônico.

Com informações: Samsung e Motorola

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando