Início » Software » Ubuntu vai abandonar o Gnome a partir da versão 11.04

Ubuntu vai abandonar o Gnome a partir da versão 11.04

Por
7 anos e meio atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O anúncio, feito no Ubuntu Developer Summit, pegou todos de surpresa: Mark Shuttleworth anunciou que a partir da versão 11.04 o gerenciador de janelas do Ubuntu será o Unity, e não mais o Gnome!

Os motivos para  a troca são vários, mas Shuttleworth destaca que a equipe Gnome recusava as propostas que a Canonical enviava (o uso dos botões das janelas no lado esquerdo, por exemplo). O Gnome “ideal” da Canonical é bem diferente do Gnome que os desenvolvedores desejam. Assim, optou-se por uma espécie de fork do projeto, com a Canonical focando no Unity e na integração entre ele e os programas do Gnome (o Nautilus, por exemplo, continuará sendo o gerenciador de arquivos padrão).

Pessoalmente, vejo essa notícia com o pé atrás. Cheguei a testar o Unity no Ubuntu Netbook 10.10 e o considerei fraco, mas isso pode ser por eu ser o tipo de usuário que prefere liberdade a simplicidade. No Unity tentar montar um compartilhamento Samba é uma missão quase impossível, já que o sistema não te dá opções para isso. Pode ser que a versão 11.04 para desktops traga uma versão do Unity mais “utilizável”, mas é cedo ainda para dizer.

De qualquer forma, vale lembrar que, assim como a Canonical criou um fork do Gnome, qualquer usuário pode desenvolver um Ubuntu que use o Gnome como padrão. Como exemplo, já temos hoje o Kubuntu (Ubuntu com o KDE como gerenciador de janelas como padrão) e o Xubuntu (com o ótimo XFCE como padrão, para máquinas mais simples). Será que em breve teremos o anúncio de um Gubuntu?

Com informações: Linux Today

Mais sobre: , ,