Início » Aplicativos e Software » Google Fotos ainda oferece espaço ilimitado grátis para alguns usuários

Google Fotos ainda oferece espaço ilimitado grátis para alguns usuários

O Google também aponta para possível bug fazendo o contador levar mais tempo para mostrar o espaço ocupado no Google Fotos

André Fogaça Por

O Google parou de oferecer espaço ilimitado para armazenamento em nuvem dentro do Google Fotos, mas algumas pessoas continuam enviando os arquivos sem contar o espaço. A culpa deste atraso é justamente da mesma ferramenta utilizada pelo próprio gigante das buscas quando ele resolve lançar um novo recurso ou ferramenta: distribuição em ondas.

Google Fotos no Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Google Fotos no Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Praticamente todo lançamento de recurso ou ferramenta novo do Google, seja para qualquer usuário em todas as plataformas, ou mesmo limitado para quem acompanha as novidades a partir de um smartphone ou tablet Android, chega aos poucos e em ondas. Este é o mesmo processo que está acontecendo neste momento, enquanto o gigante das buscas não permite mais o envio ilimitado de fotos e vídeos para o aplicativo Fotos.

Por conta deste pequeno detalhe não divulgado oficialmente pela empresa, mas confirmada para a imprensa internacional, que alguns usuários continuam enviando suas fotos e vídeos para o backup online e o espaço ocupado pelos novos arquivos não é contabilizado na área de controle de todo armazenamento da conta – dividido entre os e-mails do Gmail, o Drive e também o Fotos.

Google Fotos pode sofrer de um bug

Enquanto a explicação para desligamento do recurso aos poucos, em ondas faz bastante sentido justamente pelo enorme número de usuários que a plataforma do Google Fotos tem, o gigante das buscas também oferece outra explicação para o curioso fato do backup ainda não ocupar o espaço que deveria: um bug, ou delay.

De acordo com essa explicação, mesmo quando o usuário envia fotos e vídeos já ocupando espaço na nuvem do Google Fotos, a contagem destes arquivos leva mais tempo. No fundo, a listagem do local ocupado já está valendo, mas ainda não foi formalmente informado para o usuário que certamente continua subindo seus arquivos, achando que está tudo liberado.

Com este cenário em mente, o aparecimento de uma mensagem de erro alertando para o fim do espaço em nuvem pode acontecer a qualquer momento, principalmente para usuários com a cota gratuita ou assinada em um dos planos já preenchida com todo o upload.

Uma tática que eu passei a utilizar desde o infeliz dia marcado como fim para o espaço ilimitado dentro do Google Fotos é de transferir o backup do Google Drive para outra nuvem. Por aqui a cota gratuita do OneDrive é de 46 GB (com 15 GB do antigo plano gratuito, junto de 10 GB por fidelidade bônus e 15 GB por subir fotos da câmera, somados com 6 GB de indicações) e até então meu uso era de apenas 275 MB.

Com a mudança de uma nuvem para outra, os arquivos continuam seguros e acessíveis a qualquer momento e meu espaço dentro do Google fica praticamente dedicado para o Google Fotos e Gmail.

Com informações: Android Police.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando