Início » Aplicativos e Software » Windows 11 é grátis para PCs com Windows 10 e terá um grande update por ano

Windows 11 é grátis para PCs com Windows 10 e terá um grande update por ano

Windows 11 de graça exige PC compatível rodando Windows 10, incluindo 4 GB de RAM e processador de 64 bits; atualização chega para todos no final de 2021

Felipe Ventura Por

Você poderá baixar o Windows 11 de forma legítima sem pagar nada: para isso, basta ter um PC compatível que esteja rodando o Windows 10 – o computador deverá ter pelo menos 4 GB de RAM e processador de 64 bits, entre outras exigências. A atualização gratuita entrará em teste público na semana que vem, e será distribuída para todos entre o final de 2021 e começo de 2022.

PC rodando Windows 11 (Imagem: Divulgação / Microsoft)

PC rodando Windows 11 (Imagem: Divulgação / Microsoft)

Como instalar Windows 11 de graça no PC

Se você tem um PC com Windows 7 ou 8.1, pode instalar o Windows 10 nele – a Microsoft não divulga isso, mas essa atualização continua sendo grátis. Daí, será possível obter o Windows 11 de graça, desde que o dispositivo seja compatível.

Essas são as principais especificações mínimas para rodar o Windows 11:

  • processador de 1 GHz com dois ou mais núcleos de 64 bits
  • 4 GB de RAM
  • 64 GB de armazenamento
  • tela HD (720p) maior que 9 polegadas
  • compatível com UEFI, Secure Boot e TPM (Trusted Platform Module) na versão 2.0

É possível ver agora mesmo se seu computador atende a essas exigências baixando o aplicativo PC Health Check da Microsoft. Se você não puder instalar o Windows 11, saiba que o Windows 10 continuará a receber suporte até outubro de 2025.

Mas, se você instalar o Windows 11 no seu PC e se arrepender, pode voltar para o Windows 10 dentro de dez dias. Após esse prazo, será necessário fazer backup dos seus arquivos e reinstalar o W10 do zero.

Modo escuro no Windows 11 (Imagem: Divulgação / Microsoft)

Modo escuro no Windows 11 (Imagem: Divulgação / Microsoft)

Até quando o Windows 11 ficará gratuito? Essa oferta ainda não tem uma data de término específica, mas a Microsoft avisa que vai mantê-la por pelo menos um ano a partir da disponibilidade geral – ou seja, no mínimo até o final de 2022.

Se você estiver interessado em testar o Windows 11 o quanto antes, poderá fazer isso na semana que vem, quando será liberada uma versão inicial do sistema através do programa Insider – saiba aqui como participar.

Windows 11 terá uma grande atualização por ano

As atualizações frequentes do Windows 10 já causaram dores de cabeça e até apagaram arquivos dos usuários. Felizmente, a Microsoft decidiu reduzir o ritmo com o Windows 11: ele ainda terá correções de segurança todo mês, mas os grandes updates de recursos chegarão só no segundo semestre de cada ano.

Este será o ciclo de suporte para as diferentes versões:

  • as edições Home, Pro, Pro for Workstations e Pro for Education do Windows 11 receberão 24 meses de suporte a partir da data de disponibilidade geral;
  • as edições Enterprise e Education do Windows 11 terão suporte por 36 meses a partir da data de disponibilidade geral.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
14 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tio Arlequim (@Felipepperoni)

Trusted platform module, como já visto na instalação da build vazada, será a pedra no sapato de muitos PCs por incompatibilidade (ou é apenas nas versões Pro?). Mas me parece que tem uma gambiarra que permite continuar a instalação…se não mudarem claro.

Fábio Moser (@Fabio_Moser)

Meu PC tem apenas dois anos de vida, inclusive é compatível com TPM 2.0 e roda o Windows 10 muito bem, mas a ferramenta da Microsoft aponta como incompatível com o Windows 11. No PC do meu amigo, que inclusive conta com hardware mais recente e mais potente, o resultado também foi incompatível. É isso mesmo? Ou essa ferramenta está bugada?

Caio Perez (@Caio_Perez)

Tomara que revejam essa exigência de TPM 2.0 ou limitem a versão PRO, muitas placas recentes de entrada não tem esse recurso; que para o usuário doméstico é um recurso dispensável.

Edilson Junior (@Edilson)

Tem que ver se todos os recursos mínimos estão ativados. Talvez o boot seguro pode estar desativado.