Início » Telecomunicações » Roteador TP-Link Deco X20: quando o Wi-Fi 6 e a tecnologia Mesh se encontram

Roteador TP-Link Deco X20: quando o Wi-Fi 6 e a tecnologia Mesh se encontram

Novo roteador Mesh da TP-Link tem suporte a Wi-Fi 6 e entrega altas velocidades, mas preço do Deco X20 deve atrair apenas consumidores muito exigentes

Lucas Braga Por
TP-Link Deco X20

TP-Link Deco X20 (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Já temos um monte de kits de roteadores mesh no mercado e a maioria deles é bem parecido. Aa TP-Link lançou no Brasil o Deco X20 que quebra a mesmice: com suporte ao padrão Wi-Fi 6, o produto promete altas velocidades na rede sem-fio, mas cobra um preço alto por isso.

O Tecnoblog testou o TP-Link Deco X20 nas últimas semanas, no kit com duas unidades e com promessa para conectar mais de 150 dispositivos ao mesmo tempo. Funciona bem, vale a pena? Descubra as respostas no review a seguir.

Análise do TP-Link Deco X20 em vídeo

Aviso de ética

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra desde 2005. Nossas análises não têm intenção publicitária, por isso ressaltam os pontos positivos e negativos de cada produto. Nenhuma empresa pagou, revisou ou teve acesso antecipado a este conteúdo.

O Deco X20 foi fornecido pela TP-Link por empréstimo e será devolvido à empresa após os testes. Para mais informações, acesse tecnoblog.net/etica.

O produto

Ao pegar o Deco X20 pela primeira vez, me impressionei com seu tamanho e peso: ele é menos alto que o Deco M4, por exemplo, mas tem diâmetro maior e é mais robusto. O mini cilindro tem design discreto, é todo branco e até mesmo os cabos de rede e de energia acompanham a cor, que ajudam a esconder a bagunça na sua sala.

TP-Link Deco X20 (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Gostei bastante da solução para o LED indicador: ele fica na parte inferior do Deco e projeta a luz para a superfície onde o router se encontra. Na parte traseira ficam as duas portas de rede no padrão Gigabit — 1 WAN para o modem da operadora e 1 LAN livre para o usuário —, e quem quiser ligar mais de um dispositivo deverá usar um switch para ampliar as conexões.

Topo do X20 tem relevo tipo ampulheta, padrão da alinha TP-Link Deco

Topo do X20 tem relevo tipo ampulheta, padrão da linha TP-Link Deco (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Traseira do TP-Link Deco X20 abriga duas saídas de rede Gigabit Ethernet

Traseira do TP-Link Deco X20 abriga duas saídas de rede Gigabit Ethernet (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

LED indicador do TP-Link Deco X20 projeta luz de status na superfície

LED indicador do TP-Link Deco X20 projeta luz de status na superfície (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

O botão de reset fica escondido na parte inferior do Deco X20, e ali também ficam as etiquetas com nome da rede e endereço MAC.

Parte inferior do TP-Link Deco X20

Parte inferior do TP-Link Deco X20 (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

O design do Deco X20 não empolga, mas também não faz feio: ele não tem aquele design padrão de roteador com um monte de antenas, então dá pra deixar no rack da sua sala de estar sem atrapalhar sua decoração.

Instalação

A instalação do Deco X20 é bem simples: a própria caixa já indica algumas informações importantes, como os primeiros passos para conectar o roteador mesh ao modem da sua operadora de banda larga e baixar o aplicativo controlador.

Caixa do TP-Link Deco X20 facilita instalação, mas informações não estão em português

Caixa do TP-Link Deco X20 facilita instalação, mas informações não estão em português (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Com o app instalado, é necessário criar uma conta da TP-Link — que após todo o processo permitirá controlar o Deco X20 mesmo à distância. O produto tenta reconhecer automaticamente qual é o formato da conexão da sua internet (DHCP ou PPPoE, por exemplo) e logo permite a escolha do nome e senha da rede Wi-Fi.

Processo de instalação do TP-Link Deco X20

Processo de instalação do TP-Link Deco X20 (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

TP-Link Deco X20 sendo ligado ao modem da operadora

TP-Link Deco X20 sendo ligado ao modem da operadora (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Uma surpresa aqui é que não foi necessário adicionar manualmente a segunda unidade do kit do Deco X20: bastou ligar na tomada e tudo funcionou automaticamente. Mesmo assim, o processo de configuração inicial já dá a opção de acrescentar outros roteadores da linha Deco, e orienta qual é o posicionamento ideal dependendo da quantidade de andares da sua casa.

Aplicativo do TP-Link Deco X20 ajuda no posicionamento dos roteadores mesh

Aplicativo do TP-Link Deco X20 ajuda no posicionamento dos roteadores mesh (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Recursos

O Deco X20 traz praticamente tudo que um roteador deve fazer: ele tem suporte a WPS, controle parental com filtro de tempo e conteúdo e lista de bloqueios para impedir o acesso de um dispositivo específico à rede.

Dos diferenciais, o Deco X20 tem suporte ao padrão de segurança WPA3 para o Wi-Fi, o que deve dificultar os trabalhos daquele seu vizinho chato que quer roubar sua internet. Também é possível configurar uma rede exclusiva para visitantes, que isola o tráfego da rede principal.

Configurações do TP-Link Deco X20 no aplicativo

Configurações do TP-Link Deco X20 no aplicativo (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

O Deco também tem suporte a um relatório mensal, mas mostra apenas informações sobre a segurança e a quantidade de dispositivos conectados diariamente. O produto também tem suporte a VLANs, que pode ser útil para quem assina um serviço de TV por assinatura via IPTV.

A função de QoS também está presente, e permite que o proprietário configure qual dispositivo na sua rede tenha prioridade mais alta de uso da internet. Para que tudo funcione de forma correta, é necessário informar a velocidade contratada do seu plano de banda larga.

TP-Link Deco X20 tem QoS para priorizar dispositivos na rede

TP-Link Deco X20 tem QoS para priorizar dispositivos na rede (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Algo que precisa ser melhorado é que o UPnP não vem ativado por padrão, e essa tecnologia facilita o uso de aplicativos e jogos que necessitam de conexões entrantes, com o redirecionamento automático de portas. O IPv6 também vem desativado por padrão, e é bem provável que usuários leigos nem irão mexer nessa configuração e ficarão restritos ao tradicional IPv4.

Aplicativo do TP-Link Deco X20 permite ajustes avançados

Aplicativo do TP-Link Deco X20 permite ajustes avançados (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

A TP-Link também permite que o Deco X20 funcione como ponto de acesso: com essa função ativa o produto passa a funcionar apenas como interface Wi-Fi para uma rede já existente, e delega o trabalho de roteador para outro dispositivo que já cumpre esse papel. É uma boa alternativa para escapar do NAT duplo, visto que alguns modems atuais das operadoras de banda larga não possuem suporte ao modo bridge — Vivo e Oi Fibra, estou olhando para vocês!

Tem Alexa, mas sem suporte a português

A linha Deco tem como diferencial a integração com a Amazon Alexa, mas é importante ressaltar que a TP-Link não tem skill compatível com o idioma português.

Essa ausência persiste há mais tempo, e foi alvo de crítica no review do TP-Link Deco M4, publicado há um ano atrás.

Desempenho e sinal

O Deco X20 é um roteador no novo padrão Wi-Fi 6 (802.11ax) e tem capacidade nominal de 1.800 Mb/s, sendo 1.201 Mb/s na frequência de 5 GHz e outros 574 Mb/s em 2.4 GHz.

Para ter acesso às velocidades mais altas, é necessário que o computador, tablet ou smartphone também sejam compatíveis com Wi-Fi 6. E nesse momento é importante exaltar esse novo padrão, que possui mais espectro disponível na rede de 2,4 GHz e entrega velocidades mais rápidas mesmo com uma distância maior entre o dispositivo e roteador.

O Deco X20 é o primeiro roteador com Wi-Fi 6 que passa pelas minhas mãos, e o desempenho me surpreendeu muito ao comparar com o Wi-Fi 5. Com duas unidades, a TP-Link promete conexão para mais de 150 dispositivos e cobertura para até 370 m², mas na prática esse número é voltado para residências norte-americanas, que costumam ter construção de madeira e drywall e são bem diferentes das edificações brasileiras.

Minha casa é grande e tem dois andares, e o Deco X20 conseguiu cobrir todos os cômodos. Posicionei uma unidade em cada pavimento, e por sorte a localização do meu ponto de rede se encontra quase no centro do imóvel, o que permite melhor emissão do sinal de Wi-Fi.

Planta da residência no 1° andar, onde foi posicionado o equipamento adicional do TP-Link Deco X20

Planta da residência no 1° andar, onde foi posicionado o equipamento adicional do TP-Link Deco X20 (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Planta da residência no 2° andar, onde foi posicionado o equipamento principal do TP-Link Deco X20

Planta da residência no 2° andar, onde foi posicionado o equipamento principal do TP-Link Deco X20 (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Velocidade da rede

O teste de velocidade foi feito através da transferência de arquivos entre dois computadores. Infelizmente não tenho dois laptops compatíveis com o padrão Wi-Fi 6, e para conseguir os melhores resultados foi necessário que um deles estivesse conectado ao Deco X20 diretamente ao cabo de rede.

Além de dividir a internet com maestria, o Deco X20 se mostra como uma opção viável para quem precisa baixar e carregar arquivos pesados da internet ou depende de transferências pesadas na rede doméstica, mesmo que o produto não tenha backhaul dedicado para comunicação entre as torres mesh.

Eis os resultados do teste de transferência de arquivos em megabits por segundo – não confundir com megabytes por segundo:

Local de conexão Velocidade média de transferência
Quarto 3, 2° andar
Mesmo ambiente que o Deco X20
773,8 Mb/s
Escritório, 2º andar
Conectado ao Deco X20 principal
553,2 Mb/s
Quarto 4, 2º andar
Conectado ao Deco X20 principal
442,7 Mb/s
Varanda do lado direito, 2° andar
Conectado ao Deco X20 principal
142,2 Mb/s
Escada, 1º andar
Conectado ao Deco X20 secundário
302,3 Mb/s
Quarto 2, 1º andar
Conectado ao Deco X20 secundário
300,5 Mb/s
Quarto 1, 1º andar
Conectado ao Deco X20 secundário
264,3 Mb/s

É importante ressaltar que os resultados podem variar conforme o tipo de construção ou interferência de roteadores de vizinhos, e o desempenho pode ser melhor ou pior dependendo do local de instalação.

Vale a pena comprar um TP-Link Deco X20?

TP-Link Deco X20 (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

O aumento do trabalho em home office, aulas online e até mesmo a demanda maior em entretenimento online fez com que os usuários exigissem mais da sua conexão de internet. As operadoras costumam fornecer um modem com Wi-Fi, mas nem sempre ele atende toda a expectativa do assinante.

O TP-Link Deco X20 é um excelente produto e tem um bom desempenho, mas não é pra qualquer um: com preço sugerido de R$ 1.899,00 no kit com duas unidades, é possível afirmar que se trata de uma opção inacessível, mas que o investimento é justificável em alguns casos.

Para esse valor, seria melhor se a TP-Link tivesse incluído um rádio para backhaul dedicado entre as unidades mesh, para tornar o espectro do Wi-Fi exclusivo para atender os dispositivos conectados.

O Deco X20 chega ao mercado como uma opção de prateleira para resolver alguns problemas de conectividade e tem uma instalação super simples. Com esse preço, é significativamente mais barato contratar um técnico para passar cabos de rede em toda a sua residência, conectando pontos de acesso Wi-Fi em diferentes cômodos. No entanto, nem todo mundo tem tempo, mão-de-obra ou tubulação disponível para executar o serviço.

Sendo assim, dá pra dizer que o Deco X20 é um produto para pessoas exigentes que querem usar a tecnologia Wi-Fi Mesh. O suporte ao padrão Wi-Fi 6 dá uma longa sobrevida ao equipamento, que está pronto para suportar conexões de banda larga com centenas de megabits por segundo.

Especificações técnicas – TP-Link Deco X20

  • Processador: CPU Qualcomm Quad-Core de 1 GHz
  • Memória RAM: 512 MB
  • Portas por unidade: Gigabit Ethernet (x2) híbrida de WAN e LAN
  • Rádio: 802.11ax (Wi-Fi 6), frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, MU-MIMO, OFDMA, 4 fluxos, 2 antenas internas
  • Velocidade nominal: 574 Mb/s em 2,4 GHz e 1.201 Mb/s em 5 GHz
  • Conectividade: IPv4, IPv6
  • Modos de operação: Roteador (servidor DHCP), Access Point (cliente DHCP)
  • Serviços extras: Amazon Alexa (indisponível em português), IFTTT e TP-Link Cloud
  • Recursos: rede de convidados, relatórios de dispositivos, controle parental, controle de banda (QoS), VLAN tag, UPnP, Beamforming, TP-Link DDNS, TP-Link HomeCare
  • Dimensões: 110 mm de diâmetro e 114 mm de altura (por unidade)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando