Início » Finanças » Atlético-MG lança camisas históricas como ativos digitais colecionáveis

Atlético-MG lança camisas históricas como ativos digitais colecionáveis

Após fan token, Atlético Mineiro lança coleção de camisas históricas a serem vendidas como NFTs na Binance

Bruno Ignacio Por

O Atlético Mineiro está investindo fortemente nos ativos digitais. Além de ter lançado sua própria criptomoeda dedicada à interação com torcedores (fan token), o clube de futebol anunciou uma primeira série de 13 camisas históricas no formato de arte digital, registradas e comercializadas através da tecnologia de tokens não fungíveis, ou NFTs. Em uma parceria com a Binance, uma das maiores exchanges de criptoativos do mundo, o time de futebol está oferecendo versões 2D e 3D desenhadas por Flávio Markiewicz.

Camisa de 1914 do Atlético Mineiro que se tornou o primeiro ativo digital NFT do clube (Imagem: Divulgação)

Camisa de 1914 do Atlético Mineiro que se tornou o primeiro ativo digital NFT do clube (Imagem: Divulgação)

Os produtos digitais serão disponibilizados como parte da campanha de lançamento do novo marketplace de NFTs da corretora de criptomoedas e são desenvolvidos em parceria com a Footcoin.us. O Galo foi um dos 100 convidados para criar conteúdo exclusivo para a abertura da plataforma. Assim, as camisas históricas estão sendo anunciadas como colecionáveis digitais únicos, podendo ser revendidos posteriormente e valorizados com o tempo.

Camisas históricas viram NFTs

O primeiro ativo digital a ser criado é a representação da camisa utilizada em 1914 na Taça Bueno Brandão, que gerou o primeiro título oficial conquistado pelo clube de futebol. Outros NFTs incluem uniformes de 1927, marcando uma vitória de 9 a 2 para o Atlético Mineiro; de 1971 quando o time ganhou o Campeonato Brasileiro; e de 2013, que inclui camisas usadas pelo na Libertadores da América.

Novos uniformes digitalizados como ativos NFTs serão adicionados ao marketplace da Binance a cada 15 dias, até o mês de dezembro. O CEO do clube esportivo, Plínio Signorini, afirmou à IstoÉ que o Galo está sempre atento aos movimentos do mercado e por isso estão se modernizando. “A busca por inovação é uma das marcas da nossa atual diretoria”, disse ele. “Mais uma vez, lançamos um projeto pioneiro entre os clubes sul-americanos”.

Diariamente, entrarão 100 unidades de obras digitais 2D NFTs no marketplace na modalidade de venda direta, com preços a partir de R$ 30. Já os modelos 3D serão ofertados em lotes de 10 unidades, que poderão ser adquiridos em leilões que durarão sete dias cada. Os lances mínimos para esses ativos serão de R$ 100, podendo chegar a R$ 1.000 dependendo da raridade do token.

Completar coleções rende brindes

Ao completar a coleção de 13 camisas 2D, colecionadores terão benefícios exclusivos, como receber de brinde outro NFT de um uniforme que não será disponibilizado para venda. Também receberão um vídeo de agradecimento gravado por um dos jogadores do Atlético Mineiro.

Já os colecionadores das 13 versões 3D das camisas oficiais do Galo terão outros benefícios. Além do prêmio já mencionado, eles vão receber uma camisa oficial de 2021 assinada pelo elenco todo, junto a um video personalizado. O bônus também oferece um ano grátis do plano Premium “Galo na Veio Forte e Vingador”

Com informações: IstoÉ

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando