Início » Jogos » Console x PC – de que lado você fica?

Console x PC – de que lado você fica?

Avatar Por

Foi-se o tempo em que videogames eram aquela caixinha estranha que seus pais viviam alertando que um dia seriam responsáveis pela destruição da TV da família (lembram desses mitos que videogame estragava a TV?).

Entretanto nas últimas décadas a indústria de videogames perdeu a roupagem infanto-juvenil, se tornou maior -e bilionária, aliás- e começou a atrair outros segmentos de público. Como resultado os consoles deixaram de ser vistos exclusivamente como um passatempo pra crianças e se tornaram mais próximos de computadores/centros de entretenimento pra toda a família.

Xbox 360, Wii e PS3 Vs. Alienware Desktop

Xbox 360, Wii e PS3 Vs. Alienware Desktop

Mas mesmo que a linha que divide consoles e PCs esteja cada vez mais borrada, o debate a respeito de preferência entre um ou outro jamais esvanesceu. Aliás, alguns diriam que na realidade o contrário aconteceu – agora que figuras icônicos da cena dos PCs penetraram o mundo dos videogames (nVidia e Microsoft apostando no mercado de consoles, por exemplo), as comparações deixaram apenas de ser exercício de fanboys e se tornaram mais apropriadas.

Antes de começar, quero deixar bastante explícito que eu sou um console gamer. Não quero que vocês pensem que tenho pretensões de imparcialidade, pois realmente não tenho – como você, tenho minha preferência pessoal. Não se preocupem – o texto não puxará sardinha pra nenhum lado e exporei os lados positivos e negativos de cada plataforma, sem tietagem nem flamewar.

Entretanto, é provável que minha predileção se faça transparente e, pra que não acusem de falta de objetividade, prefiro deixar isso claro logo de cara. Não quero te convencer que sua preferência pessoal é inferior ou nada parecido. Como já fui PC gamer, tenho uma boa perspectiva do outro lado, também. Vamos lá:

A principal vantagem do console sobre o PC é a simplicidade. O console exige apenas que você coloque o disco do jogo no drive e espere o jogo começar. Já no PC, antes mesmo de chegar em casa você precisa examinar sua máquina pra decidir se o jogo rodará com performance satisfatória – ou se rodará de qualquer forma. Eu e muitos outros gamers apreciamos a praticidade de entrar na loja e precisar checar apenas o nome do console na caixa do jogo pra saber se poderemos joga-lo.

Por outro lado, o PC tem flexibilidade. A comunidade de fãs oferece suporte e versões não-oficial de muitos jogos (mods são o MAIOR trunfo da cena PC gaming), e qualquer um pode lançar um jogo pra PC. Kits de desenvolvimento e custos de licenciamento/publicação pra consoles são proibitivos e apenas grandes empresas podem lançar jogos – o que limita um pouco as coisas.

Ou melhor, esse era o paradigma antigo. Estamos vivenciando uma segunda renascença dos desenvolvedores indie, e praticamente todo console atualmente dispõe de um modelo em que programadores sem um currículo com a EA ou Activision possa lançar seus joguinhos pra Xbox 360 ou PS3. Recentemente este modelo se estendeu até pro PSP e pro DS.

Outro ponto positivo pra PC gamers é o esquema de controle mouse/teclado. Embora eu pessoalmente ache que a noção de que não dá pra jogar FPS num console é extremamente 1994, e que tenha me acostumado muito mais a interface do controle, concordo que muitos ainda preferem o dinamismo e a precisão que o mouse oferece. Certos estilos se tornam um tanto quanto impraticáveis nos modelos de controle oferecidos por consoles, como RTSs por exemplo.

A maior vantagem dos consoles, a meu ver, é a autonomia do hardware. Comprei meu Xbox 360 por 500 dólares em 2006. Na época eu já podia jogar todos os grandes lançamentos do mercado, algo impossível atualmente se você comprar um PC na mesma faixa de preço. E quase 4 anos depois, continuo jogando todos os jogos recém-lançados, com notável melhoria gráfica porém sem a necessidade de um upgrade.

Uma vantagem inegável de PCs é que eles fazem mais do que apenas rodar jogos. Computadores são uma multi-ferramenta que nem o canivente do MacGyver poderia desafiar, enquanto o seu Xbox 360 roda jogos, vídeos, e essencialmente só isso. É por isso que PC gamers acreditam que o investimento num PC parrudo pode ser justificado, enquanto a mesma grana se aplicada num console será dinheiro gasto APENAS com uma forma de entretenimento.

Manutenção simples é uma vantagem exclusiva dos consoles. Tudo bem, o Xbox 360 começou essa geração com um currículo meio feio com suas temíveis -e aparentemente inevitáveis- 3RL. Entretanto, isso é essencialmente o único problema que dava dor de cabeça em seus donos. Já o operador de um PC precisa se preocupar com a degradação de performance por inúmeros motivos, vírus, spyware, falha de hardware, upgrade de sistema operacional (e sua natural erosão com o passar do tempo de uso), HD morrendo subitamente…

Trabalhar pra manter o PC trabalhando em condições otimizadas, mesmo pro usuário experiente, é um negócio chato quando se considera a alternativa – compre um PS3 hoje, continue usando-o diariamente e jogandos todos os lançamentos pelos próximos 5 anos sem as mesmas preocupações com seu funcionamento.

Há também o fator “experiência social”. Jogos de computador foram feito pra serem jogados individualmente, ou online. Já videogames são jogados no sofá da sala, numa tela maior, com múltiplos jogadores do seu lado. Pra muitas pessoas, isso é uma grande vantagem.

E há a questão de preço. Um PS3 ou um Xbox 360 custam bem menos que um PC que rode jogos equivalentes. Entretanto, fãs do PC podem argumentar que como praticamente todo mundo tem um computador, o investimento pra tornar este computador potente o bastante pra fins de jogabilidade (ou seja, comprar a placa de vídeo, RAM ou processador que faltam na máquina) tende a ser mais baixo que o custo de um console. Ambos argumentos têm validade, portanto considerarei este um empate técnico.

Estes não são todos os motivos, obviamente. Certamente você deve ter em mente algum que eu não mencionei – sinta-se à vontade pra discutir o assunto nos comentários abaixo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Silva
https://www.youtube.com/watch?v=BqeexZlG-cM
Anderson Fernandes
"Há também o fator “experiência social”. Jogos de computador foram feito pra serem jogados individualmente, ou online. Já videogames são jogados no sofá da sala, numa tela maior, com múltiplos jogadores do seu lado. Pra muitas pessoas, isso é uma grande vantagem." Isso ai é uma grande mentira. Baixei PES no meu PC e jogo com amigos sim em casa e você como "especialista" deveria saber que existe a possibilidade que é bem mais barata que o console já que o jogo custa mais barato assim como Joystick via USB portanto. Esse é um exemplo de experiencia social. Jogo com gente a mais de 10 anos que mora em outras regiões do país, conheci na época de colegial onde hoje estão concluindo faculdade, trabalhando e etc. Resumindo são duas opções que hoje os consoles estão implantando. A única vantagem dos consoles sobre os pc´s são os exclusivos e só ! levando em consideração o custo beneficio a longo prazo, o que se gasta em jogos se monta um pc TOP com acesso aos mesmos jogos de consoles com um preço acessivel.
aaa
mds esse kra demora 10h pra falar '-'
aaa
É só ter meio cérebro q seu pc n vai pegar um vírus ou "dar erro". Ah, e é só n comprar um pc nas casas bahia q vai rodar qualquer jogo quase.
Marcio Vieira Machado
PC'S Gamers Vs Consoles de Nova Geração... https://www.youtube.com/watch?v=KhYrESA2BL8
Carlos Motta
Não tem a mínima condição de se comparar. Os consoles vão sempre rodar qq game lançado simplesmente pq eles vão cortando tudo o que carregar a GPU e a CPU, até chegarem a uma performance que não trave. Começam com textura, particles, motion blur, etc, até diminuírem a resolução, caso se ache conveniente. Quer dizer, um PC para games, e não precisa ser top, vai rodar os jogos do mesmo jeito. A diferença é que o usuário é que vai escolher o que "tirar" para que o jogo rode liso. A única vantagem do console é o preço (e olhe lá, haja vista a facada que é o PS4). Meu PC, por exemplo, roda um BF4, com tudo absolutamente no máximo, a sólidos 70+ FPS de média, em Full HD. A imagem que eu tenho já é BEM melhor que a conseguida no PS4 do meu moleque, ligados os dois no mesmíssimo monitor. Imagina quando pintarem os verdadeiros jogos da próxima geração. Claro que a Sony e a Microsoft vão ter que cortar um monte de visual para fazer o jogo rodar. Eu não. Quando isso acontecer comigo, num eventual jogo lançado daqui a um bom tempo, provavelmente o mesmo jogo estará rodando num PS4 com bem menos de 720p e muita textura e outros aspectos gráficos reduzidos. Talvez eu tenha apenas que tirar o AA e o motion blur, por exemplo. Não dá para comparar. Console é console. PC é Master Race.
Matheus Felipe
Discordo totalmente. Hoje, se você tiver um PC, pra você fazer um bom upgrade e jogar os jogos da nova geração, só é preciso + ou - uns R$1500,00 (Contanto que você já tenha monitor, gabinete, teclado, mouse...) Você pode jogar no teclado e mouse, e também pode comprar um Joystick do XBOX 360 e plugar no PC que você joga perfeitamente. O PC faz milhares de coisas a mais que o console. Fora que encontramos grandes jogos em promoções, e podendo chegar a R$8,00 (GTA IV).
Joao vitor
Minha opinião, acho muito mais confortavel jogar em um console estou com planos de comprar um xbox 360 essa semana 28/03/2011, porem vou juntar grana para comprar um computador, tenho um note book vou vende-lo e montar um pc bom para jogos estou ciente de que terei que atualiza-lo mais mesmo assim alguns jogos nem se comparam ao de pc (pela jogabilidade)na minha opiniao jogos de tiro em primeira pessoa o pc ganha do console pelo desempenho do mouse mais. Isso depende de cada pessoa o modo que ela goste de jogar eu mesmo acho e ja comparei amigos que tem pc otimos para jogos eles tem 5,10 jogos no maximo essa media enquanto eu com um console terei 20 ,30 ,40 ate 50 jogos entao meu voto e: Console
João Henrique
Sou muito mais comprar o jogo na loja, não me preocupar com rodar, juntar a galera em casa, no sofa da sala, e aproveitar do que ver se o tem HD, se a RAM aguenta, esperar instalar sentar na cadeira do pc e ficar lá viciadamente torto, pra depois seu pc dar erro ou pegar virus e voce não poder jogar mais nenhum jogo. PS3 WINS.
Carlos
Não tenho duvidas que o videogame é a melhor opção para jogos, mais não descarto o pc que é uma fonte de novidade. Os custos de um pc apropriado para games são de valores monstruosos, tem toda parte de configuração, aquele pc que não tem a configuração correta não consegue jogar, isso é uma pena. Imagina vc gastar uma fortuna em uma equipamento de pc exclusivo para jogos e não ter aquele retorno, sou um game maníaco eu jogo onde eu tiver,pode ser num pc num videogame, no teclado no mouse eu estarei sempre pronto.
Antônio Filho
Bom, pelo meu ponto de vista, Video Games sempre estão sendo trocados. PS1, PS2, PS3, SNES, Nintendo 64, Nintendo DS, Nintendo Wii, Xbox, Xbox 180, Xbox 360... Agora os computadores já enblobam muitos jogos diferentes por aí. Por isso eu prefiro eles (mas, como a Microsoft lá vai fazendo aqueles Games for Windows, acho que daqui a pouco não vai fazer muita diferença).
pedro
fico com pc pela jogabilidade.
Renato
Não concordo na parte que você diz que para tornar um pc potente pra rodar jogos se gasta muitooooo. Alias onde eu moro e você mora (USA,CANADA) as coisas não são bem assim. Alienware=BS.Se você quiser comprar um computador bom para jogos so google it e você irá encontrar ótimas máquinas que roda tudo por apenas 600 dolares. Bem galera eu não sei como são os preços no Brasil porquê tem muitos anos que eu não visito ai,eu trabalho na área de IT e montei um PC estes dias para mim um i7 overclocked com uma Asus P7P55D Deluxe 12GB de ddr3 dual channel 2TB de HD e duas XFX 9500 GT eu não sou um gamer uso o pc somente para trabalho mais tenho certeza que com minha configuração eu rodo quase todos os jogos. Lembrando mais uma vez que eu não estou falando sobre games e sim sobre a diferença de preço enorme que o Kid mencionou e que não é tão grande assim. Se o cara gosta só de games eu acho que a comodidade de chegar e só colocar o disco e jogar é bem melhor.
Raph4
Por que eu esperava que um post nesses moldes não tardaria? Humm... acho que a dúvida chegou até você :D Eu gosto dos dois, amo a idéia de jogar estarrado no sofá, numa tela maior e não me preocupar com hardware, nem instalação do jogo e esse tipo de coisa. Embora hoje, pareça que o mercado de consoles talvez penda para este lado e destrua um de seus maiores trunfos... Por outro, realmente não gosto da idéia de não ter um PC ao menos razoável, não PARRUDO pra rodar Crysis @ FullHD + Ultra + 300fps (existe isso?), mas bom para jogar o que me apetece. Por isso sou prático, tenho um PC que comprei em 01/2008, fiz poucos upgrades até hoje, mas jogo tudo o que me interessa, e tenho um console (que pretendo trocar, mas enfim...). Bom ter os dois, não preciso ter os 6 que você possui pra me divertir (embora gostaria haha), mas acho sim essencial o PC pra jogos. Fora que no futuro o que foi console, cai nos emuladores, e o PC também salva e gera esse efeito nostálgico. Tenho Mario Kart Wii, mas adoro brincar com o do 64 aqui no PC :) E FPS, gênero que adoro, são em geral com melhor jogabilidade no esquema mouse/teclado. Resumindo: um PC marromenos e um console. Finish :D
Rhob
Concordo com vc Izzy. Certos gêneros, como FPS e RTS, não funcionam num console como funcionam num pc... E o contrário também é válido... Adoro jogos tipo Hack 'n' Slash, mas jogo em pc. Eaí? DevilMayCry3SE, um port malfeito de console pro pc, ou então outros jogos do estilo, com zilhões de comandos impossíveis de executar... Aí eu pego meu PSP, e God Of War e Star Wars Unleashed são uma maravilha! Cada um tem suas vantagens e desvantagens. Resta cada um de nós decidir exatamente oq quer e escolher oq mais nos agrada... =)
Exibir mais comentários