Início » Aplicativos e Software » Audacity é acusado de coletar dados de usuários indevidamente

Audacity é acusado de coletar dados de usuários indevidamente

Nova política de privacidade do Audacity foi implementada após a aquisição do software pelo Muse Group, e usuários acusam: “spyware”

Ana Marques Por

O Audacity é um dos programas de edição de áudio mais populares que existem — especialmente por ser gratuito, fácil de usar e confiável. Agora, aparentemente, a última característica não é mais um trunfo do software. A nova política de privacidade do editor gerou críticas e acusações da comunidade, e alguns usuários afirmam que o Audacity teria virado um spyware.

Pexels / mesa de som e logo do Audacity (alt.) / como usar o Audacity

Audacity (Imagem: Pexels)

A mudança ocorre após a aquisição do software pelo Muse Group — a empresa também é dona do site de tablaturas Ultimate Guitar. Com a atualização da política, em 2 de julho, o Audacity passou a afirmar que coleta dados de usuários para “análise de dados do aplicativo”, “melhorias do app” e “aplicação legal”.

As informações coletadas incluem a versão do sistema operacional, processador, país (com base no endereço IP) e relatórios de falhas.

A política prevê ainda, de forma mais vaga, que o Muse Group poderá ter a acesso a “dados necessários para a aplicação da lei, litígios e solicitações das autoridades (se houver)”, compartilhando dados pessoais de usuários com “qualquer órgão competente de aplicação da lei, regulador, agência governamental, tribunal ou outro terceiro onde acreditamos que a divulgação seja necessária”, bem como com compradores em potencial.

A empresa afirma que os dados pessoais são armazenados em servidores no Espaço Econômico Europeu, mas que podem ser compartilhados ocasionalmente com seu escritório principal na Rússia e com um advogado externo nos Estados Unidos.

Evitando o compartilhamento de dados

Se você não está disposto a entregar seus dados de bandeja para o Muse Group, é possível optar por uma versão do Audacity anterior à 3.0.3, ou mesmo utilizar uma versão alternativa do software de código aberto (as comunidades no Reddit e no GitHub já estão discutindo sobre a criação de uma bifurcação (fork) do programa para evitar a coleta de informações). Você também pode optar por impedir que o programa tenha acesso à internet no seu computador.

Além das questões envolvendo os dados pessoais de usuários, a mudança de políticas do Audacity também proíbe o uso do editor para menores de 13 anos — o que viola a licença sob a qual o programa é distribuído, que proíbe restrições ao uso. O Muse Group ainda não comentou o caso.

Com informações: Foss Post, Engadget.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação