Início » Negócios » Ex-funcionários da Microsoft criticam Bill Gates: “gritava com todos”

Ex-funcionários da Microsoft criticam Bill Gates: “gritava com todos”

Bill Gates "gritava com empregados" e dizia que a diversidade dentro da Microsoft não era “o que tornava a companhia bem-sucedida”, diz ex-executiva

Pedro Knoth Por

Bill Gates construiu para si um legado de humanitário e gênio da computação, por fundar a Microsoft, pioneira na criação de sistemas operacionais para computadores. Porém, em meio ao divórcio com Melinda Gates, com quem foi casado durante 26 anos, a imagem pública do bilionário vem sendo abalada. O mais novo escândalo é a acusação de que Gates gritava com funcionários em reuniões.

Bill Gates, fundador da Microsoft (Imagem: Greg Rubenstein/Flickr)

Bill Gates, fundador da Microsoft (Imagem: Greg Rubenstein/Flickr)

Funcionários dizem que Gates era temperamental

Quatro mulheres que trabalhavam na Microsoft disseram ao Business Insider que Bill Gates tinha pavio curto e era ríspido em reuniões da empresa. Um ex-executivo da empresa afirma que evitava reuniões com Gates, pois era “apenas mais uma oportunidade para ouvir gritos”.

Internamente, o fundador da Microsoft era conhecido por xingar e berrar com funcionários. “Essa é a ideia mais merda que já ouvi” se tornou um mantra para descrevê-lo.

Gates dispensava diversidade na empresa, diz ex-executiva

Gates memorizava placas de carro de empregados para monitorar suas atividades. Maria Klawe, que integrou o conselho administrativo da Microsoft entre 2009 e 2015, disse que suas sugestões para aumentar a diversidade de funcionários na empresa não eram importantes para o bilionário. Ele respondia com frases como: “Você está tentando destruir a companhia?”

“A mensagem era, ‘Se importar com a diversidade não tem nada a ver com o sucesso da Microsoft'”, completou Maria Klawe.

Um porta-voz de Bill Gates chamou as alegações feitas pela ex-membra do conselho de “uma grave descaracterização para sugerir que o Sr. Gates não tinha interesse em falar sobre ou promover a diversidade e inclusão na Microsoft”.

Outra ex-executiva da empresa de tecnologia que falou sob anonimidade ao Insider ponderou que Gates era direto e honesto. Seu estilo de comandar a companhia intimidava alguns empregados, ela gostava de sua sinceridade. “Bill gritava com todos”, afirmou.

“Ele [Gates] era só uma pessoa estranha quando tratava de relações sociais”, disse um funcionário que trabalha na Microsoft.

Com informações: Business Insider.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
11 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luis Carllos (@XxxStrangeManxxX)

Comportamento que lembra o tal Steve Mobs… Ops, Jobs.

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Todo bilionário do mundo da tecnologia é assim

Caio Garcia (@Caio_Garcia)

Normal, qualquer pessoa nessa posição não precisa se fazer de bonzinho… isso impõe respeito e muitas vezes medo… E assim as coisas andam.

Diego Braga (@Diego_Braga)

Ta certo não a toa é trilionario si pá, quem lacra não lucra!!! O objetivo da empresa é o lucro quem tenta impor uma política de fatiamento e divisão dos funcionários é mal caráter ou sabotador e ele sempre fez a sua parte filantrópica se era troco de bala pra ele não vem ao caso pq o importante é cada um fazer a sua parte! Tenho certeza que ele sempre levou em consideração a meritocracia
independente de orientação sexual, religião etc e ao meu ver funcionário esquerdoso que fica se preocupando em LACRAR não ta fazendo seu trabalho direito pq ta focado em babaquice e lavagem cerebral da galera polarizada

FelipeCG (@FelipeCG)

Que frescura e encheção de saco. Ele bota quem ele quiser dentro da empresa e se estiver achando ruim, trabalhe em outro lugar.
Tenho certeza que o Bill Gates é uma Maria Tereza de Calcutá de dócil perto dos últimos 2 ex-chefes que tive.

@doorspaulo

“A mensagem era, ‘Se importar com a diversidade não tem nada a ver com o sucesso da Microsoft’”, completou Maria Klawe.

Não está errado. Diversidade por diversidade, não traz nenhum lucro ou benefício a uma empresa.
Se a pessoa tem capacidade, trabalha, independente do sexo, etnia, ou qual é sua letra favorita na sopa de letrinhas LGBTQUIOSADJF+