Início » Negócios » Samsung prevê alta de 53% no lucro graças a chips de memória e celulares

Samsung prevê alta de 53% no lucro graças a chips de memória e celulares

Samsung revela projeção de lucro operacional para o segundo trimestre; alta pode ser de 53% com venda de celulares e chips

Bruno Gall De Blasi Por

A Samsung apresentou, nesta quarta-feira (7), as suas projeções financeiras para o segundo trimestre de 2021. Segundo a companhia, espera-se um lucro operacional de 12,5 trilhões de wons sul-coreanos no período, cifra que registraria um acréscimo de 53% em relação ao resultado do ano passado. As vendas de celulares Samsung Galaxy e de chips de memória estão entre os possíveis motivos para o crescimento.

Samsung Galaxy S21 Ultra (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy S21 Ultra (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

As previsões indicam mais um período de crescimento. A fabricante espera um lucro operacional de 12,5 trilhões de wons no 2º trimestre de 2021, o equivalente a cerca de R$ 57,5 bilhões em conversão direta. A cargo de comparação, a empresa alcançou a cifra de 8,15 trilhões de wons (R$ 37,4 bilhões) no mesmo período de 2020.

A companhia ainda deve ter um aumento na receita. A projeção aponta para uma arrecadação de 63 trilhões de wons (cerca de R$ 289,5 bilhões) com as vendas de seus produtos no período, que vai até 30 de junho. No segundo trimestre de 2020, o resultado foi de 52,9 trilhões de wons (R$ 243,3 bilhões). O crescimento é de 19%.

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung: chips e celulares devem puxar alta no lucro

O resultado positivo pode estar ligado à venda de memórias e celulares. A Reuters diz que o lucro da Samsung com chips possivelmente cresceu “em um quinto ou mais” no 2º trimestre. Além disso, a estimativa é de que a Samsung tenha comercializado 59 milhões de smartphones entre abril e junho. Segundo a consultoria Counterpoint Research, 54,2 milhões de unidades foram vendidas no mesmo período do ano passado.

A Samsung estreou novos celulares intermediários no segundo trimestre. É o caso do Galaxy A52, A52 5G e A72, que foram apresentados em 17 de abril; os smartphones chegaram ao Brasil no mês seguinte. Recentemente, a fabricante ainda apresentou o Samsung Galaxy F22 ao público indiano com bateria de 6.000 mAh.

No primeiro trimestre de 2021, a Samsung retomou a liderança no mercado global de celulares. Ainda de acordo com a consultoria, a companhia comercializou 76,6 milhões de telefones móveis no período e alcançou uma participação de mercado de 22%. A segunda e terceira colocações são ocupadas por Apple e Xiaomi, respectivamente.

Com informações: Counterpoint Research, Reuters e Samsung (Newsroom)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando