Início » Finanças » Como os pagamentos do WhatsApp aparecem no extrato bancário

Como os pagamentos do WhatsApp aparecem no extrato bancário

A descrição de pagamentos do WhatsApp, no extrato bancário, é composta por sigla do Facebook Pay e um complemento

Gabrielle Lancellotti Por

No extrato bancário, o correntista pode conferir as cobranças e depósitos associadas ao cartão usado no Facebook Pay — o serviço de pagamentos presente no WhatsApp. As transações, feitas por meio do recurso disponível no mensageiro, recebem descrições específicas no extrato do seu banco.

O início é composto por “FBPAY *WA” ou “FBPAY -W” e, em adição, há um complemento. Com a descrição adicional, o resultado final pode aparecer como “FBPAY *WA TRXIDXXX1234”, por exemplo.

Pagamentos pelo WhatsApp: como aparece no extrato bancário? (Imagem: Divulgação/Nubank)

Pagamentos pelo WhatsApp: como aparece no extrato bancário? (Imagem: Divulgação/Nubank)

Status de pagamentos pelo WhatsApp

Ao fazer um pagamento pelo WhatsApp, é possível checar se a transação foi bem sucedida diretamente na conversa com o seu contato. A outra alternativa é conferir o seu histórico de pagamentos do mensageiro. Abaixo da especificação da quantia de dinheiro enviada, é exibido o status da transação: efetuado, solicitado, processando, pendente, não efetuado e expirado são as opções que podem aparecer.

Limites de valor no Facebook Pay

Há o limite diário e o mensal para a quantia de dinheiro que você pode movimentar por meio do recurso de pagamentos do aplicativo de mensagens. Além dos limites impostos pelo Facebook Pay, também pode haver limites de envio e recebimento de dinheiro estipulados pelo seu banco.

Limite diário Limite mensal
R $1.000 por transação/até 20 transações por dia. Até R$ 5.000

Dicas de segurança

Ao cadastrar seu cartão para enviar e receber dinheiro, por meio da ferramenta de pagamentos do WhatsApp, é recomendável adicionar camadas de segurança para dificultar o acesso ao app, no seu smartphone. Confira algumas dicas:

  • Ative o bloqueio por Face ID ou impressão digital no seu dispositivo. Dessa forma, será preciso desbloquear o app sempre que abri-lo;
  • Ative a confirmação em duas etapas do WhatsApp. Com o recurso ativado, é preciso digitar um código de seis dígitos sempre que o número do seu WhatsApp precisar ser confirmado. Seu WhatsApp não poderá ser configurado em outro aparelho sem esse PIN, por exemplo;
  • Em caso de perda ou roubo do aparelho, além de avisar ao seu banco, é recomendável acessar o site WhatsApp.com e informar o ocorrido na seção “Fale Conosco” [WhatsApp.com/contact];
  • Evite senhas fáceis de adivinhar na tela de bloqueio do seu smartphone.

Com informações de: WhatsApp

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando