Início » Celular » Celulares com Android muito antigo vão perder suporte do Google Play Services

Celulares com Android muito antigo vão perder suporte do Google Play Services

Última versão do Google Play Services para celulares com Android Jelly Bean (4.1, 4.2 e 4.3) será liberada aos usuários em agosto

Bruno Gall De Blasi Por

O Google anunciou, nesta quinta-feira (8), o fim do suporte do Google Play Services para o Android Jelly Bean. Com a mudança, os celulares com o sistema lançado há nove anos não receberão os novos recursos da plataforma. A última atualização será disponibilizada aos dispositivos com a versão antiga do Android no mês que vem.

Google Play Services (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Google Play Services (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

A decisão atingirá somente os dispositivos com a versão 4.1, 4.2 ou 4.3 instalada. Em uma publicação no blog do Android, o Google justificou o encerramento do suporte devido à baixa adesão das edições anteriores. Na ocasião, a companhia afirmou que somente 1% dos aparelhos ativos em julho de 2021 utilizam o Android Jelly Bean.

“A plataforma Android Jelly Bean (JB) foi lançada pela primeira vez há 9 anos”, disseram. “Desde então, o Android lançou uma série de melhorias e recursos que nem todos são retroativos para o Jelly Bean. Isso resulta em maior tempo do desenvolvedor e do controle de qualidade gasto em novos recursos que requerem tratamento especial”.

O Google Play Services, vale lembrar, é uma plataforma que marca presença em celulares e tablets com Android. Ele é responsável por conectar os apps aos serviços do Google, manter os contatos sincronizados, entre outras funções. Além disso, o recurso também auxilia os desenvolvedores na preparação de aplicativos para o sistema.

Galaxy Nexus com Android 4.2 (Jelly Bean) (Imagem: Tecnoblog)

Galaxy Nexus com Android 4.2 (Jelly Bean) (Imagem: Tecnoblog)

Android Jelly Bean vai perder suporte a Play Services

A última atualização da plataforma para o Android Jelly Bean será liberada aos usuários no fim de agosto. Segundo o Google, as funções que dependem dos recursos atuais e que já estão disponíveis no Google Play Services continuarão a funcionar normalmente.

Aos desenvolvedores, o Google orientou o uso da API a partir do nível 19, destinada ao Android 4.4 (Kit Kat). “Se seu aplicativo ainda tem um número significativo de usuários em dispositivos mais antigos, você pode usar o suporte a vários APKs no Google Play para entregar um APK que usa o Google Play Services [de versão] 21.30.99”, explicaram.

O Android 4.1 (Jelly Bean) marcou a sua primeira aparição em junho de 2012. A versão do sistema trouxe novidades, como Google Now, melhorias em notificações e mais. Depois, a companhia anunciou o Android 4.2, em outubro do mesmo ano, e o Android 4.3, em 2013, ambos também conhecidos como Jelly Bean.

Com informações: Android Developers Blog e XDA-Developers

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André Cardoso (@andre)

Foi tentando instalar essa versão do Android no meu saudoso Xperia Mini Pro que eu descobri o mundo das roms root flash e etc, me sentindo um pequeno hacker na época hahah

Bruno Gall De Blasi (@brunogdb)

Nessa época, eu tentava colocar o Android 4.0 ou 4.1 em um Samsung Galaxy Ace, que foi lançado acho que com o Android 2.3.5. Virava noites atrás de algo que fizesse a câmera do celular funcionar com o CyanogenMOD.

Bons tempos!