Início » Jogos » Hack “indetectável” de CoD: Warzone é desativado pela Activision

Hack “indetectável” de CoD: Warzone é desativado pela Activision

O software User Vision Pro usava aprendizado de máquina para enviar comandos para o controle em Call of Duty: Warzone

Murilo Tunholi Por

Um hack supostamente indetectável de Call of Duty: Warzone foi desativado pela Activision, após ter sido descoberto por analistas em segurança. Ao ser notificado pela empresa, o criador do programa disse que nunca teve a intenção de criar um programa ilegal. O software funcionava tanto em PC quanto em consoles e usava aprendizado de máquina para executar comandos no controle, sem modificar os códigos do game.

User Vision Pro em Call of Duty: Warzone (Imagem: Reprodução/Twitter @AntiCheatPD)

User Vision Pro em Call of Duty: Warzone (Imagem: Reprodução/Twitter @AntiCheatPD)

Na semana passada, o programa conhecido como User Vision Pro foi descoberto por GamerDoc, um membro do Anti-Cheat Police Department — Departamento de Polícia Anti-Trapaça, em português. O analista em segurança foi ao Twitter alertar os jogadores que o software estava sendo usado como cheat, principalmente por usuários nos consoles.

O criador do User Vision Pro, conhecido como User101, recebeu uma notificação legal da Activision na última segunda-feira (12) e deletou todo o conteúdo do site onde o programa era hospedado. No lugar dos arquivos, ele deixou uma mensagem explicando que a ferramenta não era uma trapaça de CoD: Warzone, mas sim um software de acessibilidade.

“Por solicitação da Activision Publishing, Inc (“Activision”), não vou mais desenvolver ou fornecer acesso ao software que pode ser usado para trapacear em seus jogos. Minha intenção nunca foi de fazer algo ilegal. No final do vídeo que atraiu tanta atenção para o projeto, é falado “em breve”. O programa nunca foi publicado. Esse tipo de tecnologia oferece outros benefícios de acessibilidade, por exemplo, ao apontar uma webcam para você mesmo, é possível controlar os movimentos no game sem usar os membros. Infelizmente, devido ao potencial impacto negativo, não irei mais desenvolver a ferramenta”.

User101, em comunicado.

O vídeo citado por User101 pode ser assistido no tweet de GamerDoc, logo abaixo:

Hackers usavam o User Vision Pro como aimbot

Em CoD: Warzone, o User Vision Pro era usado como aimbot — uma trapaça que travava a mira na cabeça dos adversários automaticamente. Para isso, o usuário precisava usar um PC com uma placa de captura para que o sofware pudesse analisar a partida com aprendizado de máquina e enviar os comandos em tempo real para o controle.

Por não ser um aimbot tradicional, os jogadores ainda precisavam mirar em alguma direção para o programa funcionar. No caso de hacks comuns, que fazem modificações no código do game, o usuário consegue atingir os adversários escondidos atrás de paredes ou em distâncias muito longas.

Com informações: Eurogamer, Userviz, VG247.

Comentários

Envie uma pergunta