Início » Negócios » Amazon avança em Centro de Distribuição no Ceará para agilizar entregas

Amazon avança em Centro de Distribuição no Ceará para agilizar entregas

Varejista americana vai estrear Centro de Distribuição no Ceará, na Região Metropolitana de Fortaleza; Amazon quer entrega mais rápida no Norte e Nordeste

Por

Em busca de maior agilidade para entregas na região Nordeste, a Amazon deve em breve fechar um acordo com o governo do Ceará para inaugurar um Centro de Distribuição (CD) no estado. Os galpões da varejista já estão parcialmente construídos, mas aguardam a finalização do contrato para entrarem em funcionamento.

Encomendas em centro de distribuição (Imagem: Divulgação/Amazon)

Encomendas em centro de distribuição (Imagem: Divulgação/Amazon)

As informações de que a negociação está prestes a ser concluída são do Diário do Nordeste. Uma das fontes próximas ao acordo disse ao jornal que a Amazon e o governo do Ceará devem chegar a um consenso ainda no segundo semestre deste ano.

CD da Amazon deve ficar perto de Fortaleza

A varejista norte-americana afirmava que iria entrar no Ceará com um Centro de Distribuição, que deve ficar em Maracanaú, na Região Metropolitana da capital Fortaleza.

“Eles praticamente já decidiram que virão para o Ceará, analisando a questão da localização estratégica e proximidade com mercados do Norte e do Nordeste. Falta resolver apenas alguns detalhes das negociações (com o Governo do Estado)”, disse uma das fontes envolvidas na mesa de negociação ao Diário do Nordeste.

Na sexta-feira, 16, uma repórter do veículo conseguiu fotografar o galpão, já com o logo da Amazon e aparentemente em fase avançada de construção.

Além da instalação de um CD, o governo do estado quer que a empresa traga à região um servidor da AWS, divisão de tecnologia de nuvem da Amazon — a mais popular do mundo.

Amazon anunciou vagas de emprego para CD no Ceará

Vagas de emprego antecederam a vinda da Amazon ao Ceará. Ainda em maio, quando o Diário do Nordeste noticiou a vinda da empresa, a Amazon estava à procura de profissionais e gerente sazonal de CS (Customer Service), gerente de grupos, e programador.

O xadrez do varejo esteve frenético nesta semana, com o anúncio da compra da Kabum pela Magazine Luiza. Foi a maior aquisição da história da empresa, que pagou à vista R$ 1 bilhão pelo e-commerce de informática e produtos do universo gamer.

A Amazon termina a semana com o último movimento: a estratégia deve levar a um aumento de eficiência na malha logística da empresa no Norte e no Nordeste, regiões onde às vezes os tempos de entrega podem ser maiores.

A disputa de quem faz a entrega mais rápida do Brasil ganhará um novo capítulo com a abertura do CD no Ceará.

Com informações: Diário do Nordeste.