Início » Jogos » Steam Deck: Valve pede que usuários não mexam no SSD interno

Steam Deck: Valve pede que usuários não mexam no SSD interno

CEO da Valve, Gabe Newell, confirma que o Steam Deck tem slot para SSD M.2, mas não explica por que a peça não deve ser trocada

Murilo Tunholi Por

O Steam Deck, novo PC portátil da Valve que roda jogos do Steam, é equipado com um slot para SSD M.2 em todos os modelos. Logo após o anúncio do dispositivo, na última quinta-feira (15), algumas pessoas pensaram em comprar a edição mais barata — de US$ 399 (cerca de R$ 2 mil), com 64 GB em eMMC — e colocar um SSD maior em seguida. A Valve, porém, recomenda que os usuários não mexam na peça.

Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)

Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)

Construído com componentes tradicionais de computador, a ideia do Steam Deck é ser um aparelho customizável. O próprio presidente da Valve, Gabe Newell, já falou que é possível trocar o sistema operacional SteamOS pelo Windows e até instalar no PC portátil outros aplicativos e lojas de jogos, como a Epic Games Store.

Na última sexta-feira (16), um usuário do Reddit enviou um e-mail para Newell, perguntando qual era o modelo do SSD do Steam Deck e se o armazenamento poderia ser trocado no futuro. Em resposta, O CEO da Valve disse que o dispositivo tem um slot com socket 2230 M.2 em todos os modelos e ainda confirmou que a peça não é soldada na placa mãe.

No site oficial do Steam Deck, a informação é a mesma: “todos os modelos utilizam módulos com socket 2230 M.2”. Contudo, na página de especificações técnicas, a Valve avisa que os slots “não são projetados para substituição pelos usuários”. Em outras palavras, pode até ser possível mudar o SSD, mas a desenvolvedora não incentiva a troca.

Valve não explica por que SSD não pode ser trocado

A Valve não explica de forma clara por que o SSD do Steam Deck não deve ser mudado. Há vários motivos que podem impedir a troca de uma peça em computadores, principalmente um disco de armazenamento: compatibilidade de drivers, transferência do sistema operacional, dificuldade de acessar o slot sem ferramentas profissionais e violação da garantia ao abrir a carcaça do dispositivo.

Caso o usuário queira um Steam Deck com mais armazenamento, a Valve recomenda investir em um dos modelos que contam com SSD NVMe de fábrica. A versão com 256 GB custa US$ 529 (R$ 2,7 mil) e a edição com 512 GB sai por US$ 649 (R$ 3,3 mil). O lançamento do dispositivo está previsto para dezembro deste ano nos EUA, Reino Unido e Europa. Outros países devem receber o PC portátil somente em 2022.

Com informações: PC Gamer, Tom’s Hardware.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
13 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Blassioli (@olucaslab)

mas não explica por que a peça não deve ser trocada

Basicamente, a gente sabe que tem um slot e você pode comprar um SSD de 1TB e colocar lá, mas não façam, pois a gente vai perder no lucro.

Igor (@igor_meloil)

Tem slot, mas não usem, blz?

Altamente provável que nada XD