Início » Telecomunicações » 8 provedores de internet no Nordeste viram um só contra Brisanet, Vivo e Oi

8 provedores de internet no Nordeste viram um só contra Brisanet, Vivo e Oi

Proxxima é uma empresa que surgiu após fusão de oito ISPs do CE, PB, PE e RN; empresa deve terminar o ano com 130 mil assinantes de internet banda larga

Lucas Braga Por

Os pequenos provedores estão dominando a participação de mercado em diversas regiões, mas individualmente ainda são menores que operadoras tradicionais. Uma fusão de oito ISPs na região Nordeste resultou na Proxxima, empresa que deve competir no mercado de internet banda larga contra Brisanet, Claro, Oi e Vivo.

Site da Proxxima Telecomunicações

Proxxima é o resultado da fusão de 8 ISPs no Nordeste (Imagem: Reprodução)

A Proxxima Telecomunicações é o resultado da fusão dos ISPs Ondanet, Netmark, CPnet, Datacommection, Enteriw, Netjat, Netonline e Toolsnet. O grupo atualmente possui 95 mil assinantes de banda larga e cobertura de fibra óptica para 350 mil casas (home passed).

Após a fusão, a Proxxima deve crescer ainda mais: o CEO da companhia, Leonardo Gomes, falou ao Telesíntese que espera terminar o ano de 2021 com 130 mil assinantes e estabeleceu uma meta de 400 mil assinantes em cinco anos. A operadora planeja emitir debêntures (títulos de dívida) ao mercado já em 2022, e tem expectativa de fazer uma oferta pública inicial de ações (IPO) na bolsa de valores em 2023.

Proxxima irá concorrer com grandes operadoras

A atuação da Proxxima não é tão pequena: a empresa oferece seus serviços de internet em 95 municípios do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. São 4 mil km de rede de fibra óptica, que interliga as cidades com topologia de anel.

Concentrada no Nordeste a Proxxima deve concorrer com nomes grandes, incluindo Oi Fibra, Vivo Fibra, Claro NET e a regional Brisanet. A empresa também vende links de dados para outros 30 pequenos provedores.

Os planos da Proxxima para pessoa física são muito agressivos. Veja alguns dos pacotes:

Velocidade de download e upload Preço
100 Mb/s R$ 69,99 por mês
200 Mb/s
(com degustação de 400 Mb/s por 6 meses)
R$ 79,99 por mês
500 Mb/s R$ 99,99 por mês
1 Gb/s R$ 149,90 por mês

As outras operadoras cobram bem mais caro por velocidades similares:

  • O plano básico da Vivo Fibra tem 200 Mb/s de download e 100 Mb/s de upload pelo preço mensal de R$ 119,90; a operadora cobra R$ 299,90 por mês para quem contratar a internet de 600 Mb/s de download e 300 Mb/s de upload;
  • A Claro vende a banda larga com 250 Mb/s de download e 25 Mb/s de upload pelo preço mensal de R$ 99,90, enquanto o pacote com 500 Mb/s de download e 35 Mb/s de upload custa R$ 179,90 por mês.
  • A Oi Fibra tem planos que variam de acordo com a cidade. O mais comum tem 200 Mb/s de download e 60 Mb/s de upload por R$ 99,90 mensais, mas em algumas localidades a operadora vende 500 Mb/s de download e 250 Mb/s de upload pelo mesmo preço. Todos eles incluem linha de telefone fixo ilimitada.
  • O plano mais barato da Brisanet tem 50 Mb/s de download e 10 Mb/ de upload pelo preço mensal de R$ 73,00. A operadora regional também vende um pacote promocional com velocidade de 500 Mb/s de download e telefone fixo por R$ 99 mensais.

Todos os preços e planos citados na matéria foram consultados para o município de Natal (RN) e podem variar conforme a localidade de prestação do serviço.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
19 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alisson Santos (@alisson)

Torço para que não seja uma tendência essas fusões, pois isso diminui a oferta. Foi graças aos pequenos provedores que cidades pequenas conheceram o FTTH antes das cidades grandes. Foi graças aos pequenos provedores também que as grandes operadoras foram forçadas a investirem na tecnologia. Se não fosse o pequeno provedor de bairro minha cidade de 25 mil habitantes ainda estaria refém do Velox.

Islan Oliveira (@Islan_Oliveira)

Bem, é normal essa consolidação do setor, são raras as áreas em que isso não acaba acontecendo. Acho que vai ter um aumento de preços com o tempo, mas duvido que haja uma consolidação que deixe a situação no mesmo nível concorrencial de, digamos, uns 10 anos atrás.

Alex (@wuhkuh)

Como eu adoro ver tantas empresas em Fibra surgindo, chegando ao ponto de fusões regionais e alimentando concorrência, nunca se teve acesso tão facilitado a internet nesse Brasil como agora, qualquer bairro tem um link de Fibra, eu fico besta

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Eu trabalho em uma empresa local de Internet, e ela comprou, recentemente, uns 5 provedores do meu estado (Alagoas). Isso será bem comum daqui pra frente.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Ou elas se juntam (provavelmente tinham pouca ou nenhuma sobreposição de rede) ou acabam sendo engolidas pela concorrência e falindo, não da pra oferecer planos agressivos e ao mesmo tempo atuar só em 2 ou 3 cidades pequenas e médias.

Aqui no sul eu vi que a Vero andou comprando/incorporando/franqueando outros provedores de internet, vários trocaram de nome, só que me parecem que é mais um esquece de franqueado do que de fusão.

O bom é que o mercado é aberto, se os preços subirem muito abre espaço pra fundarem novas empresas mais baratas, só que vou te dizer, nem a 10 anos atrás tu achava internet de qualidade no interior por menos de 70 reais por mês (não to falando de velocidade, e sim de qualidade, que receber o que tu contratou sem quedas constantes).

JR (@JR1)

(Ironia ON) Em todo bairro no Brasil tem:
Igreja
Farmácia
Barbearia
e agora Internet por fibra kkkkkkkkkkkkkkkk

Júlio Tenório (@JulioTenorio)

Tu mora em qual estado? Pelo menos aqui em PE com a ToolsNet eles sempre foram bem prestativos, eu só tenho a reclamar um caso que tive problemas com rota e demorou muito a solução, foram umas 6 visitas de técnicos aqui em casa, e sorte que o último foi muito gente boa e insistiu com o pessoal interno do problema que ocorria, terminou vindo até supervisor que pediu desculpas pela solução ter demorado, nem esperava isso. XD

Tirando esse caso são raros os problemas e quando preciso de suporte é bem de boas, mas acho que já sabem o cliente chato que sou depois desse episódio relatado acima. Sempre gostei de fazer reclamação com um dossiê de prints mostrando baixa velocidade ou perdas de pacote, e coisa que sempre corto é aqueles testes de velocidade, até faço já que pedem, mas sempre que for um problema específico esses testes só servem pra dizerem que tá tudo bem quando não tá.