Início » Negócios » Intelbras abre novo escritório na “capital dos eletrônicos” da China

Intelbras abre novo escritório na “capital dos eletrônicos” da China

Novo escritório da Intelbras em Shenzen, na China, tem dezenas de funcionários e laboratório próprio; unidade deve acelerar chegada de novos produtos

Lucas Braga Por

A Intelbras anunciou a abertura de um novo escritório em Shenzen, na China. Trata-se do polo de eletrônicos mais importante do país, e a marca brasileira espera desenvolver novos negócios e soluções tecnológicas a partir da nova unidade.

Escritório da Intelbras em Shenzen, na China

Escritório da Intelbras em Shenzen, na China (Imagem: Divulgação)

A presença na China não é uma novidade para a Intelbras: a empresa já possui uma empresa própria no local há 15 anos e também tem atua na Ásia desde 2000.

Além da parte de negócios, o novo escritório em Shenzen possui dois laboratórios próprios focados em elétrica e mecânica e conta com dezenas de funcionários focados na gestão da cadeia de suprimentos (supply chain).

Escritório da Intelbras na China tem dois laboratórios

Escritório da Intelbras na China tem dois laboratórios (Imagem: Divulgação)

No Brasil, a Intelbras é uma das principais empresas nacionais de tecnologia e concorre com a Multilaser, que estreou na bolsa de valores valendo R$ 9 bilhões. A companhia se destaca por ter uma ampla rede de distribuição com mais de 150 mil pontos de venda. A fabricante é forte no segmento de segurança eletrônica (alarmes, portão eletrônico, interfones e câmeras de vigilância), mas também atua com equipamentos de casa inteligente, telefonia fixa, redes de dados e energia solar.

Intelbras tem muitos produtos chineses com sua marca

Apesar de ter produtos com tecnologia própria, a Intelbras comercializa muitos eletrônicos de outras fabricantes chinesas, mas estampando sua marca – trata-se do modelo de negócios conhecido como white label.

Smart lâmpada Intelbras EWS 410 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Smart lâmpada Intelbras EWS 410 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Vários itens comercializados pela Intelbras são white label: no setor de casa conectada, lâmpadas e tomadas inteligentes são originalmente da Tuya, que também fornece produtos similares para empresas concorrentes como Positivo, I2GO ou Geonav. A linha de roteadores mesh Twibi não passam de modelos da Tenda, que também estampa alguns equipamentos para a Multilaser.

Sendo assim, é bem provável que a empresa traga mais produtos chineses com sua marca estampada para o mercado brasileiro. O diretor de suprimentos da Intelbras, Ado Rafael Feijó, diz que o novo escritório desempenha papel estratégico para a companhia e que deve proporcionar maior velocidade na busca de inovações e fornecedores.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando