Início » Finanças » Instalação de caixas eletrônicos para criptomoedas cresce 70% em 2021

Instalação de caixas eletrônicos para criptomoedas cresce 70% em 2021

Número de caixas eletrônicos para criptomoedas cresce mais de 70% em 2021 no mundo todo, com mais de 10 mil novas máquinas instaladas

Bruno Ignacio Por

Conforme a adoção às criptomoedas cresce no mundo todo, seja como ativo financeiro, reserva de valor ou moeda de troca, maior a necessidade de acessar e converter mais fácil e rapidamente seus fundos. Por isso, os caixas eletrônicos pensados para moedas digitais são uma tendência, principalmente nos Estados Unidos. O número de máquinas ativas no mundo todo passou por um aumento de mais de 70% ao longo de 2021.

Caixas eletrônicos de criptomoedas crescem no mundo todo (Imagem: Eduardo Soares/ Unsplash)

Caixas eletrônicos de criptomoedas crescem no mundo todo (Imagem: Eduardo Soares/ Unsplash)

Com base nos dados mais recentes do Coin ATM Radar, plataforma de monitoramento de caixas eletrônicos para criptomoedas, o número desse tipo de equipamento operando no mundo todo passou de 13.993 em 1º de janeiro de 2021 para 24.069, registrados nesta terça-feira (27).

Esses caixas eletrônicos operam de uma maneira muito similar aos tradicionais. Através dele, um usuário de criptomoedas pode acessar sua carteira virtual e trocar imediatamente determinado montante em moedas digitais, como o bitcoin (BTC), por dinheiro fiduciário, como o dólar americano, seguindo a cotação do momento exato da transação.

EUA detém 70% de todos os caixas eletrônicos cripto

O surgimento desses caixas eletrônicos aconteceu ainda em outubro de 2013, quando apenas quatro máquinas do tipo operavam no mundo todo. O primeiro grande salto em sua implementação ocorreu de 2019 para 2020, período que registrou um aumento de 120% nas máquinas ativas, enquanto os primeiros sete meses de 2021 registraram um crescimento de 72%.

Com a instalação de mais de 10 mil novos caixas eletrônicos de criptomoedas neste ano, o processo segue acelerado, com uma média de 52,3 novas máquinas operando diariamente. Os Estados Unidos é de longe o líder mundial na adoção dessa tecnologia, com aproximadamente 48 novos caixas cripto sendo instalados por dia. O país registra também um aumento acima da média e acumula 70% de todas as máquinas em operação no mundo.

Atualmente, caixas eletrônicos de criptomoedas podem ser encontrados em 75 países e são administrados por 42 empresas diferentes. A principal gestora e fabricante desse tipo de equipamento é a Genesis Coin, que domina 40% do mercado, seguida pela General Bytes, com 24% de dominância.

Bitcoin e ether são criptomoedas com maior suporte

Por mais que as principais criptomoedas com suporte para esses serviços de caixas eletrônicos sejam as maiores do mercado, como o bitcoin (BTC) e ether (ETH), há variações de máquina para máquina, dependendo de sua empresa gestora. A Bitcoin Depot, por exemplo, opera 3.500 caixas nos EUA e no Canadá e oferece suporte para 30 moedas digitais diferentes.

O uso desse tipo de equipamento ainda pode ser baixo, tendo em vista que criptomoedas não são muito utilizadas como moedas de troca, mas sim como ativos financeiros digitais. Contudo, a ascensão das stablecoins pensadas para transações e das moedas digitais de bancos centrais (CBDCs) pode mudar radicalmente esse cenário.

Com informações: Cointelegraph

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando