Início » Brasil » Lattes e demais sistemas do CNPq estão fora do ar desde sábado (24)

Lattes e demais sistemas do CNPq estão fora do ar desde sábado (24)

Sistemas do CNPq, como a Plataforma Lattes, sofrem "apagão"; instituição diz que já iniciou os procedimentos para repará-los

Bruno Gall De Blasi Por

A Plataforma Lattes é conhecida por abrigar o sistema de currículos do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Mas, desde sábado (24), a ferramenta que concentra as informações de pesquisadores e os demais sistemas da agência de fomento à pesquisa estão fora do ar. A causa da indisponibilidade ainda não foi divulgada.

CNPq (Imagem: MCTI / Flickr)

CNPq (Imagem: MCTI / Flickr)

Os problemas começaram na semana passada. No sábado (24), o CNPq informou que identificou a indisponibilidade em seus sistemas. A instituição não chegou a explicar o motivo da falha ou deu um prazo para a reposição dos serviços. Mas afirmou que “todos os esforços estão sendo envidados para o pleno retorno o mais breve possível”, e complementou:

“Pedimos desculpas pelo inconveniente e manteremos todos atualizados quando tivermos mais informações. Informamos que eventuais prazos referentes às chamadas do CNPq que possam ser prejudicados pelo problema serão reavaliados”.

Na segunda-feira (26), a instituição se manifestou novamente. A agência informou que seguia “em esforço conjunto” com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações para reestabelecer os sistemas, mas não disse o motivo da falha. “A prioridade é restaurar o acesso aos currículos na Plataforma Lattes o mais rápido possível”, afirmaram.

Plataforma Lattes está fora do ar desde sábado (24) (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Plataforma Lattes está fora do ar desde sábado (24) (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Lattes fica fora do ar e usuários criticam indisponibilidade

A Plataforma Lattes está entre os sistemas afetados pelo “apagão”. Em testes realizados pelo Tecnoblog nesta terça-feira (27), ao acessar o endereço “lattes.cnpq.br”, o navegador retornou um erro de conexão, impossibilitando o uso do serviço. O mesmo aconteceu ao acessar um currículo da plataforma através de um link direto.

A indisponibilidade resultou em críticas nas redes sociais. Em resposta a um dos comunicados, uma usuária do Twitter questionou a demora para o reestabelecimento do sistema. “Esse mais rápido possível está previsto para quando?”, questionou na manhã de hoje. “Muitos alunos precisam do acesso urgente ao Lattes”.

Outra queixa aponta que a instabilidade começou antes de sábado. Também dando sequência ao aviso do CNPq, uma pessoa afirmou que está tentando acessar o sistema desde quinta-feira (22). “Antecipei as coisas pra não dar nenhum erro, e aí acontece isso”, afirmou nesta segunda-feira (26). “Preciso do meu currículo até sexta de manhã”.

CNPq (Imagem: MCTI / Flickr)

CNPq (Imagem: MCTI / Flickr)

O que disse o CNPq?

O CNPq emitiu um novo comunicado nesta terça-feira (27). Segundo a instituição, a instabilidade que afeta sistemas como Plataformas Lattes (Currículo Lattes, Diretório de Grupos de Pesquisa, Diretório de Instituições e Extrator Lattes) e Carlos Chagas já foi diagnosticada. O conselho diz ainda que iniciou os procedimentos para o reparo:

“O CNPq já dispõe de novos equipamentos de TI e a migração dos dados foi iniciada antes do ocorrido. Independentemente dessa migração, existem backups cujos conteúdos estão apoiando o restabelecimento dos sistemas. Portanto, não há perda de dados da Plataforma Lattes”.

A instituição ainda disse que “o pagamento das bolsas implementadas não será afetado”. Já os prazos de ações relacionadas ao fomento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico estão suspensos e serão prorrogados. A medida também inclui as prestações de contas.

A instituição não deu uma previsão de retorno dos sistemas nem informou o motivo da indisponibilidade. O Tecnoblog entrou em contato com o CNPq, mas, até o momento da publicação, a instituição não respondeu aos nossos questionamentos sobre a indisponibilidade dos sistemas. A matéria poderá ser atualizada no futuro.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

imhotep (@imhotep)

Se eu fosse CEO do Escavador já iria oferecer restore dos dados por 199,99.

Triste fim da ciência brasileira. Antes fosse meramente o acesso ao Lattes.

O buraco é bem mais embaixo!

imhotep (@imhotep)

O CNPq já falou q tem backup e as medidas estão sendo tomadas.

Vamos acompanhar.