Início » Brasil » Leilão da Receita tem 4 mil celulares Xiaomi, iPhones, Xbox Series X e mais

Leilão da Receita tem 4 mil celulares Xiaomi, iPhones, Xbox Series X e mais

Com centenas de produtos, lotes são ideais para quem pretende realizar revenda de smartphones da Xiaomi, iPhones e da nova geração de consoles Xbox

Ana Marques Por

A Receita Federal está com um novo leilão em andamento, com lotes que incluem celulares Xiaomi, iPhones, consoles Xbox Series X e PS5, além de outros itens de informática. Diferentemente de outros leilões realizados pela entidade, nos quais é possível encontrar telefones em lotes a lances iniciais bastante baixos (R$ 300), nesta sessão, a maioria dos lances com eletrônicos parte de R$ 85 mil — mas inclui centenas de produtos, sendo uma boa opção para revendedores.

Redmi Note 9 e Poco X3 da Xiaomi (Imagem: Divulgação / RFB)

Redmi Note 9 e Poco X3 da Xiaomi (Imagem: Divulgação / RFB)

A Receita Federal espera arrecadar no mínimo R$ 8,2 milhões neste leilão, sendo R$ 2,58 milhões só em celulares. Os principais lotes estão em Cascavel (PR). Vale lembrar que os responsáveis pelo arremate devem ter condições de retirar a mercadoria no local, já que a Receita não realiza entregas. As propostas para lances estão abertas até o dia 09 de agosto de 2021 às 21h.

Ao todo, há cerca de 3.800 celulares da Xiaomi disponíveis nos lotes divulgados, incluindo modelos de Redmi Note 9, Poco X3, entre outros. Interessados também encontram aproximadamente 300 iPhones, além de consoles Xbox Series X, PlayStation 5 e Nintendo Switch.

Xbox Series X apreendidos poderão ser revendidos

Vale lembrar que encontrar Xbox Series X no Brasil não é uma tarefa tão simples. Em junho, a Microsoft chegou a anunciar que o console ainda demoraria para voltar a ser comercializado após escassez e alta demanda, e recomendou que os fãs não comprassem de revendedores, que praticam preços exorbitantes.

A verdade é que a empresa enfrenta uma luta global contra os cambistas, que acabam com os estoques do produto para revender a valores muito mais caros. Além disso, a escassez de chips teve bastante impacto sobre a produção de consoles e distribuição em todo o mundo.

Xbox Series X em leilão da Receita Federal (Imagem: Divulgação / RFB)

Xbox Series X em leilão da Receita Federal (Imagem: Divulgação / RFB)

Como funciona o Leilão da Receita Federal?

A Receita Federal realiza leilões com produtos apreendidos por estarem em situação irregular no país, ou por terem sido abandonados — o procedimento se mostrou extremamente lucrativo, e já rendeu mais de R$ 2,6 bilhões nos últimos 10 anos. Os arremates são feitos por meio do Sistema de Leilão Eletrônico (SLE), desenvolvido pelo Serpro.

É possível adquirir produtos como pessoa física (PF) ou jurídica (PJ), e alguns lotes são bloqueados para a compra por PF. Ao realizar um arremate como pessoa física, o indivíduo não pode efetuar a revenda do item.

As mercadorias leiloadas pela Receita Federal não são passíveis de tributos federais, mas há incidência de ICMS sobre o valor do arremate. Veja mais informações neste artigo completo do Tecnoblog.

Leilão da Receita Federal tem iPhones, Xbox Series X e mais

iPhone X, XS e XS Max (Imagem: Divulgação / RFB)

iPhone X, XS e XS Max (Imagem: Divulgação / RFB)

Confira, a seguir, a seleção de produtos realizada pelo Tecnoblog. Vale lembrar que há mais lotes com eletrônicos disponíveis — você pode conferir todos eles, bem como o edital do leilão, por meio do site da Receita Federal. Os lotes selecionados abaixo não estão disponíveis para arremate por pessoa física.

Lote Principais itens Lance mínimo
10 SSDs da Kingston, SanDisk e outras marcas (573 unidades)
– HDs da Seagate, Western Digital e outras marcas (154 unidades)
– pentes de memória da Kingston (300 unidades)
R$ 100.000
11 – celulares Xiaomi, incluindo Note 9 Pro, Redmi Note 8 e outros (411 unidades)
Realme 5 Pro (3 unidades)
R$ 180.000
12 – celulares Xiaomi, incluindo Redmi Note 9, Redmi 9A e outros (384 unidades)
iPhone 6S, 7, 7 Plus, 8, 11 Pro e 12 Pro Max (14 unidades)
R$ 200.000
13 – celulares Xiaomi, incluindo Redmi 9, Redmi Note 8 Pro e outros (307 unidades)
LG K20 (80 unidades)
– CAT S31 (25 unidades)
R$ 180.000
14 – celulares Xiaomi, incluindo Redmi 9S, Poco X3 e outros (299 unidades)
iPhone 7 Plus e 8 Plus (9 unidades)
R$ 185.000
15 – celulares Xiaomi, incluindo Redmi Note 9S, Poco X3 e outros (196 unidades)
– iPhone 7 Plus e 8 Plus (9 unidades)
R$ 140.000
16 – celulares Xiaomi, incluindo Redmi Note 8, Redmi 8 e outros (394 unidades) R$ 190.000
23 – Xbox Series X (10 unidades)
– Xbox One, One S e One X (8 unidades)
Sony PS4 e PS4 Pro (24 unidades)
– Sony PS5 (1 unidade)
Nintendo Switch e Switch Lite (18 unidades)
Amazon Echo Dot (40 unidades)
R$ 85.000
27 – Xiaomi Band 3 e Band 4 (146 unidades)
Apple Watch Series 3, Series 6 e SE (110 unidades)
– dispositivos Amazfit (34 unidades)
R$ 135.000
29 – iPhone X (25 unidades)
iPhone XS (26 unidades)
iPhone XS Max (22 unidades)
R$ 135.000

Colaborou: Felipe Ventura.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Pra retirar no local……

Tudo ultra limitado e difícil, nem a retirada.

Muito amador. Realmente não é prioridade da receita um esquema de leilão desses.

FelipeCG (@FelipeCG)

Claro que dificultam o acesso às mercadorias que leiloam. Só divulgam porque são obrigados.
Esses lotes aí tão tudo com carta marcada para os amiguinhos deles.