Início » Negócios » Azul quer ser “Uber do céu” e faz acordo para comprar 220 aviões elétricos

Azul quer ser “Uber do céu” e faz acordo para comprar 220 aviões elétricos

Azul divulgou acordo de US$ 1 bilhão com Lilium para comprar aviões elétricos eVTOL que fazem decolagem e pouso vertical; confira as possíveis rotas

Lucas Braga Por

Apesar da crise no setor aéreo por conta da pandemia de COVID-19, a Azul anunciou a intenção de comprar 220 novos aviões elétricos da alemã Lilium. Os equipamentos devem entrar na malha de aeronaves da companhia a partir de 2025, com a promessa de conectar centros econômicos, regiões metropolitanas, aeroportos e até mesmo condomínios residenciais.

Aeronave elétrica da Lilium no Rio de Janeiro

Azul anuncia acordo para comprar 220 aviões elétricos (Imagem: Divulgação/Lilium)

As novas aeronaves são do tipo eVTOL, sigla para electric vertical take-off and landing. Isso significa que os novos aviões da Lilium têm capacidade para pousar e decolar verticalmente como helicópteros, o que dispensaria a necessidade de aeroportos e pistas quilométricas como nos jatos tradicionais.

O presidente da Azul, John Rodgerson, afirmou ao Valor que a intenção é criar um novo segmento na companhia aérea com os novos eVTOL da Lilium, com voos mais curtos e conectando centros econômicos, regiões metropolitanas cidades turísticas, condomínios residenciais e aeroportos. “Pode ser o ‘Uber dos céus'”, afirmou o executivo ao jornal.

As rotas dos novos aviões elétricos da Azul

De antemão, a Azul avalia operar os novos eVTOL em rotas como Campinas-Santos, Campinas-Campos do Jordão, São Paulo-São José dos Campos e Rio de Janeiro-Búzios. Note que não há nenhuma rota mais longa, como a ponte aérea Rio-São Paulo; isso porque as aeronaves da Lilium têm autonomia para até 240 km de distância, o que restringe voos mais de maior duração.

Ao contrário de carros elétricos que demoram para recarregar, as aeronaves da Lilium conseguem completar a autonomia completa com apenas 30 minutos no solo. A Azul deverá construir infraestrutura de abastecimento em alguns helipontos e pequenos aeroportos que irão operar com eVTOL.

Os investimentos da Azul para os aviões elétricos da Lilium terão valor total de até US$ 1 bilhão. A companhia enxerga esse modelo como uma oportunidade para reforçar os compromissos de governança ambiental, uma vez que os eVTOL voam com emissão zero de carbono.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando