Início » Computador » O que é CDN? [Rede de distribuição de conteúdo]

O que é CDN? [Rede de distribuição de conteúdo]

Agilidade no carregamento de páginas web e redução de custos; entenda o que é CDN e as vantagens de investir nessa tecnologia

Amanda Machado Por

Oferecer um site com um carregamento rápido é o que todo dono de blog, e-commerce, portal de notícias, site de jogos ou plataforma de streaming deseja, e o que todos os usuários finais esperam. Veja abaixo o que é CDN e como funciona essa solução que permite agilizar a distribuição de conteúdos na internet.

CDN é uma rede que contribui para a distribuição rápida de conteúdos (Imagem: Thomas Jensen / Unsplash)

CDN é uma rede que contribui para a distribuição rápida de conteúdos (Imagem: Thomas Jensen / Unsplash)

O que é CDN?

CDN é uma rede de distribuição de conteúdo, ou seja, corresponde a um grupo de servidores que trabalham de maneira conjunta para entregar conteúdos de internet mais rápidos e com o mínimo de atraso possível.

Desenvolvida há quase 20 anos, a CDN surgiu com o objetivo de facilitar o envio de alta quantidade de dados aos usuários da internet, necessidade da maioria das empresas que dependem dessa entrega.

Como funciona?

Os servidores da CDN são distribuídos geograficamente e estrategicamente nos chamados pontos de presença (PoPs), para estarem mais próximos dos usuários.

Assim, quando um visitante acessa uma página na internet, no lugar do servidor de origem do site enviar todos os dados, uma CDN mais próxima desse visitante faz o trabalho para tornar o processo de carregamento de arquivos HTML, JavaScript imagens e vídeos bem mais ágil.

As CDNs funcionam como uma ponte entre servidor de origem e usuário (Imagem: Reprodução / Cloudflare)

As CDNs funcionam como uma ponte entre servidor de origem e usuário (Imagem: Reprodução / Cloudflare)

Qual a importância da CDN?

A quantidade gigantesca de pessoas acessando a internet e de campanhas publicitárias e sites sendo criados e atualizados constantemente, dificulta cada vez mais a entrega de conteúdos com agilidade em diversas regiões do mundo.

Dessa forma, para que as empresas não percam usuários pela lentidão ou erros de carregamento, as CDNs, devido aos seus servidores de armazenamento e entrega de arquivos em cache (área de memória), melhoram o carregamento dos sites, fazendo a entrega dos conteúdos seguindo a localidade de cada usuário.

Quais benefícios traz ao usuário?

Muito além da melhora no carregamento de páginas web, o que acelera a distribuição de conteúdo e contribui para a permanência dos visitantes por mais tempo nos sites, as CDNs também são vantajosas por:

1. Reduzir os custos de largura de banda

Todo servidor de origem de um site possui uma capacidade de transmissão de conteúdo baseada na quantidade de tráfego que recebe. Justamente pelo armazenamento em cache das CDNs, a quantidade de transmissão de dados que um servidor de origem precisa fazer é reduzida, o que gera mais economia nos custos de hospedagem.

2. Lidar melhor com altas quantidades de tráfego

Uma quantidade maior de tráfego, dependendo da hospedagem do site, pode gerar falhas de hardware que atrapalham o funcionamento. Devido à sua distribuição estratégica, as CDNs conseguem trabalhar bem mesmo com grandes picos de acessos.

3. Garantir a segurança

Por conseguir lidar com tráfegos altos, as CDNs também ajudam a eliminar possíveis ataques DDoS, que aproveitam os limites de capacidade de um servidor de hospedagem para tornar o sistema indisponível. Nesse caso, as redes de distribuição de conteúdo dividem os acessos de maneira equilibrada, além de fornecer gerenciamento e renovação de certificados de segurança.

Com informações: Claoudflare e CDNertworks.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando