Início » Internet » Conheça o e-mail do Facebook, que “não é um e-mail”

Conheça o e-mail do Facebook, que “não é um e-mail”

Por
9 anos atrás

Esse rumor já vem de algum tempo: o Facebook estaria trabalhando em um sistema de e-mail que daria trabalho ao Google, já que chegaria como principal concorrente do Gmail. A história, no entanto, é outra: a rede social anunciou nessa semana uma central de mensagens que pretende unificar as mensagens de e-mail, os SMS e o chat feito a partir do website.

Parece simples, mas muita engenharia foi envolvida na concepção do Facebook Messages.

Facebook Messages em funcionamento (divulgação/Facebook) | Clique para ampliar

O principal responsável pelo Facebook Messages, Andrew Bozworth, explicou que até hoje a avó dele guarda as cartas que trocou com o esposo durante a vida. Boz, como é conhecido, faz um paralelo com os dias de hoje e afirma: nós não temos esse tipo de coisa. O que não deixa de ser uma verdade, claro. Para solucionar essa falta de histórico, o FB Messages agrupa os mais variados tipos de interações humanas na rede social.

A partir de uma mesma página, o usuário seleciona aquele contato com quem quer falar. Antes seria necessário informar se quer mandar um e-mail ou iniciar um bate-papo, mas com o novo Facebook Messages tudo fica mais fácil. A premissa da ferramenta é permitir que as pessoas se comuniquem entre si, sem nem tomar conhecimento do meio pelo qual estão se falando. Por exemplo, se o seu irmão só usa SMS, enquanto a sua avó é adepta do e-mail, isso não vai fazer a menor diferença quando ambos estiverem no Facebook.

Para isso, será preciso manter as informações do Facebook atualizadas, de modo que o serviço consiga encontrar os contatos no e-mail ou no celular.

O Facebook jura que o Facebook Messages não é um serviço de e-mail, mas faz questão de oferecer um endereço @facebook.com para todos aqueles usuários que tiverem interesse. A diferença está na Social Inbox, a central de mensagens do FB Messages. Por padrão, ela vai exibir somente os e-mails enviados por amigos ou amigos de amigos, limitando muito as chances do usuário receber um spam ou corrente de uma pessoa desconhecida. Os ajustes de privacidade, no entanto, permitem bloquear e autorizar mensagens de pessoas conhecidas (ou não).

Outro ponto que a rede social defende é o contexto: as mensagens serão agrupadas por nome de contato, e não por assunto. Isso significa que, não importa se a mensagem chegar por e-mail, SMS ou chat, ela vai aparecer nesse histórico. A visualização será similar à de troca de SMS do iPhone, com direito a ícones indicando por qual meio aquela interação foi feita.

Abaixo você confere o vídeo de divulgação do Facebook Messages, em inglês:


(YouTube)

Mais sobre: , , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.