Início » Telecomunicações » O preço do streaming: Netflix, Globoplay, Disney+ e outros já somam R$ 300 ao mês

O preço do streaming: Netflix, Globoplay, Disney+ e outros já somam R$ 300 ao mês

Veja preços da Netflix, Globoplay, Amazon Prime Video, HBO Max, Disney+, Star+, Telecine, Crunchyroll, Funimation, Mubi e DirecTV Go no Brasil em 2021

Felipe Ventura Por

Um levantamento do Tecnoblog mostra que a Netflix custa o mesmo que até 3 streamings rivais no Brasil. Há uma enorme quantidade de concorrentes, indo dos mais conhecidos – Globoplay, Amazon Prime Video, Disney+, HBO Max – até os mais nichados como Funimation e Mubi. Escolher entre eles vem se tornando algo cada vez mais difícil; por isso, reunimos os principais detalhes de cada serviço, incluindo qualidade de vídeo (resolução), número máximo de telas simultâneas e preços de planos mensal e anual em 2021.

Netflix, Amazon Prime Video, Disney+, Apple TV+ e Globoplay em TV da Samsung (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Netflix, Amazon Prime Video, Disney+, Apple TV+ e Globoplay em TV da Samsung (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Para dar uma ideia de como os streamings de vídeo se multiplicaram no Brasil, fizemos um cálculo simples: considerando 14 serviços diferentes, o total mensal chega a até R$ 333,90. Entraram na conta:

  • Netflix Premium (4 telas, até 4K HDR): R$ 55,90
  • Amazon Prime Video: R$ 9,90
  • HBO Max multitelas: R$ 27,90
  • Disney+ e Star+: 45,90
  • Globoplay + Telecine: R$ 49,90
  • Apple TV+: R$ 9,90
  • Crunchyroll Mega Fan: R$ 32
  • Funimation: R$ 24,90
  • Mubi: R$ 27,90
  • Paramount+: R$ 19,90
  • Starz Play: R$ 14,90
  • MGM: R$ 14,90

E, levando em conta somente os serviços mais populares, o preço fica em até R$ 137,60 por mês, algo próximo da TV a cabo: essa é a soma da Netflix, Prime Video, HBO Max e combo Globoplay + Disney+. (Só este último sai por R$ 43,90 mensais.)

Telecine, Funimation, Disney+, Globoplay e mais streamings na Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Telecine, Funimation, Disney+, Globoplay e mais streamings na Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Streaming pode sair de graça

Comparar preços de streamings no Brasil não é exatamente fácil, porque existem diversos fatores a se considerar. Além dos planos mensais vs. anuais, há alguns serviços que oferecem valores especiais para estudantes (como o Mubi) ou benefícios adicionais – caso do Globoplay, que dá um ano grátis de Deezer Premium.

É possível pagar menos – ou não pagar nada! – graças a ações promocionais de parceiros. Por exemplo, o Mercado Livre tem o programa de fidelidade Mercado Pontos que oferecia Disney+ e Star+ sem custo adicional no Nível 6 até o mês de setembro.

Alguns streamings vêm inclusos em planos pós-pagos ou de internet fixa, tal como o Paramount+ no Vivo Fibra. Temos ainda o DirecTV Go, serviço de IPTV, que dá HBO Max por dois anos para quem assinar até 30 de outubro de 2021.

Alguns desses serviços estão disponíveis em bundles: é o caso do Disney+ com Star+ ou Globoplay com Telecine, por exemplo. Há ainda os streamings que acompanham um pacote mais amplo: temos o Prime Video, que faz parte do Amazon Prime; e o Apple TV+, que vem com o Apple One. É o que discutimos no Tecnocast 170:

Isso sem contar o comportamento do consumidor: há pessoas que dividem a mesma conta, o que reduz o custo – mas pode violar os termos de uso. E temos o povo pão-duro (como eu) que cancela e volta a assinar quando necessário.

Além disso, é importante apontar que o Prime Video só consegue ser tão barato porque está dentro de um modelo de negócios diferente. A assinatura serve para estimular usuários a adotarem o ecossistema da Amazon, especialmente as compras na loja online; tanto que algumas pessoas nem sabem que o Prime Video está incluso no Amazon Prime.

Preços da Netflix e rivais de streaming no Brasil

O Tecnoblog reuniu os preços da Netflix e de seus principais concorrentes no Brasil; confira na tabela abaixo:

Serviço de streamingPreço do plano mensalPreço do plano anualTelas simultâneasResolução máxima
Netflix• Básico: R$ 25,90 por mês
• Padrão: R$ 39,90 por mês
• Premum: R$ 55,90 por mês
(não disponível)• Básico: 1 tela
• Padrão: até 2 telas
• Premium: até 4 telas
• Básico: SD (480p)
• Padrão: Full HD
• Premium: 4K
Amazon Prime VideoR$ 9,90 por mêsR$ 89 por anoaté 3 telas4K
HBO Max• Mobile: R$ 19,90 por mês
• Multitelas: R$ 27,90 por mês
• Mobile: R$ 169,90 por ano
• Multitelas: R$ 239,90 por ano
• Mobile: 1 tela
• Multitelas: até 3 telas
• Mobile: SD (480p)
• Multitelas: HD, 4K em títulos selecionados
Disney+ e Star+• Disney+: R$ 27,90 por mês
• Star+: R$ 32,90 por mês
• Combo+: R$ 45,90 por mês
• Disney+: R$ 279,90 por ano
• Star+: R$ 329,90 por ano
• Combo+: R$ 495,90 por ano
• Disney+: até 4 telas
• Star+: até 4 telas
4K
GloboplayR$ 22,90 por mêsR$ 238,80 por anoaté 5 telasHD, 4K em títulos selecionados
Globoplay + Disney+R$ 43,90 por mêsR$ 454,80 por ano• Globoplay: até 5 telas
• Disney+: até 4 telas
4K
Globoplay + canais ao vivoR$ 49,90 por mêsR$ 514,80 por anoaté 5 telasHD, 4K em títulos selecionados
Globoplay + TelecineR$ 49,90 por mês(não disponível)• Globoplay: até 5 telas
• Telecine: até 3 telas
• Globoplay: HD, 4K em títulos selecionados
• Telecine: Full HD
TelecineR$ 37,90 por mês(não disponível)até 3 telasFull HD
Apple TV+R$ 9,90 por mêsR$ 99,90 por anoaté 6 telas4K
Crunchyroll• Fan: R$ 25 por mês
• Mega Fan: R$ 32 por mês
Mega Fan: R$ 315 por ano1 telaFull HD
Funimation (Premium Plus)R$ 24,90 por mêsR$ 249 por anoaté 5 telasFull HD
MubiR$ 27,90 por mês
(R$ 16,90 para estudantes)
R$ 202,80 por ano
(R$ 199,90 via gift card)
até 2 telasHD
Paramount+R$ 19,90 por mês(não disponível)não especificadoHD
Starz PlayR$ 14,90 por mês (seis primeiros meses por R$ 9,90 cada pela Vivo)(não disponível)até 4 telasHD
DirecTV Go (com 2 anos de HBO Max)R$ 69,90 por mêsR$ 699 por ano• DirecTV Go: até 2 telas
• HBO Max: até 3 telas
• DirecTV Go: HD
• HBO Max: HD, 4K em títulos selecionados
Preços consultados em 4 de outubro de 2021.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Na minha opinião, não é necessário assinar todos os serviços de streaming. Basta assinar um ou dois e focar em assistir a tudo que tem interesse. Quando não houver mais o que assistir, cancela e assina outros e assim sussetivamente.

João Almeida (@Joao_Almeida)

Virou uma grande palhaçada e os conteúdos estão em migalhas em cada um desses serviços. O streaming de vídeo tinha tudo pra ser como o de música mas a indústria de vídeo sempre foi uma baderna mesmo.

Porém, pra mim, a Netflix ganha de disparada. Oferece os melhores conteúdos originais, experiências com o usuário (eventos, brindes) e o melhor app.

Donattelo Games (@Donattelo)

Sugiro pesquisarem sobre o Kotas, um site que ajuda a galera a compartilhar os custos das mensalidades dos serviços de streaming. Muitos deles incentivam e autorizam o compartilhamento, então acaba saindo bem mais em conta.

Diego M. Viegas (@Diego_Viegas)

Complicado colocar um serviço desses na fogueira ou escolher um como sendo o melhor absoluto. Os catálogos são diferentes, vai do gosto de cada pessoa. Mas temos que levar em conta a questão técnica, e nesse ponto o Netflix passa na frente da concorrência. Nesse último reajuste de preços deles eu estive bem próximo de cancelar, só não o fiz por conta da já citada qualidade técnica e também o catálogo, que possui a maior quantidade de coisas que me interessa. Dos outros que tenho hoje:

Prime Video - só tenho porque é muito barato, mas não gosto das gambiarras que costumam fazer no catálogo com títulos não originais. Muitas vezes já me deparei com filmes dublados sem opção de áudio original e resolução zuada. Isso sem contar a decepção que é quando encontro aquele filme que eu estava procurando e descubro que para poder assistir preciso assinar outro serviço (Paramount, MGM, Starz, etc); HBO Max - outro que mantenho mais por causa do preço (peguei aquela promoção de 50% off) e também para assistir as séries do Arrowverse que estão lá, além de outras séries e filmes que me interessaram; Disney Plus - quem usa esse é a minha mãe, assisti pouca coisa lá porque realmente pouca coisa me interessa no catálogo. Tenho ele por causa do combo com Star+ do Mercado Livre, que faz os dois serviços ficarem extremamente baratos; Star Plus - esse sim me interessa bastante no catálogo, principalmente por Simpsons e seus derivados, apesar de a qualidade técnica deixar um pouco a desejar em alguns momentos; Globoplay - esse atualmente é o único que eu tenho compartilhado pelo Kotas, mas às vezes me pergunto se vale a pena manter apesar do baixo custo. O catálogo on demand é predominantemente de novelas, com alguns filmes e séries gringas. A transmissão dos canais ao vivo é algo sofrível, parece até aqueles IPTVs pirata com tanto travamento, e canais como Megapix não possuem opção de audio original;

Se eu for cancelar algum hoje, certamente seria um desses que eu listei. Netflix, atualmente, é o que eu tenho menos chances de cancelar. Já usei mais serviços compartilhados no Kotas, mas minhas experiências não foram muito boas; são poucas as pessoas que seguem a filosofia do “use bem para usar sempre”.

🤷‍♀️ (@xavier)

Minha situação é bastante parecida com a sua.

Prime Vídeo eu tenho mais por conta do frete grátis do que os filmes e séries.
HBO Max só por conta do desconto de 50%.
Disney e Star porque é free, mas definitivamente não assinaria.
E Netflix eu cancelei porque mesmo ela tendo o maior catálogo e a melhor experiência de uso, acho que o preço cobrado no Brasil não é competitivo o bastante. Voltarei a assinar apenas quando juntar títulos que queira assistir, usarei 1 ou 2 meses e cancelo novamente.

Gustavo Guerra (@GustavoGuerra)

Eu não cancelo a Netflix porque considero ela o serviço base, ou seja, tem de tudo um pouco. Além disso, entre todos os serviços, ninguém supera a enxurrada de lançamentos que ela faz.

Usufruindo dos pontos do Mercado Livre tenho agora de graça Disney+ e Star+, sendo que o primeiro eu já era assinante por ser grande fã de animações, Star Wars e Marvel.

Faz tempo que não vejo nada no Prime Video, mas como o Amazon Prime é barato e me entrega outros benefícios, nem considero me desfazer deles.

Último que peguei foi a HBO Max, o objetivo era principalmente ver a nova temporada de Rick And Morty que eu maratonei na Netflix. Agora que eu acabei não me importaria em cancelar o serviço, ainda acho o catálogo bem fraco, mas o conteúdo esportivo agrada meu pai, então seguimos.

A conclusão disso tudo é que o streaming é mesmo a nova TV à cabo, com todas as gigantes apostando em soluções próprias ao invés de ganhar via royalties como no Spotify, para assistir conteúdos pontuais você acaba assinando vários serviços e levando um enxurrada de coisas que não lhe interessa junto.