Início » Negócios » Mercado Livre vai abrir mais dois armazéns no Brasil para acelerar entregas

Mercado Livre vai abrir mais dois armazéns no Brasil para acelerar entregas

Mercado Livre vai inaugurar dois CDs no Brasil: um em Franco da Rocha (SP) e outro em Belo Horizonte (MG); ambos no modelo full

Darlan Helder Por

O Mercado Livre anunciou nesta quarta-feira (11) a abertura de mais dois armazéns no Brasil para agilizar as entregas de produtos. Os novos CDs no modelo fulfillment (full) serão instalados em Franco da Rocha (SP) e em Belo Horizonte (MG). Somado a isso, a empresa espera ter 16 mil colaboradores no país atuando na área logística até o final deste ano.

Mercado Livre
Pacote do Mercado Livre (Imagem: Divulgação)

Os novos centros anunciados hoje funcionarão em fulfillment, modelo que permite aos lojistas parceiros armazenarem seus produtos ainda não vendidos em galpões do Mercado Livre. Com isso, o próprio ML fica responsável pelo empacotamento e envio ao consumidor. A empresa lembra que os outros armazéns full, em Governador Celso Ramos (SC), Cajamar (SP) e em Extrema (MG), oficializados no ano passado, já estão em funcionamento.

Mercado Livre vai abrir novos armazéns em SP e em MG

Ainda este ano, o Mercado Livre espera abrir um centro de distribuição em Franco da Rocha, no estado de São Paulo. O segundo, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), será inaugurado em algum momento de 2022. Eles também anunciaram a abertura de mais 26 service centers no país ao longo deste ano. Com o investimento feito, a companhia já diz oferecer a entrega de um dia para pouco mais de 2 mil cidades no Brasil.

Centro de distribuição do Mercado Livre em Cajamar (Imagem: Divulgação/Mercado Livre)
Centro de distribuição do Mercado Livre em Cajamar (Imagem: Divulgação/Mercado Livre)

Outros investimentos para a categoria fulfillment foram apresentados. O primeiro objetivo é ampliar o prazo de compras com entregas no mesmo dia para até às 13h; hoje o limite está em 11h. A empresa não informou quando a ampliação irá ocorrer, mas garantiu ser ainda em 2021. O Mercado Livre planeja abrir mais 3 mil agências próprias e aproximadamente 50 novas “carretas sustentáveis” entrarão em circulação.

“Com a ampliação da capacidade logística e a internalização de parte de nossa mão de obra, fomentamos grandemente a geração de empregos nas regiões impactadas. Contratamos em todo o Brasil para entregar a todos os brasileiros”, garante Leandro Bassoi, VP de logística do Mercado Livre na América Latina. A empresa espera contratar 6 mil pessoas em 2021, fechando o ano com 16 mil funcionários nessa área.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
12 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Islan Oliveira (@Islan_Oliveira)

Abrir CD no Nordeste pra baratear o frete que é bom, nada.

William S. (@ouileeam)

Pois é, enquanto isso na Amazon segue arrasando na logística.