Início » Aplicativos e Software » Start11 para Windows 11 traz menu Iniciar clássico de volta

Start11 para Windows 11 traz menu Iniciar clássico de volta

Disponível para Windows 11 e 10, Start11 oferece ferramentas para personalizar e utilizar o menu Iniciar de versões anteriores do sistema da Microsoft

Bruno Gall De Blasi Por

O novo menu Iniciar é uma das novidades do Windows 11 que mais chamou a atenção do público. A mudança, por outro lado, não agradou a todos os usuários do sistema operacional da Microsoft. Mas existe uma alternativa para trazer o menu Iniciar clássico de volta através de um programa conhecido como Start11, desenvolvido pela Stardock.

Start11 (Imagem: Divulgação/Stardock)
Start11 (Imagem: Divulgação/Stardock)

Anunciado pela Stardock nesta semana, uma empresa que prepara soluções para quem deseja personalizar o Windows, o software dá acesso ao Iniciar de versões anteriores do Windows. Além disso, a ferramenta, que ainda está em fase experimental (beta), oferece outras opções para personalizar o menu do sistema operacional da Microsoft.

Start11 traz menu Iniciar do Windows 7 e 10 de volta

O Start11 permite que o usuário opte pelo menu do Windows 7, por exemplo. O aplicativo ainda tem suporte ao modo escuro (dark mode) e permite customizar outros recursos do sistema operacional. Entre as funcionalidades disponíveis, está a opção para alterar o plano de fundo da barra de tarefas para deixá-la mais a cara do usuário.

“O Start8 e Start10 focaram na restauração de versões anteriores do menu Iniciar”, anunciou Brad Wardell, CEO da Stardock, nesta terça-feira (10). “O Start11 estenderá isso para oferecer suporte a uma série de novas ideias do menu Iniciar, como o conceito de páginas, guias, minimalismo e recursos para nossos clientes empresariais”.

Start11 tem opções para customizar barra de tarefas (Imagem: Divulgação/Stardock)
Start11 tem opções para customizar barra de tarefas (Imagem: Divulgação/Stardock)

O Start11 é uma saída para quem não se adaptou a todas as novidades do Windows 11. Anunciada em junho, a nova versão do sistema operacional traz alterações significativas tanto no visual e em recursos do Iniciar. A próxima geração do software da Microsoft ainda está de cara nova e terá integração com o Teams, modo foco e mais.

O programa é compatível com Windows 10 e Windows 11, mas ainda está na versão beta. O software já se encontra à venda por R$ 27,99 no site dos desenvolvedores.

Com informações: Stardock, The Verge e XDA-Developers

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
12 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

John Smith (@john)

2021 e ainda querem o Menu Iniciar do Windows 7 de volta? Segue em frente, povo…

Eu sempre gostei de personalizar meus dispositivos e fui muito resistente a mudanças assim, portanto entendo bem o interesse em fazer isso. Só que chega num ponto que a gente fica remando demais contra a maré e é melhor abraçar certas mudanças.

Pessoalmente acho que está sendo um desperdício a MS abandonar as Live Tiles e ao invés de torná-las mais úteis e interativas (leia-se: widgets), preferiu matá-las e separar os widgets do Menu Iniciar. Eu já achei uma bosta quando a pesquisa foi separada…

John Smith (@john)

Tudo que eu quero é uma opção pro Menu Iniciar (e outros botões como Pesquisa, Visão de Tarefas) ficar onde SEMPRE ficou e deixar somente os ícones de aplicativos centralizados.

Fica muito mais harmonioso visualmente do que ter a quina esquerda da Barra de Tarefas em branco.

² (@centauro)

A tecnologia pode ser, mas não precisa ser progressista para usar a tecnologia, ainda mais algo tão prevalente quanto o Windows.