Início » Negócios » AliExpress abre marketplace para todos os vendedores no Brasil

AliExpress abre marketplace para todos os vendedores no Brasil

Brasileiros que comprarem de vendedores nacionais têm frete grátis para compras de no mínimo R$ 50; lojistas devem ter comissão de até 8% sobre vendas

Pedro Knoth Por

Lojistas do Brasil agora têm acesso ao marketplace do AliExpress, braço de varejo eletrônico do grupo chinês Alibaba. A rede anunciou que a abertura da loja virtual vai beneficiar vendedores brasileiros com o tráfego de milhões de usuários mensais — além de prometer isenção de frete para compras de pelo menos R$ 50 e quando o produto não tiver “peso excessivo”. Em junho, a empresa prometeu entregas internacionais dentro de uma semana.

App do AliExpress para Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
App do AliExpress para Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Dentro do Brasil, a entrega de produtos dos vendedores nacionais será coordenada pela filial de logística do AliExpress, a Cainiao. Os técnicos da empresa de delivery serão encarregados de “adicionar tecnologias avançadas do grupo Alibaba no Brasil e coordenar os serviços prestados por diversos parceiros locais”, diz a varejista chinesa em comunicado nesta terça-feira (17).

O cadastramento de lojistas brasileiros na plataforma 3P está sujeito à aprovação do AliExpress — a varejista só aceitará, inicialmente, vendedores com CNPJ. Segundo a empresa, essa é uma “forma de controlar a qualidade dos serviços oferecidos na plataforma AliExpress”.

Vendedores brasileiros vão pagar comissões de 5% a 8%

O AliExpress afirma que vai oferecer aos lojistas brasileiros comissões que variam de 5% a 8% sobre faturamento com vendas do marketplace. Além da vantagem de ter acesso à base de usuários da plataforma, os vendedores podem usar a malha logística oferecida pela Cainiao para a entrega de produtos pelo Brasil.

A varejista chinesa ressalta que o frete será gratuito para compras de no mínimo R$ 50 reais, e no caso de a mercadoria não ultrapassar ‘peso excessivo”:

“O serviço de entregas do AliExpress permitirá frete gratuito para todo o território nacional nas vendas de lojistas brasileiros para consumidores localizados no Brasil. O frete não terá custo sempre que o valor da compra for de pelo menos R$50 e caso o produto enviado não tenha peso excessivo.”

Pagamentos dentro do marketplace do AliExpress serão mais rápidos que a média do mercado, segundo a empresa, e lojistas poderão sacar dinheiro das vendas diariamente e sem custos adicionais.

AliExpress fará evento com executivos da empresa no Brasil

Vendedores que abrirem conta no marketplace terão acesso às ferramentas de marketing digital da companhia, caso queiram impulsionar vendas por meio de anúncios; ao realizar o cadastro, o lojista também cria conta na Universidade AliExpress, que oferece cursos técnicos de marketing digital em português. O serviço inclui assistência técnica disponível 24 horas durante a semana.

Para acompanhar a abertura do marketplace a vendedores brasileiros, o AliExpress
vai realizar, no dia 1º de setembro às 9h, uma “Conferência de Vendedores” online e gratuita com representantes executivos e técnicos em vendas da companhia no Brasil.

As inscrições para a “Conferência de Vendedores” podem ser feitas no portal de sellers do AliExpress.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Oliveira (@marcosoliveiran)

O texto ficou confuso em alguns trechos. O frete será grátis para produtos abaixo de R$50,00 ou a partir de R$50,00? Em alguns momentos tive a impressão de ter tido as duas interpretações.

Pedro Knoth (@pknoth)

Olá, @marcosoliveiran. Boa tarde. Tudo bem contigo?

Correto, o texto ficou confuso mesmo. Depois que você apontou os erros, eles foram corrigidos.
De fato, o frete é gratuito para compras de pelo menos R$ 50, dependendo do peso do produto.

Obrigado pela correção e pela leitura

Eu (@Keaton)

Vendedores brasileiros vão pagar comissões de 5% a 8%

Agora sim! Poderemos comprar as coisas que vem da China via AliExpress com um precinho bem brasileiro no Brasil usando o AliExpress…

Falando sério, dependendo até vai compensar… mas eu dúvido muito que no Brasil vai ter tinteiro, tinta, modelos e essas coisas que eu gosto…