Início » Jogos » Xbox Series X e S recebem corte de preço após redução de impostos

Xbox Series X e S recebem corte de preço após redução de impostos

Xbox Series S e Xbox Series X passam a ficar mais baratos no Brasil após redução do IPI anunciada pelo governo nas últimas semanas

Felipe Vinha Por

O Xbox Series S e Xbox Series X ficaram mais baratos no Brasil. A Microsoft seguiu de perto o que já foi feito na linha PlayStation e reduziu o preço dos seus atuais consoles e também dos acessórios após o corte do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de jogos eletrônicos e acessórios, feito pelo governo. Os novos preços começam em R$ 2.649.

Novos preços dos Xbox no Brasil (Imagem: Divulgação/Microsoft)

“Após o aviso de redução de impostos, estamos ajustando nossos preços para fornecer aos fãs a melhor experiência de jogo a um preço competitivo. Nossa mudança de preço será refletida assim que novos produtos chegarem às lojas”, informa a Microsoft, em seu comunicado oficial.

Vale lembrar, porém, que o estoque dos novos Xbox segue com grande falta no Brasil. O Xbox Series S ainda pode ser encontrado com alguma procura, mas o Series X está há meses sem receber uma nova leva de unidades no mercado nacional.

Novos preços do Xbox no Brasil

Após as mudanças, e com estoque renovado, estes serão os valores sugeridos praticados por aqui:

  • Xbox Series X: de R$ 4.599 por R$ 4.349
  • Xbox Series S: de R$ 2.799 por R$ 2.649
  • Controles Sem Fio Xbox Shock Blue, Pulse Red & Electric Shock: de R$ 599 por R$ 549
  • Controle Sem Fio Xbox + Cabo USB-C: de R$ 529 por R$ 479
  • Controles Sem Fio Preto e Branco: de R$ 499 por R$ 459

Os valores devem ser praticados por grandes varejistas e lojas parceiras da Microsoft.

Redução de IPI

A redução de IPI pelo governo, de acordo com a Secretaria Geral da Presidência da República, tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento do segmento no país.

Entre 2018 e 2019, estes impostos eram de, respectivamente, 50%, 40% e 20%, hoje são 20%, 12% e 0%. De lá para cá o governo Bolsonaro reduziu estes números em alguns momentos. A união informou ainda que essa desoneração implicará uma redução de arrecadação de R$ 82,9 milhões em 2021. Para 2022, a estimativa da redução de tributação é de R$ 119,5 milhões. Como se trata de decreto, não precisou ser aprovada pelo Legislativo e entrou em vigor assim que anunciada.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Boa notícia, agora é saber se as lojas vão repassar a redução no preço mais uma vez. Ah se fosse assim em todos os setores, o que mais tem é empresário que reclama, com razão, da carga tributária absurda, mas quando por um milagre ocorre redução, ele não a repassa ao consumidor.

André (@andre00)

Essa semana mesmo vi promoção do Series S por ~R$ 2200 (acabou em minutos). Com essa redução de preço é possível que apareça abaixo dos R$ 2 mil em breve.

Estou achando essa geração bem fraca por enquanto. Até agora não apareceu nada que me faça ter vontade de comprar um PS5 ou um Series X/S (ainda mais por esses preços absurdos).

Higo Ferreira (@higoff)

Não que eu seja contra redução de impostos, mas reduzir imposto de um videogame que eu não consigo comprar nem que eu queira pq não há estoque disponível e esquecer da gasolina, do gás de cozinha, do preço da carne…
Em plena pandemia, governo nenhum joga para perder. Redução de impostos no valor do combustível (que impacta em MUITA coisa em nossas vidas) ninguém quer, mas no videogame já temos a segunda em menos de um ano. Pra q isso? Cortina de fumaça?
Será q estamos mesmo ganhando algo na prática com essa redução?

Mickey Sigrist (@Mickey)

Queria mesmo é redução no preço dos combustíveis, dos alimentos, da energia elétrica. Isso sim impacta de verdade na minha vida. Bacana reduzir o IPI dos videogames, no entanto não é isso que impacta 99% da população brasileira.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Justamente por isso reduziram. Essas coisas grandes, precisam de bem mais que uma canetada ou boa vontade. É uma briga entre estados, municípios e Brasília.