Início » Jogos » eFootball faz acordo com MLSPA para evitar problemas com jogadores

eFootball faz acordo com MLSPA para evitar problemas com jogadores

eFootball deve vir com acordo da liga norte-americana para representar seus jogadores e evitar problemas similares ao que FIFA teve no ano passado

Felipe Vinha Por

eFootball, novo game de futebol da Konami, deve resolver e evitar possíveis problemas com imagens de jogadores reproduzidos no jogo, ao menos entre a liga norte-americana. A empresa anunciou uma parceria oficial e plurianual com a MLSPA (MLS Players Association) e a OneTeam, para representar licenciamento de participantes da associação envolvida na Major League Soccer dos Estados Unidos.

eFootball cria parceria com liga norte-americana (Imagem: Divulgação/Konami)

A parceria dará à Konami o direito de apresentar os nomes, números, imagens e semelhanças dos jogadores no eFootball, válido para todo o território americano, incluindo a versão que deve sair no Brasil.

O acordo prevê a lista completa de jogadores da MLSPA para a série eFootball, além de 11 embaixadores da associação, incluindo Jonathan Dos Santos, Josef Martinez e Eduard Atuesta, que participarão de campanhas e vídeos promocionais, em geral.

Os 11 embaixadores serão:

  • Efraín Álvarez (Los Angeles Galaxy)
  • Eduard Atuesta (Los Angeles FC)
  • Caden Clark (New York Red Bulls)
  • Cade Cowell (San Jose Earthquakes)
  • Jonathan Dos Santos (Los Angeles Galaxy)
  • Jesús Ferreira (FC Dallas)
  • Tony Leone (Los Angeles FC)
  • Josef Martinez (Atlanta United)
  • Andrés Perea (Orlando City)
  • Cristian Roldan (Seattle Sounders FC)
  • Yeferson Soteldo (Toronto FC)

A OneTeam Partners, “irmã” de licenciamento de jogadores em grupo da MLSPA, facilitou a nova parceria. A OneTeam é uma empresa esportiva global que libera o poder coletivo dos atletas de nível internacional para impulsionar negócios por meio de licenciamento, marketing, mídia e empreendimento em grupo.

Vale lembrar que eFootball deve sair ainda este ano e será de graça. O jogo será lançado no PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series X|S, Xbox One e Windows 10. Versões de Android e iOS também estão previstas.

Processo contra FIFA

Há alguns meses os fãs de jogos de futebol encararam notícias de jogadores que resolveram processar produtoras, como aconteceu com a EA e FIFA 21. Tudo começou em novembro, quando Zlatan Ibrahimović, centroavante do Milan, reclamou em seu Twitter sobre o uso de sua imagem dentro do game – ele não fazia ideia de que isso estava acontecendo e, portanto, não autorizou a reprodução eletrônica de seus traços. A partir daí, outros atletas questionaram a mesma situação.

Gareth Bale, ponta do Tottenham, foi outro que entrou no barco das reclamações e publicou no Twitter: “Interessante… O que é o FIFpro?”, acompanhado da hashtag #TimeToInvestigate, ou hora de investigar. Bale, inclusive, já foi capa do FIFA 14. Na ocasião a EA se defendeu das acusações.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando