Início » Celular » Xiaomi marca evento para setembro e pede homologação para Mi 11T Pro 5G

Xiaomi marca evento para setembro e pede homologação para Mi 11T Pro 5G

Xiaomi Mi 11T Pro 5G deve ser lançado no próximo mês com tela de 120 Hz e Snapdragon 888; celular deve ter preço acessível apesar de especificações robustas

Ana Marques Por

A Xiaomi anunciou nesta segunda-feira (23) a realização de um evento em 15 de setembro, no qual a empresa deve apresentar seu próximo smartphone premium acessível, o Mi 11T Pro 5G. O provável sucessor do Mi 10T Pro já passou por homologação na Tailândia, e deve trazer o processador Qualcomm Snapdragon 888, além de tela AMOLED com taxa de atualização de 120 Hz, assim como o Xiaomi Mi 11.

Mi 10T Pro (Imagem: divulgação/Xiaomi)
Mi 10T Pro deve ganhar sucesso Mi 11T Pro 5G em setembro (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Certificado com o número de modelo 2107113SG, a versão global do Mi 11T Pro deve trazer ainda uma bateria de 5.000 mAh com carregamento rápido de 120 W, como o Mi 10 Ultra. Espera-se ainda que o telefone tenha câmera principal de 108 megapixels.

Xiaomi Mi 11T também deve ser lançado em setembro

Além do Mi 11T Pro 5G, a Xiaomi deve apresentar o modelo mais modesto, Mi 11T, durante o evento do dia 15 de setembro. A ficha técnica do smartphone pode contar com câmera tripla, com sensor principal de 64 megapixels — o restante do conjunto incluiria uma lente ultrawide de 8 MP e uma telemacro com zoom de 3x.

O celular deve funcionar com o chip MediaTek Dimensity 1200 e uma tela OLED de 120Hz, o que é uma evolução em relação ao Mi 10T Pro, que tinha display LCD.

Os celulares que têm a variante “T” no nome costumam atrair consumidores devido a um custo-benefício melhor, resultado de especificações robustas com corte de custos em certos detalhes, proporcionando preços mais baixos.

Foi assim com a linha Xiaomi Mi 10T, e espera-se que a história se repita com a chegada dos novos derivados da linha Xiaomi Mi 11 — vale lembrar que o Mi 11 convencional desembarcou no Brasil por R$ 8 mil.

Além disso, não será uma surpresa se a Xiaomi optar por adotar o nome Redmi K40S na China — o Mi 10T chegou ao mercado chinês como Redmi K30S.

A cobertura do lançamento da linha Mi 11T, no dia 15 de setembro, você acompanha aqui, no Tecnoblog.

Com informações: Gizmochina e Android Central

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando