Início » Aplicativos e Software » YouTube começa a liberar modo picture-in-picture no iPhone e iPad

YouTube começa a liberar modo picture-in-picture no iPhone e iPad

Por enquanto, picture-in-picture (PiP) do YouTube no iPhone está limitado a usuários Premium e precisa ser ativado

Emerson Alecrim Por

Sem fazer barulho, o Google começou a liberar, em junho, o picture-in-picture (PiP) do YouTube no iPhone. Esse é um recurso que exibe um miniplayer de um vídeo sobre outros apps abertos. É uma função útil, mas, na ocasião, restrita aos Estados Unidos. Não mais: usuários em outros países já podem testar a novidade.

Picture-in-picture do YouTube no iPhone (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Picture-in-picture do YouTube no iPhone (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

O PiP do YouTube foi liberado para iOS de modo global, mas não estamos falando de um recurso nativo. Ainda não. Para ativá-lo, você deve ser assinante do YouTube Premium. Além disso, é necessário acessar o endereço youtube.com/new e rolar a página para encontrar a opção “Picture-in-picture no iOS”.

Ali, clique em “Fazer um teste”. Pronto, o PiP está habilitado. Agora é só abrir o YouTube para usufruir da novidade. Bom, isso se o recurso funcionar de primeira. Se não for o seu caso, a dica é desinstalar e reinstalar o aplicativo do YouTube (foi assim que o PiP funcionou por aqui).

Como usar o PiP do YouTube no iPhone

Na verdade, o PiP do YouTube é esperado desde 2020, quando a Apple anunciou esse tipo de recurso como uma das novidades do iOS 14. Desde então, era possível rodar o YouTube em modo PiP, mas apenas no navegador e, novamente, em contas Premium.

Com a chegada do recurso ao aplicativo do serviço, tudo fica mais fácil: quando estiver reproduzindo um vídeo, basta arrastá-lo para cima para fechar o app e o miniplayer ser carregado.

Funciona? Funciona. O miniplayer flutua na parte superior ou inferior da tela. Mas como a funcionalidade está em desenvolvimento, problemas variados podem ocorrer. O próprio Google faz um alerta sobre uma falha já identificada:

Bloquear a tela enquanto assiste no modo picture-in-picture pausará o vídeo. É possível retomar o conteúdo usando os controles de mídia da tela de bloqueio.

Quando vira recurso nativo?

Não está claro se e quando o PiP será liberado para usuários não pagantes. Contudo, a página na qual a função deve ser ativada informa que o teste durará até 31 de outubro deste ano. Podemos presumir que teremos novidades sobre o lançamento oficial do PiP do YouTube para iOS ainda em 2021.

Vale destacar ainda que, oficialmente, o PiP do YouTube está disponível apenas para iPhone, mas há relatos de usuários que já conseguem experimentar o recurso no iPad.

Com informações: 9to5Google.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando