Início » Mobile » Bonequinho do Steve Jobs? Não pode mais vender (a Apple não deixa)

Bonequinho do Steve Jobs? Não pode mais vender (a Apple não deixa)

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Durante o fim de semana algumas pessoas deram reply no meu Twitter (o @thassius; fique à vontade para seguir! #jabá) recomendando-me dar uma olhadela no site MIC Gadget. A sigla significa Made In China, e diz respeito a um blog que fala da vida na China, incluindo os produtos chineses. Esse blog estava falando – e vendendo – de um maravilhoso boneco, uma réplica de uma das figuras de tecnologia mais conhecidas.

Sim, você sabe de quem eu estou falando:

O action figure de Steve Jobs virou um sucesso instantâneo, claro. Esse trabalho é completamente manual, e portanto demora. O pessoal do MIC Gadget prometeu entregar 200 unidades até o Natal de 2010, o que significa que até lá ficaria complicado de aceitar novas encomendas.

Ainda bem que a Apple entrou em contato com o site, a fim de evitar que eles tivessem tanto trabalho. A empresa de Jobs solicitou educadamente que o MIC Gadget encerrasse a venda do produto. O motivo alegado pela maçã é que o MIC Gadget não possui os direitos de marca nem de copyright sobre os produtos da Apple. Como tem um lustroso iPhone na mão de Jobs, inclusive com a marca da Apple na parte traseira, tornou-se perfeitamente plausível solicitar o fim do produto.

Bem que o MIC Gadget podia voltar a vender o Steve Jobs em versão de boneco sem o iPhone na mão. Será que dessa vez a Apple teria como implicar com o produto?

Com informações: TUAW

  • Eu amo os produtos da Apple, mas eu odeio a Apple.

  • se for por uso do copyright teria que tirar a maçã da base também..

    • Sem dúvida, a marca da Apple no iPhone foi apenas um exemplo.

      • Quer dizer que não posso ter um macieira?

      • Pode TER mas não pode vender maçãs. Não se forem brancas. Ou colorbar.

  • Se fosse a MIC Gadget, eu trolava a Apple, botava o Jobs segurando um celular com Android.

    • MisterSanderson

      Não adiantaria. A imagem dele foi obtida a partir de uma fotografia que alguém tirou na apresentação do produto (em um local privado).

      Este boneco pode ser considerado obra derivada desta fotografia, e portanto uma infração de direitos autorais da mesma forma.

      Ou não?

      • Ele faz apresentação de óculos?

      • Ops… faz sim. Foi mal.

      • É verdade, mas conseguir o direito de reproduzir a foto de um fotógrafo é (ou eu imagino que seja) mais barato que conseguir o direito de reproduzir a forma do iPhone e a logo da Apple.

  • Juridicamente, SEMPRE tem como implicar. Além do iPhone nas mãos do boneco, observem que o mesmo está em cima do logo da Apple.

    Mesmo assim, retiradas todas essas referências explícitas à marca, ainda poder-se-ia alegar uso e/ou exposição indevida da imagem da pessoa Steve Jobs.

    Realmente uma pena, porque o boneco seria um belo presente de natal =[.

    • MisterSanderson

      Quem tirou a foto dele nesta posição recebeu autorização para fotografá-lo em seu espaço >privado<. Sendo assim, todos os direitos pertencem ao fotógrafo. Um boneco feito a partir desta foto é um trabalho derivado, e portanto uma infração de direitos autorais.

      Segundo meus conhecimentos autorais, acho que o problema seria este. Desconheço completamente problemas relacionados à 'uso indevido da imagem de uma pessoa.' É possível mesmo alegar isto?

      • Sim, é perfeitamente possível. Nem sei se cabe explicar isso aqui, mas lá vai:

        Nosso ordenamento jurídico traz diversas interpretações acerca do “uso indevido da imagem”. A doutrina a entende como imagem-retrato, com proteção constitucional distinta da chamada imagem-atributo. A proteção deste tipo de imagem é prevista no art. 5, inciso X da CF: “são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurando o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.”

        No caso de utilização indevida de imagem, o então infrator seria responsabilizado pelos danos dessa usurpação. Danos estes que podem ser de cunho material, moral e à própria imagem. Obviamente, isto depende muito do prejuízo (dano) que possa ser causado.

        Lembrando, é claro, que estamos falando do Direito nacional, como se o Jobs fosse brasileiro. Sinceramente não sei como o direito americano trata essa questão, mas acredito que deva ser similar, ou quem sabe ainda mais protetivo ao direito de imagem.

        Como o problema aqui é com uma escultura, ou seja, uma representação artística da realidade, talvez esses dispositivos não se aplicassem, mas tudo dependeria de como o juiz ia enxergar o caso…

  • Se eu fosse o Steve Jobs teria comprado um, em vez de proibir a venda.

  • Simples, tira o iphone e coloca qlq aparelho com android… Coisa besta, era publicidade free…

  • Eu amo os produtos da Apple, mas eu odeio a Apple. [2]

  • MisterSanderson

    “Como tem um lustroso iPhone na mão de Jobs, inclusive com a marca da Apple na parte traseira, tornou-se perfeitamente plausível solicitar o fim do produto.”

    Ah, claro. É muito mais provável que seja por causa de um quadradinho na mão dele do quê da base do boneco, em forma de uma maçã 10 vezes maior.

    Por favor, não considere minha ironia falta de educação. É que não resisti escrever desta forma.

  • Imagem da pessoa é um bem personalíssimo. Não nem ao menos vender os direitos.

    Mas quem compraria um boneco de um empresário? Esquisito isso O_O

  • Nem de gratis eu queria um boneco dele, mas do Android, podem mandar!

  • perai.
    ele pediu para uma empresa na CHINA para de fazer pirataria? EU li isso direito?
    kkkkkkkkkkkkk

  • Steve Ballmer já encomendou uma dúzia pra fazer vudu 😮

  • Concordo com ele segurando um celular com android

  • jay_hi

    Android! Android! Vai vender muito mais… rs

  • Quem ia querer esse bicho feio na estante? Sou mais action figure do Warcraft :p

  • Pingback: Action figure de Mark Zuckerberg | Portal Tech()

  • Os fabricantes de bonequinhos do Android não têm esse problema… =P