Início » Jogos » 10 jogos hack ‘n slash indispensáveis para PC e consoles

10 jogos hack ‘n slash indispensáveis para PC e consoles

Se games com ação frenética e briga com espadas é o seu forte, então dá uma olhada nessa lista de jogos hack 'n slash

Vivi Werneck Por

Jogos conhecidos como hack ‘n slash tem como característica a ação frenética e gameplay que possibilita criar e combinar combos para ataques ainda mais devastadores. Games do tipo “corta e massacra” (em tradução livre) podem, inclusive, também fazer parte de outros gêneros. Se você curte títulos que não dão sossego para os adversários, então essa lista de jogos hack ‘n slash foi feita para você. Confira.

Devil May Cry 5 Special Edition terá ainda Vergil (Imagem: Capcom)
10 jogos hack ‘n slash indispensáveis para PC e consoles (Imagem: Divulgação/Capcom)

1. Devil May Cry

Não há como falar de ação frenética e hack ‘n slash sem citar Devil May Cry, da Capcom. Mesmo tendo seus altos e baixos, ao longo dos 20 anos da franquia, a saga de Dante e, posteriormente, também de Nero conta com cinco títulos canônicos e um reboot desenvolvido pela Ninja Theory, chamado apenas de DMC.

Este jogo, inclusive, causou muita polêmica quando foi anunciado pois trazia um Dante bem diferente, visualmente, do que os fãs estavam acostumados. No entanto, o gameplay ainda era um hack ‘n slash. Acredito que valha a pena jogá-lo também. Se quiser saber a ordem exata para jogar a série, de acordo com a história, dá uma olhada neste guia.

2. Bayonetta

Muitos ainda esperam por Bayonetta 3, mas os dois primeiros títulos (o primeiro, em especial) são ótimos jogos hack ‘n slash e – assim como Devil May Cry – também têm umas pitadas de humor ácido.

A protagonista, uma bruxa extremamente poderosa, chamou a atenção quando o game foi lançado por seu visual único e bem peculiar, além de se “vestir com o próprio cabelo” e ter os melhores pares de salto alto que existem: com armas anexadas.

3. God of War

A série God of War, apesar de se enquadrar no gênero de ação e aventura, também pode ser considerada um hack ‘n slash – especialmente se observamos o gameplay dos primeiros jogos da franquia.

Com jogabilidade rápida, God of War é simples de aprender a jogar, mas assim como todo hack ‘n slash, demanda prática para aperfeiçoar combos. A franquia também é conhecida por sua história bem contada, batalhas cinematográficas e trilha sonora de peso.

4. Dante’s Inferno

Dante’s Inferno pode ter passado batido por muita gente, mas é um bom exemplo para esta lista e merece sua atenção. Esse hack ‘n slash faz o jogador acompanhar (e jogar) jornada de Dante em sua missão por redenção ao atravessar os nove estágios do inferno.

O jogo, que é claramente inspirado na primeira parte da Divina Comédia (Dante Alighieri), chama atenção pelos cenários de cada estágio do inferno e seus inóspitos habitantes. Alguns NPCs ilustres podem ser encontrados ao longo do caminho também, como Cerberus e até Cleópatra.

5. Darksiders

Em Darksiders, o jogador encarna um dos quatro cavaleiros do apocalipse, mais precisamente War (Guerra). O protagonista deste primeiro jogo da série é traído e acaba iniciando o Armagedom antes do tempo. Agora ele precisa fatiar e destruir anjos e demônios, enquanto tenta descobrir quem o colocou nessa armadilha.

A franquia tem quatro jogos, até o momento: Darksiders (2010), Darksiders II (2012), Darksiders III (2018) e Darksiders Gênesis (2019).

6. Hades

Hades é mais conhecido por ser um roguelike dungeon crawler, mas isso não o impede de ter mecânicas de hack ‘n slash também. Inclusive, os ataques rápidos mais os combos entre as armas e habilidades disponíveis, a cada novo loop, fazem com que o jogo tenha um alto grau de replay.

Não por menos, Hades ganhou muito destaque e ficou de igual para igual com as grandes produções de 2020.

7. Heavenly Sword

Desenvolvido pela Ninja Theory, Heavenly Sword recebeu algumas críticas por ser “parecido demais com God of War“. No entanto, apesar de não ser uma obra-prima, o game tem sim seu brilho próprio.

Exclusivo para o PS3, o título tem um gameplay até mais acelerado que GoW e ainda conta com toda uma atmosfera bem caótica. Infelizmente, como não se falou mais sobre o título, uma continuação para a saga de Nariko (a protagonista) é algo bem improvável.

8. Metal Gear Rising: Revengeance

Metal Gear Rising: Revengeance tem um foco de gameplay bem diferente do que os fãs da franquia Metal Gear estavam acostumados. Ao contrário do stealth característico da série, MGR é muito mais voltado para a ação e o hack ‘n slash proporcionado por Raiden (o protagonista da vez).

Se acostumar com o combate focado principalmente em golpes de espada (até para desbravar o ambiente) não é tão simples quanto parece, mas uma vez que se pega o jeito, o jogo acaba ficando interessante.

9. No More Heroes 2: Desperate Struggle

No More Heroes 2 é considerado por alguns uma evolução das mecânicas de combate do primeiro jogo e traz novamente Travis Touchdown como protagonista. O game veio como uma novidade do gênero hack ‘n slash para o Nintendo Wii, na época, e agradou boa parte dos jogadores da plataforma.

Um port dele foi lançado para o Nintendo Switch, em 2020, e também pode ser encontrado no PC (Steam).

10. NieR: Automata

Apesar de Automata não ser o primeiro jogo da série NieR, ele é considerado o melhor e mais acessível de todos, até para quem nunca jogou nada da franquia. No controle de YoRHa No. 2 Model B (2B) e 9S, você usará espadas curtas e longas, lanças e etc em combates sempre frenéticos.

O mundo aberto de NieR: Automata oferece ótimas oportunidades de se admirar os cenários, sempre bem detalhados. Quando ninguém estiver tentando te matar, vale a pena admirar um pouco a paisagem também.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando