Início » Telecomunicações » Vivo Travel ganha plano de roaming internacional para concorrer com Claro

Vivo Travel ganha plano de roaming internacional para concorrer com Claro

Vivo passa a vender pacote que permite usar celular no exterior com recorrência mensal; operadora compete com Claro Passaporte Américas, Europa e Mundo

Lucas Braga Por

Já faz alguns anos que a Claro é a principal referência em roaming internacional por conta do Passaporte, mas a Vivo está prestes a assumir esse posto após ter lançado o Vivo Travel Mensal. O pacote adicional permite que os clientes dos planos pós-pagos utilizem o celular em mais de 175 países, sem a necessidade de pagar por diárias avulsas, minutos ou megabytes trafegados.

Vivo Travel Mensal permite usar celular no exterior (Imagem: Jeshoots / Unsplash)
Vivo Travel Mensal permite usar celular no exterior (Imagem: Jeshoots / Unsplash)

A Vivo já inclui diárias ilimitadas do Vivo Travel na maior parte dos planos pós-pagos, mas a maioria dos pacotes restringe a cobertura para determinada região. O Vivo Travel Mensal agora permite que clientes também estendam essa cobertura. Por exemplo: um assinante do Vivo Selfie, que já tem o serviço nas Américas, pode usar o celular na Europa sem ter que mudar para um plano muito mais caro.

Veja os preços do Vivo Travel Mensal:

PacotePreço mensal
Vivo Travel Mensal AméricasR$ 9,99 por linha
Vivo Travel Mensal EuropaR$ 19,99 por linha
Vivo Travel Mensal MundoR$ 29,99 por linha

Os pacotes Vivo Travel Mensal permitem que os clientes tenham direito a diárias ilimitadas de roaming no exterior. Cada diária inclui franquia de internet, 50 minutos em ligações para o Brasil ou para o país visitado, recebimento à vontade de chamadas e envio de 999 mensagens SMS.

A franquia de internet varia de acordo com o país visitado – veja a lista completa aqui. Destinos populares entre brasileiros, como Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Espanha e Portugal tem até 1 GB por dia, enquanto diversos outros países tem limite de 200 MB ou 500 MB. Algumas poucas exceções incluem apenas 5 MB, como é o caso de Cuba, Etiópia, Maldivas, Nova Caledônia, Timor-Leste e Zâmbia.

Um detalhe importante é que os pacotes Vivo Travel Mensal têm fidelidade de 12 meses; quem cancelar antes do período deve pagar multa de R$ 100 a R$ 300, dependendo da cobertura escolhida. Além disso, a contratação é individual e abrange apenas uma linha; o usuário que quiser o serviço nos chips adicionais dos planos Vivo Família deverá pagar separadamente para cada número.

A contratação do Vivo Travel Mensal está disponível no app Meu Vivo ou através da central de atendimento pelo telefone.

Nada muda para clientes do pré-pago, controle ou Vivo Easy: usuários com esses planos precisam pagar por minuto de ligação, SMS enviado ou megabyte trafegado de internet móvel caso utilizem o celular no exterior.

Vivo Travel é mais interessante que Claro Passaporte?

Os novos planos Vivo Travel têm uma vantagem muito significativa em comparação com o Claro Passaporte: a cobertura.

Enquanto o Passaporte Américas da Claro permite usar o plano pós-pago em 18 países das Américas, o Vivo Travel Américas tem cobertura em 41 destinos.

A diferença fica gritante nos planos mundiais: o pacote da Claro inclui cobertura para apenas 80 destinos, enquanto o Vivo Travel atinge mais de 175 países.

A única vantagem – ou desvantagem, dependendo do plano principal – do Claro Passaporte é que a franquia do plano brasileiro pode ser usada no exterior. A Vivo continua seguindo o princípio das diárias, com 50 minutos de chamadas de voz e franquia de internet de até 1 GB por dia, dependendo do destino.

Além de Claro e Vivo, a TIM também oferece cobertura no exterior aos seus clientes do TIM Black. No entanto, o serviço embutido no plano não contempla chamadas de voz.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Everton Favretto (@evefavretto)

Pros destinos mais comuns, eu achei é bem decente. 1GB/500MB/200MB por DIA no exterior é mais que a franquia nacional dependendo do caso.

A vantagem dos Passaportes da Claro é que são mais fáceis de entender.