Início » Jogos » Jovens chineses alugam contas de jogos online para burlar toque de recolher

Jovens chineses alugam contas de jogos online para burlar toque de recolher

Mais de 20 lojas virtuais estão sendo processadas pela Tencent por venderem contas registradas com documentos de adultos

Murilo Tunholi Por

Em resposta ao novo regulamento da China que limita o tempo de jogo de menores de 18 anos em três horas semanais, lojas virtuais começaram a oferecer serviços de aluguel de contas registradas com documentos de adultos. Desde que a regra entrou em vigor, em 1º de setembro, mais de 20 sites de e-commerce já foram processados pela Tencent, desenvolvedora de Honor of Kings — game mobile mais popular entre os chineses.

Honor of Kings, conhecido no ocidente como Arena of Valor, é o MOBA para celular da Tencent (Imagem: Divulgação/Tencent)

Segundo o jornal estatal chinês People’s Daily, com tradução do Kotaku, as lojas estão alugando contas e cobrando por hora. Com preços a partir de 33 yuan (por volta de R$ 16,40), os perfis são criados com nomes e documentos de adultos reais, podendo ser usados por menores de idade para burlarem o toque de recolher.

Para criar uma conta em Honor of Kings, a Tencent usa um sistema de verificação de idade no qual é necessário incluir o nome real do jogador e um número de documento autenticado pelo governo da China — o equivalente ao CPF brasileiro. Porém, esse recurso não impede que jovens utilizem outros perfis ou até mesmo os dados dos pais para jogar.

Tencent usa reconhecimento facial em Honor of Kings

Os menores de idade que usam contas alugadas ainda podem ser pegos por outros mecanismos de monitoramento. Em Honor of Kings, a Tencent incluiu um sistema de reconhecimento facial para impedir o acesso de crianças entre 22h e 8h. Essa estratégia conhecida como “patrulha da meia-noite” está em vigor na China desde julho deste ano.

“Qualquer pessoa que recusar ou falhar na verificação facial será tratada como menor de idade e, conforme descrito na supervisão antivício do sistema de saúde dos jogos da Tencent, será desconectada”, explicou a empresa em comunicado. Além de Honor of Kings, o recurso está sendo usado em outros 60 jogos da desenvolvedora.

Por mais que a China tente controlar o tempo de jogo de menores de 18 anos, os jovens vão encontrar formas de burlar os sistemas para continuarem online. Além disso, há sempre pessoas dispostas a lucrar com a situação.

Com informações: Kotaku.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@Credulos

O que mas conheço são “pais” querendo terceirizar o serviço.