Início » Aplicativos e Software » WhatsApp deixará você usar senha em backup de conversas no Android e iPhone

WhatsApp deixará você usar senha em backup de conversas no Android e iPhone

Backups criptografados de ponta a ponta do WhatsApp serão liberados aos aplicativos para Android e iPhone (iOS) em breve

Bruno Gall De Blasi Por

O WhatsApp anunciou, nesta sexta-feira (10), uma ferramenta para aplicar uma camada de proteção extra aos backups de conversas guardados na nuvem. O recurso permite criptografar com senha ou chave as cópias de segurança armazenadas no Google Drive (Android) ou iCloud (iOS). A função chegará a todos em breve.

WhatsApp no Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
WhatsApp anuncia opção para tornar os backups guardados na nuvem mais seguros (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

A ferramenta chegará aos usuários após um longo período de desenvolvimento. Assim como foi revelado anteriormente, o arquivo pode ser criptografado com o auxílio de uma chave única e aleatória de 64 dígitos. Os responsáveis pelo aplicativo de mensagens ressaltam que somente o usuário consegue ter acesso às informações.

“O WhatsApp é o primeiro serviço global de mensagens nesta escala a oferecer mensagens e backups criptografados de ponta a ponta”, anunciou Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, em uma publicação na rede social. “Chegar lá foi um desafio técnico muito difícil que exigiu uma estrutura totalmente nova para armazenamento da chave e armazenamento em nuvem em sistemas operacionais”.

WhatsApp revela backups criptografados de ponta a ponta (Imagem: Divulgação)
Backups criptografados de ponta a ponta poderão ser acessados por senha ou chave de 64 dígitos (Imagem: Divulgação)

WhatsApp: como funciona o backup com senha?

O backup pode ser acessado através da própria chave ou de uma senha pessoal. Caso o usuário opte pela segunda opção, a chave de criptografia será armazenada em um cofre baseado em um de módulo de segurança de hardware (HSM). Depois, a plataforma recupera a credencial para descriptografar o arquivo com a senha.

O procedimento para acessar a cópia de segurança acontece da seguinte maneira: primeiro, o usuário insere a senha para que ela seja verificada. Depois, o cofre enviará a chave para o app para que o backup seja descriptografado. Vale lembrar que também é possível optar somente pelo uso da chave de 64 dígitos para proteger o arquivo.

O mensageiro ainda afirma que o cofre possui um mecanismo para evitar acessos por força bruta. Neste caso, a ferramenta torna a chave permanentemente inacessível após um número mínimo de tentativas malsucedidas de acesso. “O WhatsApp saberá apenas que existe uma chave”, disseram. “Ele não conhecerá a própria chave”.

A ferramenta é opcional e chegará aos aplicativos de mensagens para Android e iPhone (iOS) “nas próximas semanas”.

Esquema de criptografia dos backups (Imagem: Divulgação/Facebook)
Esquema de criptografia dos backups do WhatsApp (Imagem: Divulgação/Facebook)

Com informações: Facebook

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando